(Saúde) Tudo sobre alergias! O que provocam e o que fazer


Por em

As alergias são consequências do nosso sistema imunitário, ou seja, das nossas defesas. Afinal de contas, ocorrem quando se reconhecem substâncias como estranhas ou perigosas.

Por um lado é ótimo que se tenha essa capacidade mas por outro, quando reconhecidas substâncias que não causam propriamente malefício para o nosso organismo, acaba por ser limitante para o nosso dia a dia.

alergias, reação alérgica, alergia, limpeza, aspirador

Em suma, as alergias começam por ser um mecanismo de defesa para benefício do corpo.

Resumidamente, o alergeno, seja ele de que tipo for, é a substância que é reconhecida e por consequência provoca a alergia. Assim, muito resumidamente, a alergia vai ser definida consoante o tipo de alergeno.

Exemplo de alergenos são pólen, ácaros, a substância dentro do caju que causa alergia, veneno da vespa, etc…

Dito isto, pode agrupar-se e distinguir-se três tipos de alergias:

  • Respiratórias
  • Alimentares
  • Dermatológicas
  • Medicamentosas

Sintomas da Alergias

É imprescindível entender quais são os sintomas que ocorrem quando existe uma alergia. Até porque, por vezes, conseguimos retirar do nosso dia a dia o alergeno causador.

Apesar de existirem alguns sintomas específicos para alguns tipos específicos de alergias, pode-se generalizar, em parte, pois existem sintomas comuns. Resumidamente, os sintomas comuns são: o inchanço, a comichão e a vermelhidão!

Adicionalmente, para uma alergia Alimentar pode ainda ocorrer náusea e fadiga. Assim como para as respiratórias: nariz a pingar, congestão nasal, espirros e olhos inchados.

Atenção: em último caso e como estado mais grave pode decorrer uma reação anafilática e deve se encaminhar de imediato para o hospital!

Como resolver

A melhor forma de resolver é, de facto, evitar o contacto com o alergeno. E, por isso mesmo é tão importante identificar os sintomas.

Assim, a nível de medicação, damos como exemplos:

  • Anti-histamínicos: 

Para uso tópico, no caso das dermatológicas : dimetindeno em gel ou pomada. Paralelamente, em uso sistémico cetirizina em comprimidos.

  • Descongestionantes:

Fenilefrina ou Xilometazolina em gotas ou spray. (Não exceder os 3 a 5 dias)

Existem ainda outros medicamentos que são Sujeitos a Receita médica. Tais como Inibidores de Leucotrienos (Montelucaste) e Corticosteróides (Deflazacorte).

Contudo, se estiver interessado em saber de alternativas mais naturais para ajudar nos sintomas das alergias, fique atento à Leak.

Viver com Alergias

Quando, de facto, não conseguimos retirar ou evitar o alergéno em quantidade significativa para um melhor bem-estar devemos saber o que fazer!

Entretanto, fica aqui o link de como ter uma casa amiga das alergias!


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Leia também

Ou veja mais notícias de Fora da Caixa, Saúde

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

A EasyBox IPTV foi processada! Multa de 10 milhões!?

Assistente da Google: o grande aliado dos pais de um recém-nascido!

Seguinte