Segway S-Pod: será este o inovador futuro dos transportes?


Por em

A Segway acredita que o Segway S-Pod pode ser a aposta ideal para uma pessoa se deslocar em espaços fechados, como aeroportos, parques temáticos ou até centros comerciais. Também acaba por ser muito mais cómodo, até porque os passageiros já não vão ter de estar em pé durante a viagem.

Segway S-Pod: será este o inovador futuro dos transportes?

A Segway espera que a sua última criação tenha o mesmo tipo de impacto que o dispositivo de estreia conquistou há quase duas décadas atrás.

Enquanto a maioria dos Segways é considerada um dispositivo de transporte pessoal, o Segway S-Pod é melhor descrito como um transportador pessoal. Ele opera com o mesmo princípio básico de outros Segways – um veículo de duas rodas com equilíbrio próprio -, mas em vez de ser usado como uma espécie de hoverboard, ele funciona como uma espécie de carruagem futurista … ou a uma cadeira de rodas de alta tecnologia.

Assim como as versões motorizadas desta última, o S-Pod é controlado através de um pequeno joystick, em vez de inclinar-se fisicamente para a frente ou para trás. Presumivelmente, isto deve tornar a curva de aprendizagem muito menos acentuada em comparação com os outros Segways.

Este veículo pessoal é capaz de atingir uma velocidade máxima de quase 40 km/h e proporciona um raio de viragem apertado devido ao seu design de duas rodas. Ele pesa cerca de 330 quilos e tem um alcance de 43,5 milhas com uma única carga conforme afirmou um responsável.

Fonte

Falando em design, a subsidiária da Ninebot afirmou que a Girosfera do Mundo Jurássico serviu de inspiração para o S-Pod.

A última criação da Segway estará em exibição na CES na próxima semana. Entretanto, esta empresa afirmou ao The Verge que o S-Pod será lançado em algum momento no terceiro trimestre de 2020.

Leia também

Ou veja mais notícias de Especiais, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.