Quatro razões para comprar o Samsung Galaxy S9/S9+


Por em

Já muito se escreveu acerca dos novos topo de gama da Samsung que foram apresentados hoje, em Barcelona, no MWC. De entre todas as funcionalidades que podem apelar ao consumidor, existem quatro que são sem dúvida as razões principais que podem levar alguém a adquirir estes equipamentos. Nas próximas linhas dizemos quais.

Câmaras com abertura variável e filmagem em “slow motion”

Enquanto o Galaxy S8 e o S8 Plus só ofereciam pequenas melhorias em relação aos antecessores, com o Galaxy S9 a história é outra, a começar pelas aberturas duplas no mesmo sensor. A Samsung afirma que o sensor funciona de forma semelhante ao olho humano – quando está a tirar fotos com muita luz, a lente contrai-se e deixa entrar menos luz. Se estiver numa sala escura, o sensor abre-se e deixa entrar mais luz. A escolha da abertura é totalmente automática e não requer a intervenção do utilizador.

Importa salientar que a Samsung incluiu um novo sistema de processamento de imagem no S9 que na prática processa várias imagens até criar o que será a melhor fotografia. O novo processador de imagem inclui a sua própria memória DRAM para lidar com todo o processamento e não causar quaisquer atrasos.

A inclusão de um processador de imagem dedicado significa que o Galaxy S9 e o S9 Plus também podem suportar a captura de vídeo em câmara lenta a 960 fps com qualidade 720p.

Nova posição do sensor de impressões digitais

Se tem o Galaxy S8, o Galaxy S8 Plus ou o Galaxy Note 8 e nunca simpatizou muito com a posição do sensor de impressões digitais vai ficar contente por saber que esta situação foi resolvida. No Galaxy S9, o sensor de impressões digitais está no centro do dispositivo, na parte traseira, logo abaixo da câmara.

Novas formas de desbloqueio

A linha Galaxy S9 combina dois métodos de segurança biométrica num sistema denomindo Intelligent Scan. Este sistema combina a análise à íris com o desbloqueio de rosto para garantir uma forma mais segura de desbloquear o smartphone.

Um aspecto interessante é que os diferentes métodos de desbloqueio da linha S9 acabam por ser utilizados para fins diferentes. O sistema de análise da íris será utilizado em aplicações que exigem um nível de segurança maior, como aplicações bancárias ou o Samsung Pay. Para as outras funções utiliza o desbloqueio facial.

Uma nova experiência de aúdio

A Samsung tem procurado destacar-se no campo do áudio, ao nível dos smartphones, o que não se tem revelado uma tarefa muito fácil. No entanto, este ano, tudo pode mudar depois deste gigante coreano ter adquirido a empresa Harmon Kardon no ano passado. O único alti-falante que o S8 já tinha, recebeu agora a companhia de outro na parte frontal. Ambos foram ajustados pela AKG que faz agora parte da família da Samsung (devido à aquisição que mencionámos anteriormente).

Graças a eles o som é 1,4 vezes mais alto que no Galaxy S8. Em paralelo, também beneficiam de uma parceria com a Dolby que adicionou o codec Atmos ao Galaxy S9.

Emojis inovadores

Samsung lançou a sua própria versão dos Animojis da Apple e chamou-lhes AR Emoji.

Estão disponíveis dois estilos diferentes de AR Emoji – os mais baseados em desenhos animados ou então os mais parecidos com a vida real com base na foto submetida pelo utilizador. Caso opte pelo modo realista o utilizador tem várias funcionalidades à disposição como a possibilidade de personalizar os cabelos, tom de pele, roupas e até acessórios.

Quando terminar a personalização, pode guardar o AR Emoji na galeria em forma de GIFs ou adicioná-lo como atalho de teclado para partilhar rapidamente com amigos.

Leia também

Ou veja mais notícias de Especiais, MWC 2018

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

O que é a abertura variável que está na câmara do Galaxy S9?

Nokia apresenta 4 novos smartphones com parceria Google

Seguinte