Trump vai taxar o que é feito na China – Apple em maus lençóis?


Por em

Ao lermos uma das mais recentes notícias do Wall Street Journal, ficamos de imediato com a ideia que o governo Trump pode aumentar as taxas alusivas aos telemóveis fabricados na China.

Este aumento não é assim tão pequeno quanto isso.

Assim, logo a partir do dia 1 de Janeiro deverá surgir um aumento na ordem de 10 a 25%. Importa salientar que este imposto não vai afetar apenas as marcas chinesas. De facto vai alargar-se a todas as empresas que têm os seus centros de produção na China. Ironicamente, isto vai afetar muitas marcas norte-americanas. Uma delas, é claro, a Apple devido aos iPhone.

A Apple já está a sofrer com o advento desta nova taxa

Talvez a antecipar estes acontecimentos, as ações da Apple caíram cerca de 1,6% na segunda-feira. Esta notícia chega na pior altura, uma vez que o gigante da maçã está a tentar recuperar da enorme concorrência e do declínio nas vendas. Assim, isto vai adicionar ainda mais incerteza na mente dos investidores. O que Trump disse exatamente foi isto: “Talvez. Talvez. Depende de quanto a taxa for. Posso chegar a 10%, e as pessoas poderiam suportar isso com muita facilidade ”.

Esta nova sanção não é uma brincadeira

As novas sanções dos EUA vão afetar o comércio de 200 mil milhões em mercadorias da China, o que torna este assunto muito sério. Para além disso, é um murro no estômago para a Apple. É que até agora a empresa do saudoso Steve Jobs estava isenta deste tipo de taxas. Apenas a título de curiosidade, estas  isenções foram feitas porque muitos componentes utilizados nos produtos da Apple foram fabricados nos EUA.

Trump quer toda a produção nos Estados Unidos

Estes últimos desenvolvimentos são bem reveladores de que Trump está ansioso por recuperar toda a produção nos Estados Unidos. Ele já recomendou a empresas que têm centros de produção na China que deveriam construir as suas fábricas na América.

Uma ideia que parece boa, mas aparentemente não é

Os economistas não estão nada satisfeitos com esta decisão. O principal motivo é que vai desacelerar a economia dos EUA.

A Apple ainda não fez uma declaração oficial, deverá ser feita nas próximas horas.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas
Anterior

Elon Musk revelou que a Tesla esteve quase quase a ‘implodir’!

Vivobook 14: O novo portátil compacto e leve da ASUS

Seguinte