Mercado dos tablets vai rebentar em 2021! No bom sentido!

Esta pandemia teve e vai continuar a ter um forte impacto na economia em todo o mundo. Milhões de pessoas perderam o emprego nos Estados Unidos e noutros países. Apesar deste grave problema, há alguns produtos que se saíram muito bem. Até aqueles que pareciam mortos e enterrados. De facto, o mercado de tablets rebentou quando as empresas pediram aos funcionários que trabalhassem em casa. Mas sobretudo o que teve mais impacto na venda de tablets foi o ensino à distância para crianças em idade escolar. Afinal de contas todos os elementos da família tinham de estar ligados e quem não podia estar a comprar um PC, comprou um tablet. Isto vai dar resultado a um boom no mercado de tablets em 2021!

Mercado dos tablets vai rebentar em 2021! No bom sentido!

O site Phonearena relata que a empresa de estudos de mercado Canalys revelou que todas estas compras adicionais fizeram disparar as vendas de PCs e tablets. Assim passou-se de 1,64 mil milhões no final de 2019 para 1,77 mil milhões. Mas tudo poderia ser ainda melhor. De facto, este número só não é superior porque os componentes usados para produzir tablets, como ecrãs e processadores, são difíceis de encontrar devido à enorme procura.

Tablets 2021

Entretanto segundo um analista da IDC, a procura por PCs e portáteis pode continuar a aumentar até 2022, à medida que governos em vários países estão a atribuir dinheiro a escolas e empresas.

Aliás isto faz lembrar uma história que a Canalys revelou em abril e cujo um cliente desesperado disse a um fornecedor que qualquer dispositivo com teclado seria suficiente, desde que a entrega não demorasse mais de uma semana. Claro que deste essa altura o desespero diminuiu, mas a procura por novos produtos continuou a pressionar os fabricantes.

A procura por tablets, PCs e portáteis caiu desde que o iPhone original foi lançado em 2007.

As remessas de PCs atingiram o pico de cerca de 300 milhões de unidades em 2008 e caíram para 250 milhões. Mas agora, de forma bastante inesperada, o nível de 300 milhões está de volta, já que os analistas perceberam que muitos PCs foram enviados até o final deste ano. E os analistas também esperam que as remessas de tablets cresçam mais rapidamente do que o crescimento de 15% previsto para PCs em 2020.

Tablets 2021

A Apple vai dar uma grande ajuda a isto. No próximo ano a Apple vai disponibilizar um iPad básico com Touch ID e o chipset A13 Bionic por um preço a rondar os 299 Euros. Teremos também um novo iPad Pro. Ou seja, isto vai despertar ainda mais o interesse dos utilizadores.

Lembro que os fabricantes têm apostado muito na área escolar. Lembro que em Agosto a Huawei e a Porto Editora criaram uma solução educativa completa para os alunos do Ensino Básico e Secundário. De facto, tem sido o fabricante que mais tem apostado nesta área. Sobretudo com tablets acessíveis.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também