Inicio Especiais Samsung apostou no QLED, deixando o OLED de lado... Porquê?

Samsung apostou no QLED, deixando o OLED de lado… Porquê?

Caso não saiba, no mundo das TVs, existem duas tecnologias base, o LCD (e vários sub-tipos como o LED, Full ArrayLED, etc…) e o muito desejado OLED que curiosamente reina o mundo dos smartphones em quase todas as gamas de produtos, especialmente quando falamos dos smartphones Samsung Galaxy.

No entanto, apesar de ser uma das maiores (e melhores) fabricantes de paíneis OLED do planeta… A Samsung não tem TVs OLED no mercado! Um mundo onde a LG reina à ‘vontadinha’, graças ao que é basicamente uma escolha da gigante Sul Corena Samsung. Mas porquê?

Samsung apostou no QLED, deixando o mercado de TVs OLED para a LG… Porquê?

Samsung QLED OLED

Portanto, antes de mais nada, é preciso perceber que as TVs LCD são muito mais baratas de produzir, e por isso são muito mais comuns e populares. Isto enquanto as TVs OLED contam com uma maior qualidade de imagem, mas também custam significativamente mais dinheiro.

Até aqui tudo bem… Mas onde entra o QLED da Samsung no meio disto tudo? Pois bem, algumas fabricantes de TVs LCD utilizam uma variedade de técnicas para melhorar a qualidade de imagem dos seus produtos, sendo uma delas os Quantum Dots (daí o Q de QLED das TVs Samsung, que vem de Quantum).

Dito tudo isto, mesmo sem TVs OLED, a Samsung é uma das rainhas do mercado… Vendendo apenas e só TVs LCD. De forma bem curiosa, mesmo sem OLEDs, a Samsung é quem mais vende TVs no planeta! Algo que fica ainda mais interessante, quando a própria empresa anunciou há alguns meses que iria deixar de produzir paineis LCD até ao fim do ano de 2020.



Em suma, o foco atual da Samsung é o desenvolvimento de ecrãs Quantum Dot! Mas porque não o OLED? Ao fim ao cabo, se há coisa que a Samsung sabe fazer, é ecrãs OLED! Pois bem… Tudo isto tem uma explicação! É que o regresso da Samsung ao mundo das TVs OLED poderá estar para breve, mas não de uma maneira ‘tradicional’.

Samsung QLED OLED

Antes de mais nada, é preciso ter em conta que a Samsung apostou 11 mil milhões de dólares no desenvolvimento de paineis Quantum Dot! Uma tecnologia que tem conseguido evoluir bastante de lançamento para lançamento. Mas como deve imaginar, mesmo com toda esta evolução, as TVs QLED da Samsung continuam a não conseguir oferecer a mesma qualidade de imagem de uma (boa) TV OLED! Tudo graças ao contraste brutal e visualização em ângulos complicados que a tecnologia oferece.

Entretanto, como disse em cima, a Samsung sabe melhor que ninguém as vantagens do OLED, e claro, as vantagens dos Quantum Dots que dão vida às suas TVs QLED… Então, já pensaram que por acaso a gigante Sul Coreana está a pensar juntar as duas tecnologias num só produto?

Pois… No passado mês de Outubro, a Samsung anunciou que iria construir uma fábrica apenas e só para produzir a nova tecnologia denominada de QD-OLED Hybrid, com data prevista de produção em massa já em 2021. Ou seja, afinal de contas, os 11 mil milhões de dólares não são apenas para os Quantum Dots.



Como é que uma TV QD-OLED poderá funcionar?

Samsung QLED OLED

Muito basicamente, juntar as duas tecnologias servirá para ir buscar as vantagens destes dois mundos tão diferentes. Ou seja, o contraste e ângulos de visualização do OLED, com o brilho do QLED.

Caso não saiba, a missão de qualquer TV é criar luz vermelha, verde e azul (RGB), no entanto, cada tecnologia tem uma maneira diferente para chegar a estas luzes.

Ou seja, as atuais QLED da Samsung usam LEDs azuis, com uma camada de Quantum Dots em cima para converter alguma desta luz azul para vermelho e verde. Entretanto, no OLED, temos materiais amarelos e azuis a criar luz ‘branca’. Em ambos os casos, filtros de cor é que decidem o que vai passar para cada sub-pixel.

Mas vamos resumir tudo isto… A ideia do QD-OLED é simplificar tudo isto, ao juntar ambos os designs num só. Assim, vamos ter o OLED a criar a luz azul, e posteriormente os Quantum Dots a converter esta luz azul em vermelho e verde.

QD-OLED? Quais são as vantagens desta tecnologia?

Primeiramente, ao utilizar um material OLED de uma só cor, é possível baixar significativamente os custos de produção. Além disto, os Quantum Dots têm uma eficiência muito perto dos 100%, garantindo um brilho muito superior ao que o OLED é capaz de oferecer! O que claro está, poderá possibilitar uma gama de cores ainda mais ampla em qualquer nível de brilho.

Por fim, como cada píxel é independente de tudo o resto, estas TVs híbridas poderão ser capaz de apresentar o famoso contraste da tecnologia OLED.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

(Leak) A Sony PlayStation 5 Pro vai ter uma placa gráfica ‘dual’!?

A consola de nova geração da Sony mal chegou ao mercado, e já se começou a falar de uma alegada versão 'Pro'! É impressionante,...

(Especial/Opinião) iOS vs Android: Como está a rivalidade em 2020?

iOS vs Android em 2020: Eu passo o meu ano inteiro a saltar de review de smartphone Android em review de Smartphone Android, navegando...

Alerta Play Store: veja agora se tem alguma destas onze apps!

Parece mentira mas não é. Aplicações Android com mais de 250 milhões de downloads estão vulneráveis. Tudo devido a um falha de segurança grave...

Motorola: revelados os primeiros smartphones de 2021!

A Motorola vai começar 2021 a lançar mais dois smartphones amigos da carteira. Estes dispositivos têm, para já, os nomes de código Capri e...

Finalmente! Windows 10: problema no upgrade foi resolvido!

A Microsoft já está a disponibilizar uma atualização opcional que resolve um problema relacionado com os upgrades. O Windows 10 sempre ofereceu vários métodos...