Inicio outros Trend Micro revela descoberta de falha de segurança grave no Android

Trend Micro revela descoberta de falha de segurança grave no Android

A Trend Micro anunciou ter identificado uma nova falha de segurança no sistema operativo Android que permite aos hackers ter o controlo total dos equipamentos.

Esta descoberta acontece algumas semanas após ter sido realizado um ataque hacker que atingiu alguns hospitais israelitas.

Identificado pela empresa de segurança com o nome de GhostCtrl, o malware detetado teria, pelo menos, três variações diferentes. Dois terão sido desenvolvidos com o intuito de “roubar” dados e controlar de forma remota uma série de recursos dos dispositivos móveis, sendo que o terceiro representa uma versão “melhorada” da ameaça e consegue reunir o “melhor” de cada uma das duas variações anteriores…

Segundo a Trend Micro, o GhostCtrl é uma extensão do worm que se propagou pelos hospitais israelitas e do exploit OmniRAT que foi capa de jornal em 2015 com reivindicações de remoção remota nos sistemas Windows, Mac e Linux através de qualquer dispositivo Android – e vice-versa.

Para se conseguir instalar nos dispositivos, o GhostCtrl consegue-se disfarçar, muitas das vezes como sendo uma aplicação legitima e popular junto da comunidade Android como é o caso as famosas App WhatsApp e Pokemon Go. Estas aplicações, uma vez iniciadas, instalam um “pack” de outras aplicações maliciosas e que estão disfarçadas e a serem executadas em background, muitas das vezes sem que o utilizador se aperceba que algo está errado.

A partir desse momento, os hackers conseguem “entrar” nos dispositivos e obter informação sensível, alem de permitir monitorizar dados do utilizador, apagar, alterar e transferir ficheiros do sistema. Alem disso, os hackers podem ainda ligar e enviar mensagens de texto aos contactos dos utilizadores, reproduzir sons no telefone, gravar imagens, controlar ligações Bluetooth, entre muitas outras funcionalidades indesejáveis…

Perante esta ameaça, a Trend Micro alerta os proprietários de equipamentos baseados em versões antigas do sistema operativo Android que (caso seja possível) efetuem o quanto antes a atualização para as versões mais atuais do sistema operativo. Outra das medidas recomendadas passa também pela restrição das permissões do utilizador nos dispositivos assim como efetuar regularmente backup dos seus dados.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

João Fernandeshttp://www.wintech.pt
Adepto de desportos coletivos e doente pelo “ENORME” Vitória de Setúbal, é um apaixonado pela tecnologia e tudo o que a rodeia. É redator e responsável pelos conteúdos do site Wintech.pt.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

DualSense da PlayStation 5 funciona no Android e PCs

Os PCs e dispositivos Android garantem um bom suporte para diversos periféricos. Da lista fazem parte os comandos da Xbox e Stadia. No caso...

Play Store: instale já nos smartphones da Huawei com o Googlefier!

Não é surpresa que os dispositivos da Huawei e Honor lançados no ano passado não incluem os Google Mobile Services. É exemplo disso, o...

Os novos iPhone 12 usam um modem 5G ‘velhote’

Quando uma grande fabricante de smartphones como a Apple faz um lançamento, os consumidores estão obviamente à espera de encontrar os componentes mais modernos...

Confirmado – Tesla lançou o Full Self-Driving com um aviso!

Confirmado - Tesla lançou o Full Self-Driving com um aviso importante! - A Tesla criou grande parte da sua fama atual devido à performance...

Joga Fortnite no PC? O jogo ficou 60GB mais pequeno!

Durante os últimos tempos, temos assistido a uma serie de problemas relacionados com o tamanho dos jogos. Quer sejam na PS4 e Xbox One,...