Inicio Reviews Supersonyco: Review ao Sony NW-AH25N

Supersonyco: Review ao Sony NW-AH25N

Quando um colega na operativa viu o Sony NW-AH25N comentou “essa cena é um mercado que já não existe”. Mas eu não o ouvi à primeira, porque os Sony NW-AH25N têm cancelamento activo de ruído. Esse foi o primeiro instante de uma experiência muito interessante com este leitor de mp3 de capacidades avançadas que deverá encontrar-se nas considerações de todos aqueles para quem o áudio ainda tem significado.

Principais características do Sony Walkman NW-A25HN

Hoje em dia, a maioria das pessoas ouve a sua música nos telemóveis. É prático e eficaz, mas sem qualquer contemplação quanto à qualidade do som. Precisamos pagar várias centenas de Euros para começarmos a encontrar dispositivos capazes de som realmente bom que extraia o melhor dos nossos ficheiros de música.

O Sony NW-A25HN não são para este tipo de público indiscriminado, mas uma aposta firme no áudio de alta-definição, com capacidade para playback a 24bits/192kHz, e compatibilidade com os principais formatos de som, incluindo FLAC e Apple Lossless.

As principais características dos Sony Walkman NW-A25HN encontram-se no entanto no amplificador digital S-Master HX com tecnologia DSEE HX para escalar as pistas de áudio para uma maior definição. Voltaremos a isto posteriormente.

Finalmente, os Walkman NW-A25HN têm conectividade NFC, rádio e expansibilidade microSD para aumentar a capacidade interna de 16GB ou 64GB. Finalmente, o Bluetooth permite canalizar o som para colunas ou auriculares sem fios externos.

Design e funcionamento

NW-AH25N
Este logótipo muda o modo como aprecia a sua música.

Os Sony Walkman NW-A25HN são rectilíneos e pouco substanciais, com dimensões bastante apropriadas para andarem num bolso onde geralmente já convive um smartphone ou uma carteira. O design não é particularmente excepcional, focando-se claramente no utilitarismo prático e na robustez, mas o acetinado do vermelho do nosso exemplar realmente dá-lhe uma estética bastante interessante.

Tudo acontece na consola central com o botão Play/Pause no centro de um controlo de quatro direcções que permite navegar entre músicas e álbuns. Duas teclas físicas “home/back” e “options/power off” permitem navegar pela hierarquia dos menus e ligar/desligar o dispositivo.

O pequeno ecrã de duas polegadas é mais do que suficiente para a utilização, até porque não é o foco do dispositivo, e de lado encontramos ainda o slider de bloqueio e as teclas de volume.

Experiência de utilização

Dentro do pacote encontramos os auriculares Sony MDR-NW750N, com cancelamento activo de ruído alimentado pela bateria do próprio Walkman NW-A25HN. A eficácia dos auriculares é francamente notável, e indica-nos que a Sony não quis mesmo equipar um excelente Walkman com peças de qualidade banal.

NW-AH25N
Podemos sobreviver à 3ª Guerra Mundial sem ouvir um tiro, graças ao cancelamento de ruído.

O som dos MDR-NW750N é denso e autoritário, mas graças ao cancelamento de ruído não precisamos ter o volume no máximo para não ouvirmos absolutamente nada em torno. Com Manegarm a bombar no nível 12, o metro de Lisboa parece o local mais calmo do mundo e uma camioneta em hora de ponta não nos incomoda. A Sony não querer comprometer a qualidade de som do dispositivo significa, no entanto, que não temos nos próprios auriculares controlo de volume ou microfone para atender um telefonema, caso precisemos de o fazer, de um momento para o outro.

O casamento do Walkman NW-A25HN com os seus auriculares será suficiente para muitos utilizadores, mas há auriculares melhores no mercado para quem estiver disposto a pagar pelo campeonato superior. Independentemente disto, o Walkman base dá-nos excelentes opções de navegação e escolha de listas de música, mas sentimos que a navegação em si talvez pudesse ser mais rápida e intuitiva.

Em termos de som, tudo depende da qualidade da música que temos connosco. Verdadeiros fãs de áudio quererão utilizar a melhor qualidade possível, em vez de mp3 duvidosos, e o som será mais do que suficiente. No entanto, quando ligamos a opção DSEE HX, o som torna-se muito mais poderoso, com excelente diferenciação instrumental, para músicas cuja profundidade se sente com toda a clareza. Se os ficheiros de música não forem particularmente bons, contudo, o efeito perde-se. Poderão igualmente tentar a opção ClearAudio+ e é mais do que certo que notarão a diferença.

A capacidade dinâmica oferecida é inquestionavelmente superior à de players banais e dos muitos smartphones que hoje em dia temos connosco. Talvez não acreditemos nisto, pelo menos não até ligarmos o Walkman NW-A25HN, momento em que as músicas que pareciam familiares se transfiguram e ganham outro nível, com toda uma nova percepção a gerar-se quando ouvimos o que permanecia inaudível e o Walkman dá outro tipo de interpretação aos ficheiros.

Finalmente, a autonomia é extraordinária. Três dias completos a ouvir música com cancelamento de ruído, pelo menos umas seis horas por dia são o mínimo que conseguimos, mas a bateria dura mais se mantivermos a música a correr sem grande interferência nossa, por isso dificilmente chegamos ao trabalho um dia para descobrir que não temos como ouvir música. Mesmo aquele instante em que a bateria fica a piscar no limiar da exaustão dará para várias horas.

Do lado menos positivo, a ergonomia não é tão boa quanto poderíamos desejar, com o slider de bloqueio a não ser muito fácil de utilizar. Mas se optarmos por não o usar, então temos alguns comandos aleatórios inseridos, graças aos botões físicos salientes que tendem a activar-se de encontro a objectos no bolso.

Conclusão

É garantido que muitos de nós não farão ideia de quão excepcionais podem ser as músicas que ouvimos todos os dias. Passá-las pelo crivo dos Sony Walkman NW-A25HN dá-lhes um novo cunho e camadas extras que não imaginávamos lá estar. Se lhe juntarmos auriculares com cancelamento de ruído, praticamente nada se intromete entre nós e uma experiência colossal em termos sónicos.

Com um preço acima dos €200, o Sony Walkman NW-A25HN não é de todo barato, mas dirige-se a um público que sabe apreciar aquilo que oferece. Se essa se tornar a nossa opção e estivermos dispostos a desembolsar tal quantia, os nossos ouvidos provavelmente nunca voltarão a querer ouvir música com nada menos.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Amazfit Band 5: um super-wearable por apenas 45 Euros!

Quando os primeiros wearables apareceram não tiveram uma grande aceitação no mercado. As pessoas ainda não estavam preparadas para os smartwatches, nem para as...

Galaxy S30 com Exynos já não vai levar pancada da Qualcomm

Apesar da situação que envolve o desempenho das versões Europeia e Americana do Galaxy S20 e também do Note, a Samsung vai voltar a...

Quer mais autonomia no portátil? Use o novo Microsoft Edge!

Os browsers são muito esfomeados. De facto a memória sofre muito quando visitamos vários sites e sobretudo quando temos muitos separadores abertos. O processador...

Google PlayStore: sete jogos grátis este fim-de-semana!

É sexta-feira e isto por si só é sempre uma excelente notícia. Agora que o fim de semana está a chegar, é tempo de...

Gboard: preparado para uma grande atualização no design?

A Google tem estado a trabalhar num novo design do Gboard há dois meses. Agora parece que esta novidade já está a chegar aos...