Inicio outros Com Sharp Aquos 507SH, o Android One chega à primeira divisão

Com Sharp Aquos 507SH, o Android One chega à primeira divisão

Muitos por terras lusas tiveram – em tempos distantes – um telemóvel Sharp. A marca nipónica praticamente desapareceu de terras Europeias mas, no país do sol nascente tem mantido uma boa cadência de lançamentos interessantes que dificilmente chegarão cá. Caracterizam-se por resistência à água e design simples mas elegante. Geralmente passam abaixo do radar, mas o Sharp Aquos 507SH apanhou-nos a atenção.

É que se trata da primeira instância de um smartphone Android One num mercado principal. A iniciativa Android One, relembramos, é uma parceria de algumas marcas com a Google, que visa oferecer smartphones económicos a países em vias de desenvolvimento, com um Android praticamente de origem, com uma característica fundamental: actualizações directamente da Google. Estas duas últimas especificidades tornam o Android One bastante atraente por surgirem em gamas de preço que geralmente são completamente esquecidas pelos fabricantes quanto a actualizações e suporte.

Em Portugal, o Android One é representado pelo muito equilibrado BQ Aquaris A4.5, mas podemos bem dizer que a iniciativa carece de algum alargamento para gamas de características superiores. Isto, porque em grande medida, a iniciativa Android One é um falhanço quase completo no que diz respeito ao preço: inúmeras marcas Chinesas inundaram os mercados emergentes com dispositivos mais capazes e igualmente mais baratos. Mas um capítulo continua a manter o apelo do Android One, e esse é o das actualizações directamente da Google, sem passar por intermediários.

É aqui que entra o Sharp Aquos 507SH, que não parece de todo um Android One pensado para ser económico. O design é simpático, com cores alegres, e um ecrã 2.5D, além de manter a característica principal dos Sharp: certificação IP58 à prova de água e poeira.

O ecrã, de 5.5 polegadas (o tamanho ideal para alguns) tem resolução HD 720×1280 e tecnologia IGZO com protecção Gorilla Glass 4. O processador é claramente gama média, mas relativamente bem amado, nomeadamente o Snapdragon 617 MSM8952 octa–core com 2GB de RAM ao seu dispor. Do lado do armazenamento, começamos com 16GB, expansíveis graças a microSD.

Quanto às câmaras, uma combinação de 13MP com flash e 5MP na frente é mais do que suficiente.

O Sharp Aquos 507SH conta ainda com uma bateria de 3,100mAh e conectividade 4G LTE, VolTE, NFC, GPS, e Bluetooth 4.2.

O melhor é chegar já com Android Marshmallow e ter garantida a actualização para o Android Nougat no início de 2017. Sendo um dispositivo Android One, deverá custar perto dos €200, o que o torna francamente apetecível. Uma grande pena, portanto, que dificilmente seja visto no continente Europeu.

De nossa parte, o que mais nos interessa é ver que a Google está aberta a tentar novas parcerias com a iniciativa Android One, e poderemos eventualmente ter dispositivos de melhores especificações por preços muito apetecíveis. Cruzemos os dedos.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Your Phone do Windows vai ficar muito mais poderoso!

Com o Windows 10 Build 20221, a aplicação Your Phone da Microsoft vai ter direito a uma novidade. Chama-se “fixação de notificações”. Para quem...

Microsoft Edge vai mesmo rebentar com o Google Chrome!

O novo Microsoft Edge está lentamente a chegar a todos os dispositivos através do Windows Update e também vem pré-instalado no update de Outubro...

Oppo Reno4 Lite: certificação revela especificações principais

A Oppo está a trabalhar arduamente na familia de smartphones Reno. Dito isto, já apresentou o Oppo Reno4 e o Reno4 Pro na China...

TicWatch Pro 3: justifica-se um preço de 299 Euros?

A Qualcomm revelou dois novos chipsets para wearables em junho. Falo do Snapdragon Wear 4100 e 4100+. Os novos chips são uma atualização significativa...

Nokia 7.3: novas imagens revelam todos os pormenores!

Antes do evento Nokia Mobile há alguns dias, houve relatos de que o Nokia 7.3 seria lançado em 22 de setembro. No entanto, este...