Sony desenvolveu um sensor de 48 megapixéis para smartphones

A Sony é, indiscutivelmente, o player mais importante no campo das câmaras para smartphones, já que produz sensores que são utilizados em vários dispositivos em todo o mundo. Agora, esta empresa revelou o sensor IMX586, que tem como objetivo garantir fotos com uma resolução super-alta enquanto aumenta drasticamente o desempenho em pouca luz.

Para começar, o IMX586 tem uma resolução efetiva de 48MP, superando os sensores Huawei P20 Pro e Lumia 1020 de 40MP e 41MP, respetivamente. Este aumento na resolução deve melhorar as fotografias diurnas, fornecendo ainda mais detalhes.

A imagem à esquerda representa o comportamento dos pixéis em fotografias de pouca luz. Já à direita é quando existe muita luz.

No entanto, à semelhança das câmaras de alta resolução da Huawei e da Nokia, o novo sensor da Sony não está apenas a aumentar os megapixéis para as fotografias tiradas ao longo do dia. Ao invés disso, o IMX586 combina os sinais de quatro pixéis adjacentes de 0,8 mícron num só, o que disponibiliza uma resolução aparentemente menor, mas com qualidade superior com baixa luminosidade. A empresa japonesa afirma que acabamos por conseguir uma imagem equivalente a uma câmara de 12 megapixéis se fotografarmos à noite.

Isto é algo muito semelhante ao que acontece no Huawei P20 Pro, que combina quatro pixéis na câmara principal de 40 MP, emitindo uma imagem mais limpa de 10MP. A ideia é que os pixéis pequenos não conseguem captar luz suficiente para fotografias com pouca luz. No entanto se os combinarmos vamos criar essencialmente um pixel maior e que consegue absorver mais luz, sacrificando a resolução.

À esquerda a imagem obtida por um sensor convencional e à direita a mesma imagem fotografada pelo novo sensor da Sony

É uma abordagem semelhante à que vimos em muitas outras marcas este ano, como por exemplo, nas câmaras para selfies de 16MP e 20MP da Xiaomi. Já o V30s ThinQ da LG utiliza uma técnica similar de binários para o Bright Mode, criando uma imagem brilhante de 4 megapixéis a partir da sua câmara principal de 16 MP.

Em qualquer dos casos, a Sony afirma que o sensor IMX586 também possui um alcance dinâmico quatro vezes melhor que os sensores de imagem convencionais. Portanto, vamos poder contar com mais detalhes e áreas sombreadas.

A empresa japonesa afirma que os primeiros sensores devem ser enviados para os fabricantes em setembro de 2018, o que significa que provavelmente veremos esses sensores em 2019.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Galaxy S21 FE: O que sabemos até agora! (Setembro)

Atualização (27/9/2021): Ao que tudo indica, a Samsung decidiu cancelar o evento de lançamento do Galaxy S21 FE. Ou seja... Telemóvel foi cancelado! (Em...

Windows 10 tem update de emergência! Atualize se tem problemas

Quem instalou os updates KB5005565 e KB5005101 de Setembro tem-se queixado de problemas com as aplicações. Por vezes encravam ou simplesmente deixam de funcionar....

As novas câmeras do iPhone 13 Pro trazem uma desvantagem

Um dos grandes 'upgrades' do iPhone 13 Pro, está no módulo de câmeras traseiro! Ao contar com sensores mais poderosos, e lentes também elas...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!