SEAT, Skoda e Volkswagen – Afinal qual é a diferença?

Como deve saber, estas três marcas pertencem todas à mesma empresa, contudo, cada uma delas tem a sua própria identidade! Vamos tentar explicar o que esperar da SEAT, Skoda e Volkswagen.

Vamos supor que a SEAT, a Skoda e a Volkswagen vendem cerca de 350.000 carros… A maioria destas vendas são de carros VW, mas mais de 100.000 consumidores vão preferir um Skoda ou um SEAT! Dito isto, o que é que faz um consumidor escolher entre estas três marcas?

Todas elas fazem parte do gigantesco grupo Volkswagen Aktiengesellschaft Group (Volkswagen AG).

Mas o que confunde mais os consumidores, é que muitos carros da SEAT, Skoda e Volkswagen partilham alguns dos seus componentes base. Por exemplo, os modelos mais populares do grupo são o SEAT Leon, Skoda Octavia e Volkswagen Golf (e o Audi A3). Que no fundo, têm todos o mesmo ‘esqueleto’.

Quer isto dizer que estes carros são todos iguais?

SEAT Skoda Volkswagen

Na verdade, até podíamos ter incluido a Audi neste comparação, visto que também faz parte do grupo Volkswagen! Mas faz parte de um segmento diferente que tem como objetivo competir com a BMW e Mercedes. Por isso, também excluímos a Bentley, Lamborghini e Bugatti por razões obvias, apesar destas também fazerem parte do ‘domínio’ VW.

Mas vamos falar um pouco das marcas propriamente ditas.


SEAT – Slogan: ‘Technology to Enjoy’

SEAT Skoda Volkswagen

SEAT ou ‘Sociedad Española de Automóviles de Turismo’, tem sede em Martorell, perto de Barcelona. Empresa fundada nos anos 40, mas que apenas começou a trabalhar a todo o gás em 1950. Após o país recuperar da guerra civil dos anos 30.

A SEAT teve uma relação muito longa com a Fiat entre até 1980. Mas acabou por ser adquirida pelo grupo VW, pouco tempo depois.


  • SEAT Tarraco – Um SUV topo-de-gama que vai abanar o mercado – Clique aqui

Volkswagen – Slogan: ‘Das Auto’ (O Carro)

SEAT Skoda Volkswagen

A Volkswagen foi fundada pela ‘German Labour Front’ em 1936, com o intuito de meter mais carros alemães nas estradas.

O seu primeiro modelo foi o famoso Beetle (Carocha)! Desenhado por Ferdinand Porsche, que originalmente podia ser comprado através de um programa de poupanças do governo. Depois da segunda guerra mundial, a fábrica na cidade de Wolfsburg foi recuperada com a assistência do governo Inglês. E assim, começou a fabricar cerca de 1000 Carochas por mês.

Dito isto, as coisas mudaram muito desde essa altura. E apesar de ainda ter sede em Wolfsburg, o grupo Volkswagen é atualmente o maior fabricante de carros do mundo!

Skoda – Slogan: ‘Simply Clever’

SEAT Skoda Volkswagen

Apesar de fazer parte do grupo VW, a Skoda é o fabricante mais antigo aqui mencionado! Originalmente um fabricante de armas, Emil Škoda adquiriu uma fabricante de carros e motas conhecida por Laurin & Klement (um nome que ainda se mantêm vivo dentro das gamas da marca) em 1925, e começou a produzir carros em massa 5 anos mais tarde.

Com sede em Mladá Boleslav, no norte naquilo que na altura era a Checo-Eslováquia. A Skoda sofreu bastante nos UK durante os anos 70 e os anos 80, sendo muitas vezes a razão de várias piadas. No entanto, a queda do sistema soviético significou novas oportunidades de negócio, e assim a Skoda juntou-se ao grupo VW em 1991.

Com a entrada no grupo, a qualidade de construção e design dos carros Skoda aumentou significativamente, e em paralelo a sua reputação e vendas.


Depois deste bocadinho de história… Qual é a diferença entre elas?

Existem várias razões para o grupo VW ter tantas sub-marcas, mas a mais lógica é que o grupo acredita, ou melhor, o grupo SABE que consegue ter lucros mais altos se vender mais que uma marca!

Por isso, o grupo VW esforça-se muito para que cada uma delas tenha a sua própria identidade, e em paralelo, os seus próprios modelos.

Em síntese, o grupo quer atingir mercados diferentes, com marcas diferentes!

SEAT

  • A SEAT tem como objetivo alcançar um público mais jovem, que gosta de um design e condução mais desportiva, a um preço apelativo, sem esquecer a segurança.

Skoda

  • A Skoda por sua vez, foca-se muito na qualidade/preço! Oferecendo carros que não impressionam a nível estético, mas que são espaçosos, confortáveis e fiáveis.

Volkswagen

  • Por fim, a Volkswagen é um pouco como um jogador polivalente. Tentando oferecer um design apelativo, gozo na condução, um preço justo e talvez mais importante que tudo isto… Uma qualidade de construção digna de uma construtora Alemã!

Mais carros = mais peças -> Maior poupança!

Por exemplo, o Skoda Kodiak, Audi Q7, Porsche Cayenne, Lamborghini Urus e Bentley Bentayga, são todos SUVs fabricados pelo grupo VW! No entanto, todos têm designs e preços completamente diferentes, apesar de partilharem algumas peças entre si.

Em suma, o facto de partilharem componentes, faz com que o grupo poupe imenso dinheiro na produção!

  • Afinal de contas, é mais barato comprar um Kodiak, porque alguns donos de Bentleys, ajudaram a pagar o desenvolvimento do chassis, e em paralelo, o chassis é mais barato, porque são feitos muitos, para vários modelos.

Similarmente, se quiser um ‘Sedan’ de quatro portas… Vai chegar à conclusão que a SEAT, Skoda, Volkswagen e até a Audi possuem todas um modelo que parece ter saído exatamente da mesma linha de produção.

Mas, o modelo da Audi é mais caro! Porquê?

Primeiro, é construído de maneira a ser mais apelativo e ‘premium’! E em segundo lugar, porque tem como alvo um público que sonha em conduzir e comprar um carro de luxo como o Audi RS6 ou R8.

Em paralelo, é provável que as margens de lucro do Audi A4 que tem debaixo de olho, dêem mais dinheiro à marca, em relação a um R6, visto o Audi A4 ser vendido em números muito maiores.

Para finalizar, a ideia é atingir públicos diferentes com produtos diferentes, ao mesmo tempo que existe uma poupança significativa na produção de componentes chaves, devido ao volume muito maior de fabrico.


Tem algum carro do grupo? Partilhe connosco a sua experiência nos comentários em baixo!