Atualizada: Jogos da Tencent estão de volta à loja da Huawei!

Atualizada 2 de Janeiro – Os jogos da Tencent voltaram para a loja de aplicações da Huawei depois de terem sido retirados devido a uma disputa comercial. Parece que já há acordo, mas não há qualquer comunicado oficial acerca deste assunto. Abaixo está o artigo original.

A Tencent é uma empresa bem conhecida do mundo dos jogos. Dito isto, confirmou que a Huawei removeu todas as apps desta empresa da sua app store. Aparentemente este problema deve-se a uma falta de entendimento. Pelo menos no que diz respeito à partilha de lucros. Mas será de vez esta separação entre Tencent e Huawei?

Jogos da Tencent despedem-se da loja de aplicações da Huawei

A declaração da Tencent revela tudo. Devido à falha da plataforma de jogos móveis da Huawei em renovar o contrato, como estava planeado, os produtos relevantes da Tencent Games foram repentinamente removidos. Tudo no início desta manhã.

Tencent Huawei

Normalmente a Xiaomi é referida como a Apple da China. Mas no sentido real, a Huawei é a empresa equivalente à Apple na China. Pelo menos, em termos de receita e participação de mercado. A Huawei controla atualmente 41,4% do mercado de smartphones na China. Por outro lado 14,9% do mercado global. Isto de acordo com informações das empresas de estudo de mercado IDC e Canalys.

As duas empresas têm a perder…

Eventualmente muitos podem pensar. Quem perde a Huawei. No entanto não é bem assim. Embora a Tencent venda alguns dos jogos online mais bem classificados em todo o mundo, a parceria com a Huawei é importante, pois dá-lhes palco graças aos milhões de smartphones Huawei que estão em circulação na China, o maior mercado da Tencent.

Entretanto a Huawei e Tencent não responderam de imediato a uma solicitação da Reuters que quer perceber esta questão. No entanto, uma fonte familiarizada deu a entender que os jogos foram removidos. Isto porque as empresas não chegaram a um acordo sobre a divisão de receitas. Pelo menos nas vendas na app store. A Huawei insistiu em receber um corte de 50%, um termo com o qual a Tencent discorda.

A Tencent refere que está a comunicar e a negociar ativamente com a Huawei numa tentativa de chegar a uma resolução o mais rapidamente possível. A marca também pediu desculpa a todos os utilizadores pelo inconveniente.

Para além da Tencent, há mais fabricantes de jogos a baterem o pé às receitas que a Huawei pretende. No ano passado, a empresa Mihoyo, de Xangai, decidiu não colocar o seu jogo de sucesso “Genshin Impact” na app store da Huawei por questões semelhantes.

O que acha disto? Conte-nos tudo nos comentários.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Em destaque

Leia também