Smartphones com ecrãs AMOLED vão superar os 600 milhões em 2020


Por em

De acordo com um novo relatório, espera-se que os smartphones com ecrãs AMOLED superem as 600 milhões de unidades vendidas em 2020. Isto é indicativo da enorme popularidade deste tipo de ecrã nos últimos dois anos. No entanto, nem tudo têm sido rosas.

Smartphones com ecrãs AMOLED vão superar os 600 milhões em 2020

Com base num estudo da Counterpoint, a venda global de smartphones com ecrãs AMOLED vai ultrapassar a marca dos 600 milhões de unidades até o final de 2020. É um crescimento considerável de 46% em relação ao ano anterior (ano a ano) olhando para os valores de 2019.

Este aumento deve ser sustentado pela inclusão de painéis AMOLED no segmento intermediário de smartphones. A propósito disto, certas marcas chinesas como a Huawei, Vivo, Oppo, Realme e Xiaomi são alguns dos fabricantes que farão esta alteração.

com ecrãs AMOLED

Os ecrãs são uma das partes mais importantes ao nível da experiência geral dos utilizadores. Em 2019, os ecrãs dos smartphones foram-se destacando pela quantidade de funcionalidades que foram chegando. Isto foi feito para levar as pessoas a trocarem mais facilmente os seus equipamentos mais antigos pelas versões mais recentes e atualizadas com molduras mais finas. Têm também menor proporção ecrã/corpo, maiores taxas de atualização e muito mais.

Além disso, a inclusão de determinadas características, como o leitor de impressões digitais no ecrã e o furo, levaram a um maior crescimento dos painéis AMOLED; que é considerado melhor do que o equivalente LCD devido à sua qualidade de imagem superior, menor consumo de energia e pela possibilidade de até poder ser flexível.

A Counterpoint acredita que os smartphones AMOLED vão ser mais procurados, especialmente na China, o que levará as marcas chinesas a praticar preços agressivos nos seus equipamentos. 

Assim e para cativar os utilizadores, os ecrãs AMOLED, que normalmente são vistos em modelos emblemáticos, também vão poder ser encontrados em smartphones de gama média em 2020. Atualmente, a Samsung é o fabricante líder, com 45% do total de remessas de smartphones AMOLED. A gigante sul-coreana é seguida pela Apple, com 16% do mercado, e a Oppo, com 11%. Por fim, um smartphone com ecrãs OLED normalmente está situado entre o segmento de preços de 300 e 400 Euros. No entanto, em breve, poderá ser visto também em segmentos inferiores a 200 Euros.

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Pokémon Go: Existem novos Pokémons bem como novos Shinys!

Red Dead Redemption 2 no PC não tem vendas positivas! Mas porquê?

Seguinte