Snapdragon 8150 arrasa todos os processadores no AnTuTu


Por em

Já falámos algumas vezes na Leak acerca do novo chipset da Qualcomm. As primeiras informações abordavam o nome e o facto de ele se ir chamar Snapdragon 8150 ao invés de Snapdragon 855. Agora, ainda antes de ele ser oficial, eis que os resultados dos testes de desempenho chegaram à Internet. A plataforma de benchmarking eleita para este efeito foi o AnTuTu.

Snapdragon 8150: Um recorde assinalável no AnTuTu

Assim neste sistema de testes, o novo chipset conseguiu atingir os 362,292 pontos. Isto parece algo comum, especialmente para quem não está tão habituado aos valores. No entanto não é assim. É que este resultado fez com este chipset fosse o primeiro processador Android a ultrapassar a marca dos 360,000 pontos. Mas o que significa isto, especialmente comparando com a concorrência?

Snapdragon 8150

A comparação com a concorrência

Para dar alguma luz sobre o assunto nada melhor que as comparações. Ora o Huawei Mate 20 que utiliza o chipset Kirin 980 atingiu uma pontuação de 311,480 pontos. Lembramos que até à data a pontuação mais alta para um processador Snapdragon foram 301,757 pontos. O dispositivo onde este recorde foi obtido é um Black Shark Helo da Xiaomi.

Olhando para os resultados, parece que o Snapdragon 8150 garante, pelo menos, 16% mais desempenho comparativamente ao Kirin 980. Quanto ao antecessor é 20% mais rápido. Entretanto o resultado do novo processador pode vir a ser ainda mais alto, depois de terem sido efetuadas todas as otimizações pelos fabricantes.

O Geekbench também tem uma palavra a dizer

O grande concorrente do AnTuTu, se assim lhe quisermos chamar é o Geekbench. À semelhança da primeira plataforma, também esta realiza diversos testes de desempenho. Ora no Geekbench, em particular, o novo chipset conquistou 3,281 pontos nos testes de núcleo único e 11,023 nos multi-núcleo. Estes resultados são mais altos que os obtidos pelo Snapdragon 845 que atingiu 2,500 pontos no teste single core e 8,900 no multi-core.

O processo de fabrico

O novo SoC topo de gama da Qualcomm irá ser produzido com o processo de fabrico de 7nm FinFET da TSMC, que irá resultar num aumento significativo de performance, e de eficiência energética.

Além disto, parece que a Qualcomm tirou uma página do livro da Huawei e do seu Kirin 980, ao implementar três ‘Clusters’ de CPUs, de modo a conseguir oferecer performance de topo, ao mesmo tempo que aproveita os núcleos ‘low-power’ para poupar energia em tarefas menos exigentes.

Xiaomi Mi 9 poderá ser o primeiro smartphone com este processador

Citando informações que circulam no mercado chinês, o site GizChina informou que o Xiaomi Mi 9 será o primeiro dispositivo a integrar o chipset Snapdragon 8150. A nova fuga de informações revelou algumas informações interessantes alusivas a este smartphone.

A publicação afirma que o Xiaomi Mi 9 que chega no primeiro semestre de 2019 pode ser o primeiro smartphone com chipset Snapdragon 8150 (conhecido anteriormente como Snapdragon 855). À semelhança do Mi 8, o Mi 9 deve ser lançado primeiro na China.

A publicação afirma ainda que o Mi 9 virá equipado com câmaras traseiras triplas. O sensor primário será um Sony IMX586 de 48 megapixéis. As variantes regulares deste dispositivo podem vir com 6 GB ou 8 GB de RAM. Entretanto a variante mais alta pode incluir 10 GB de RAM. Espera-se que este dispositivo venha com um sensor de impressões digitais integrado no ecrã.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Especiais

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas
Anterior

RX 590 vs RX 580 vs GTX 1060 – A batalha da gama média

AMD Ryzen 7 3700U já apareceu na Internet! Apenas um ‘refresh’?

Seguinte