Telemóvel explode e mata CEO de uma empresa de tecnologia

O diretor-executivo do Cradle Fund, Nazrin Hassan, morreu depois de um dos seus dois smartphones ter explodido quando estava a carregar no quarto. Depois da explosão originou-se um incêndio e eventualmente o fumo acabou por o matar.

O cunhado de Hassan afirmou que o colchão pegou fogo, mas Nazrin já estava morto quando isto aconteceu. Até este momento ainda não existe uma confirmação oficial, mas aparentemente o smartphone causou um traumatismo na cabeça do responsável pelo Cradle Fund quando explodiu. Foi por esse motivo que Nazrin ficou incapacitado e não conseguiu fugir.

“Ele tinha dois smartphones, um Blackberry e um Huawei. Não sabemos qual dos dois explodiu. Quem considera que um procedimento de rotina é assim tão pouco importante, desengane-se pois é a razão pela qual três jovens crianças vão crescer sem o pai ao seu lado ”, afirmou o cunhado de Hassan numa mensagem nas redes sociais, segundo o jornal The Malaysian Insight.

Entretanto a polícia concluiu que Nazrin estava preso no quarto quando o incêndio começou e acabou por morrer devido à inalação de fumo. Ele sofreu queimaduras por todo o corpo, para além da lesão causada pela explosão.

Se nunca tinha ouvido falar da empresa dirigida por este CEO, saiba que o Cradle Fund pertence ao Ministério das Finanças da Malásia e ajuda empreendedores e startups de tecnologia. Já Nazrin era uma pessoa com muita experiência em tecnologia. No entanto e infelizmente, este tipo de experiência não prepara ninguém para a eventualidade de um smartphone explodir.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

pub