Será que a Sony faltar à E3 2019 é uma ‘Má Decisão’?

Como já deve saber, a Sony decidiu faltar à próxima edição da E3, o que acabou por chocar meio mundo… Claro que a razão da Sony faltar é óbvia, no entanto, segundo o analista Michael Patches, é uma má decisão.

Numa conversa com o site GamingBolt, Michael Patcher deu a sua opinião acerca do assunto, dizendo que é uma decisão estranho, e no fundo extremamente má para o futuro da Sony e das suas consolas.

O analista menciona que se a Sony pensa que o dinheiro gasto da E3 não vale a pena, então estão errados! E vão com toda a certeza voltar para a edição de 2020, quando se aperceberem do erro cometido…

Sony faltar

“Acho que tomaram a decisão errada. Acho que internamente, fizeram algumas contas, e chegaram à conclusão que não vale a pena o investimento… Mas estão errados!

Claro que não sei quanto gastam numa ida à E3, mas mesmo que sejam 15 milhões de dólares, conseguem uma visibilidade inestimável. Por isso, acho que faltar ao evento, é no fundo uma má ideia. E por isso, vão voltar com toda a certeza.”

Afinal de contas, a Sony vai faltar à E3, porque não tem nada de novo para mostrar! A PlayStation 4 está a chegar ao fim do seu ciclo, e todos os títulos já foram apresentados nas conferências passadas… Ou será que não?

A Sony ainda tem alguns exclusivos bastante interessantes para lançar, onde podemos incluir The Last of Us Part 2, Ghost of Tsushima, Death Stranding, Days Gone, entre muitos outros.

No entanto, interessantemente, parece que a Sony ainda tem mais um exclusivo para a PS4 por anunciar!

Segundo um ‘leak’ recente, vai ser um jogo AAA de um IP original, provavelmente vindo de Fumito Ueda (The Last Guardian).

A Sony já está a trabalhar afincadamente na PlayStation 5, e o lançamento já não deve estar assim tão longe quanto isso!

Sony faltar

Como noticiámos na altura do Natal, a Sony fez um pequeno ‘tease’ da PS5 no Tema Natalícios da PS4.

Além do mais, um anúncio em 2019, com um lançamento propriamente dito em 2020… Caí em linha com aquilo que a CEO da AMD disse há alguns meses.

Mencionando que a gigante dos micro-processadores iria ter um aumento bastante significativo no segmento dos APUs, a partir de 2020.

Afinal de contas, a PlayStation 5 vai usar um APU AMD, com um CPU de 8 núcleos Ryzen ‘Zen 2’. Bem como um GPU Radeon Navi… Oferecendo assim uma máquina capaz de alcançar os 4K/60 FPS em todo e qualquer jogo.


O que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo!

Fonte