Sony faz um mea culpa e prepara-se para lutar na Europa


Por em

Os últimos anos não têm sido muito simpáticos para a divisão de dispositivos móveis da Sony, em oposição ao que acontece com empresas como a Huawei, a Samsung e a Xiaomi. Agora, o gigante da eletrónica abordou estes problemas, ao mesmo tempo que delineou algumas soluções.

Um desenvolvimento lento

A empresa aproveitou uma reunião com investidores para apontar o dedo a alguns fatores responsáveis pelo insucesso. O principal é sem dúvida o facto de não ter melhorado e inovado nos equipamentos com a rapidez necessária. Foi referida especificamente a falta de planeamento e desenvolvimento e sobretudo os longos tempos de desenvolvimento.

Fonte: Sony

É verdade que o Xperia XZ2 e o XZ2 Compact marcaram o ponto de viragem ao nível do design. Os dois dispositivos, revelados no MWC 2018, têm ecrãs com a proporção de 18: 9 – um ano depois deste tipo de painéis se terem tornado moda.

Sony

Já o novo Xperia XZ2 Premium mantém a proporção de 16: 9 no ecrã 4K HDR. Ainda assim importa salientar que se trata do primeiro smartphone da marca com uma configuração de câmera dupla na parte traseira. Isto é algo que também já era muito comum noutros equipamentos. Lembramos que no caso do Huawei P20 Pro, até já vamos numa câmara tripla.

E agora?

Agora a Sony vai concentrar-se essencialmente na Europa com um projeto que tem o mesmo nome, ou seja, Projeto Europa. Na prática, este fabricante vai estabelecer novas ligações com os operadores, melhorar o canal e promover até as vendas online.

Ao mesmo tempo a Sony revela que vai realizar diversas parcerias tecnológicas para o lançamento do 5G e vai fornecer diversos conteúdos de entretenimento. Ao mesmo tempo haverá uma maior interação da unidade de dispositivos móveis com outras empresas do grupo.

E por falar em interação, a Sony afirma que vai “utilizar totalmente” os ativos tecnológicos do grupo. Assim, estamos a falar de câmaras, design, lentes, sensores, tecnologia de bateria, áudio, ecrã e conectividade sem fios.

Não existe uma previsão total para que os efeitos destas iniciativas se façam sentir. Ainda assim, a Sony aponta para 2020.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas
Anterior

OnePlus 6 vs Samsung Galaxy S9, qual comprar?

Samsung Galaxy S9 já está a receber nova atualização

Seguinte