Trump preparava ataque à Xiaomi mas o império contra-ataca!

Ontem referimos na Leak que o governo americano tinha incluído nove empresas chinesas na lista de entidades dos Estados Unidos. Ou seja, aquela lista negra em que ninguém quer estar. Curiosamente, ou não, organizações como a Xiaomi e a COMAC estão lá. Aliás embora muitos não acreditassem, eu sempre disse que era uma questão de tempo até que isto acontecesse. Ora embora estivesse tudo a decorrer de forma algo silenciosa, a Reuters refere que os investidores americanos teriam de vender todas as ações que tiverem destas empresas até 11 de Novembro deste ano. Ou seja, iriam ser tempos complicados para estas empresas. Até porque atrás disto viriam eventualmente as regras aplicadas à Huawei. Já imaginou a Xiaomi a perder acesso aos processadores e a tudo o resto devido a este ataque de Trump?

Trump preparava ataque à Xiaomi mas o império contra-ataca!

Ora a Xiaomi respondeu hoje ao Governo Americano. Eles dizem que viram que o Departamento de Defesa tinha emitido um comunicado e ficaram a saber que a Xiaomi seria incluída numa espécie de lista negra.

Trump Xiaomi ataque

Ora a Xiaomi refere que sempre funcionou de forma legal e esteve sempre em cumprimento das leis em vigor. Para além disso os produtos e serviços são usados normalmente numa vertente comercial. Entretanto a Xiaomi reforçou a ideia de que não é controlada pelo governo nem sequer é controlada pelos militares. Como tal não faz sentido estar incluída nessa lista. Entretanto afirma também que vai tomar as medidas apropriadas para proteger os interesses da empresa e dos investidores.

Xiaomi mi 10 5g

Em primeiro lugar a Xiaomi está a analisar as consequências deste incidente. Tudo para perceber o impacto total que isto teve no grupo. Assim que tiver concluído este processo vai tentar perceber o que irá fazer. O que importa é que isto está a afetar o valor das ações da Xiaomi.

O problema é a Xiaomi estar de boa saúde

A grande questão aqui não é espionagem, é o facto de a Xiaomi estar a crescer muito. Aliás estávamos no dia 5 de Abril quando eu fiz um artigo a dizer que a Xiaomi tinha gozado com a Huawei mas podia-lhe acontecer o mesmo. Pode ler aqui.

Huawei, IcT, Huawei TSMC Chipsets

Claro que a Xiaomi não tinha estações de transmissão 5G e isto poderia não irritar tanto Trump. Mas ainda assim, este crescimento e popularidade pode incomodar os Estados Unidos. Assim algo teria de ser feito para se lidar com isto. Ao que parece o primeiro passo já iria ser dado.

Seja como for a Xiaomi está a avaliar tudo isto e já prometeu que não vai ficar de braços cruzados. Resta agora saber o que vai acontecer…

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

iPhone 13: ‘Notch’ ficou mais pequena, mas esqueça a % da bateria

A nova gama de smartphones iPhone 13 já foi anunciada! Trazendo consigo um design ligeiramente diferente, onde claro está, temos de salientar a diminuição...

Alerta Windows 10: apague agora mesmo a sua password!

A Microsoft acaba de lançar o alerta para milhões de utilizadores do Windows 10 e pede que as pessoas apaguem as suas passwords. Atenção,...

Novos emojis em 2021/2022 vão incluir ‘Homem grávido’

Vamos ter uma atualização no 'set' de emojis que utilizamos no nosso dia-a-dia, com o Emijo 14.0, da Unicode, a trazer 37 novidades... Entre...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!