WF-1000XM3

Sony WF-1000XM3 = Qualidade de som + Melhor cancelamento de ruído – Quando a Apple decidiu deixar a entrada para auscultadores de 3.5mm na gaveta com o lançamento do agora ‘velhinho’ iPhone 7, a indústria rapidamente percebeu que não existiam soluções sem fios suficientemente boas para o novo mundo que agora se aproximava.

É um pouco por causa desta situação, que nos últimos anos temos visto uma autêntica enxurrada de auscultadores e earphones sem fios no mercado. E claro está, como não falar da Sony quando falamos de áudio sem fios?

A gigante Japonesa além de oferecer uma excelente qualidade de som, tem aqueles que são muito provavelmente os auscultadores ANC (Active Noise Cancelling) mais populares do mundo, os Sony WH-1000X M3 que até já tivemos oportunidade de analisar na Leak.pt.

Mas após a excelente surpresa destes headphones, prontamente tivemos o desafio de testar e analisar os muito recentes Sony WF-1000XM3… Ou como quem diz, a versão ‘King of ANC’ para quem quer algo mais minimalista e menos intrusivo no seu dia a dia.

Em suma, a ideia da Sony foi pegar no sucesso dos irmãos mais velhos, oferecendo uma experiência de cancelamento de ruído muito similar. (Ao mesmo tempo que imita no nome… Afinal de contas, esta não é a terceira versão dos fones sem fios da Sony :P)

Análise Sony WF-1000XM3

WF-1000XM3

Portanto, os Sony WF-1000XM3 são os earphones sem fios mais recentes da gigante Japonesa. No entanto, como dissemos em cima, apesar do nome sugerir que estamos aqui a lidar com a terceira geração deste produto, na verdade é a segunda, visto que a Sony decidiu saltar os M2. (Provavelmente para alinhar com a popular gama de auscultadores WH que já vai na terceira geração.)

Dito tudo isto, antes deste lançamento, a grande verdade é que não existia nada no mercado ‘Truly Wireless’ que conseguisse combinar a portabilidade a um bom cancelamento de ruído. Em boa verdade, tenho recebido muitos aparelhos deste género em que o cancelamento de ruído é apenas feito pelas borrachas que inserimos no ouvido. O que não é bem uma solução quando vivemos num mundo em que cada vez há mais sons e barulhinhos incomodativos.

Felizmente a Sony optou por não contar apenas com a esponja, equipando os 1000XM3 com um chip feito a pensar na qualidade de som, mas principalmente no cancelamento de ruído ativo, o QN1. Um pequeno componente capaz de processar sinal de áudio de 32-bit, incluindo ainda um DAC e um amplificador analógico. Tudo numa tentativa de aproveitar ao máximo os codecs de som mais recentes e poderosos do mercado. (Como o LDAC e aptX HD)

E meus amigos, posso desde já dizer que o resultado é brutal. Mas vamos por partes.

Design

Quando tive a oportunidade tirar o produto dentro da sua caixa, o primeiro feeling foi de ter algo refinado nas mãos. Ou seja, algo que realmente faz justiça ao nome da fabricante em termos de qualidade de construção.  A Sony não brinca com a sua filosofia de design, todos os produtos, especialmente os wearable, têm sempre uma pinta de ‘Premium’ à mistura. 

fones

Posteriormente, temos os fones propriamente ditos, que são realmente muito confortáveis! No entanto, como são earphones, é provável que causem algum desconforto se utilizar mais do que 3 ou 4 horas por dia.

No meu caso, utilizei logo no primeiro dia 45 minutos no trabalho e depois 90 minutos no ginásio. Sem problema algum. Aliás, apesar de vários utilizadores se queixarem destes fones não ficarem fixos o suficiente para desporto, não tive quaisquer problemas em correr, saltar, agachar.

Suponho que mais uma vez dependa do formato do ouvido de cada um. (Bem como da borracha que escolher. Mas neste caso, encontramos uma panóplia de tamanhos e formatos.)

Neste campo tenho também de dizer que não existe certificação de resistência a água ou a pó nestes fones. No entanto, já os ando a utilizar há cerca de um mês no ginásio sem qualquer problema. E se pensam que suo pouco… Estão bem enganados, basta estar a respirar para suar.

sony, fones

Em suma, temos um produto muito bonito, mas que talvez peque um pouco pelo tamanho da sua caixa de transporte. Contudo, este tamanho tem uma razão de ser…

A Bateria

A Sony promete 6 horas de reprodução nos fones, mais 18 horas de bateria na caixa de transporte. Ou seja, 24 horas de reprodução intensiva. (Estes número baixam para 4 + 16 com o ANC ligado).

Para tornar a coisa ainda mais apelativa, temos ainda suporte a carregamento super rápido, em que 10 minutos de carga se irão traduzir em 90 minutos de reprodução de música.

Dito isto, posso dizer que até me tenho esquecido de carregar estes fones… E curiosamente, eles nunca me deixaram ficar mal! Às vezes, apenas por descargo de consciência, dou um pequeno boost de 5 ou 10min, antes de sair de casa sem sequer ter noção do nível de bateria atual. E eles nunca se queixam, é meter na orelha e começar a treinar.

Conclusão (Performance)

WF-1000XM3

A qualidade sonora é fantástica, as músicas mostram todo o seu potencial através deste produto, com um som rico e detalhado. Até o bass que normalmente é o que mais desilude neste segmento de mercado é forte o suficiente para ficarmos satisfeitos.

Até nas chamadas, é possível estar na rua, em casa ou no escritório, e falar sem qualquer problema. (Sem ouvir o que se passa à volta!)

É claro que com o cancelamento ativo de ruído, se alguém falar consigo não vai ouvir nada. Contudo, a Sony também pensou nisto! E por isso, pode baixar o nível de ANC que pretende. Aliás, até pode com um gesto, permitir ouvir quem está à sua volta, ao mesmo tempo que continua a ouvir a sua música sem qualquer problema. (Até pode meter na aplicação para os fones darem um foco à voz das pessoas)

Leak Excelente


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Se quiser saber mais acerca do produto, clique aqui.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.