Sony Xperia 1 II é oficial e está verdadeiramente espectacular!

Como já tinhamos referido ontem na Leak, é segunda-feira e a Sony já oficializou o seu novo topo-de-gama Sony Xperia 1 II que apenas para esclarecer se pronuncia Xperia One Mark Two. Este dispositivo segue algumas tendências do Xperia 1 mas com algumas atualizações muito interessantes. Um facto que tenho de destacar é que foi buscar algumas coisas ao passado e que tornaram os Xperia em verdadeiras bombas.

Sony Xperia 1 II é oficial e está verdadeiramente espectacular, o que se vê logo pelo design!

A Sony apostou normalmente num design que ficou conhecido como OmniBalance. De facto, os smartphones deste fabricante costumavam ter um design muito “direito”, com formas retangulares, lados planos e bastante simetria. Desde o Xperia XZ3, a Sony tem vindo a mudar algumas coisas. No entanto, com o lançamento deste novo dispositivo parece voltar a apostar um pouco no OmniBalance.

Sony Xperia 1 II é

Percebemos rapidamente que este dispositivo possui lados planos, o que lhe dá alguma nostalgia. Temos também molduras superiores e inferiores simétricas.

O botão liga e desliga está, como dita a tradição, localizado bem no meio da moldura direita e, felizmente, abriga o sensor de impressões digitais.

Até agora, o Xperia 1 II parece ser uma mistura muito elegante entre o Xperia XZ2 do passado e o mais recente Xperia 1.

O ecrã do Sony Xperia 1 II é 4K

A Sony mantém a aposta na resolução 4K. Dito isto, temos um painel de 6,5 polegadas com uma proporção de 21,5:9. Continua a ser um painel OLED com suporte para vídeo HDR. Ainda assim não temos uma taxa de atualização de 90 Hz ou 120 Hz, apesar de ter um truque na manga.

É que a Sony utilizou uma tecnologia de redução de desfocagem para fazer com que os movimentos pareçam nítidos e limpos. A Sony afirma que o resultado é equivalente a uma taxa de atualização de 90 Hz. Ele vem ainda com um modo especial que deve controlar um pouco as cores vibrantes do OLED e fornecer uma imagem mais natural.

Sony Xperia 1 II é

Câmara

Na parte traseira temos um trio de câmeras de 12 MP – uma grande angular, outra super grande angular e também uma telefoto. Mas agora também temos uma câmera ToF que deve funcionar até 5 metros, detectando o tamanho dos objetos, extremidades e posicionamento. Isto garante mais precisão para as aplicações de realidade aumentada e ajuda também nos efeitos de desfocagem quando tiramos fotos no modo retrato. O mesmo é válido para os vídeos.

Ainda neste campo, a Sony está muito orgulhosa da focagem automática e da tecnologia de exposição automática deste equipamento. Dito isto, o Xperia 1 II é capaz de realizar medições de AF/AE 60 vezes por segundo. Isto está associado à capacidade do smartphone fazer até 20 disparos consecutivos num segundo – o mais rápido num telemóvel até o momento.

Entretanto a Sony quer que todos os seus equipamentos funcionem num ecossistema. Assim, poderá emparelhar o Xperia 1 II com uma câmara Alpha e usar o smartphone como visor e obturador remotos.

O modo Photography Pro é também muito semelhante aos utilizadores de câmaras Alpha.

Quanto ao vídeo, temos suporte para gravação HDR. Não há suporte para 8K, mas temos gravação em 2K a velocidades de até 120 FPS – o que deve garantir resultados interessantes. Entretanto, através da app Cinematography Pro, podemos gravar vídeo 4K com uma proporção de 21:9 em 24, 25, 30 e 60 FPS.

Hardware

O Sony Xperia 1 II está equipado com o chipset Qualcomm Snapdragon 865 e suporta conectividade 5G.

Entretanto e por valor em conetividade, a Sony que tinha removido a saída para auscultadores voltou a incluí-lo neste equipamento.

Sony Xperia 1 II é

No campo do áudio destaca-se o novo descodificador de 360 ​​Reality Audio, especialmente útil quando estamos a ouvir música a partir do serviço de streaming Tidal.

Este dispositivo emprega também uma tecnologia DSEE Ultimate. Na prática utiliza Inteligência Artificial para melhorar a experiência de ouvir música.

Ao nível do preço e da data de lançamento, ainda não temos informações específicas. Ainda assim, deverá situar-se entre os 899 e os 1000 Euros.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Windows 11: problema de velocidade com a AMD está resolvido!

O Windows 11 chegou com um bug que fazia com que os computadores com processadores AMD ficassem com problemas de desempenho, sobretudo nos jogos...

Natal de 2021 pode ser sem smartphones! Escassez aumenta!

Os fabricantes de smartphones não estão a ter uma vida fácil e de facto podemos dizer que se preparam para atravessar uma situação muito...

O kit de memória RAM DDR5 mais estranho é da Galax

Hoje em dia, as fabricantes de componentes de alta performance para o mundo dos PCs, têm de arranjar designs interessantes na parte visual, mas...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!