Samsung já começou a investigar e a desenvolver as redes 6G

A Samsung não parece querer deixar os seus créditos por mãos alheias. Dito isto, está com alguma pressa e já começou a trabalhar nas redes 6G. Isto não deixa de ser interessante. Especialmente se considerarmos que as redes 5G ainda só agora começaram a surgir em alguns países. Para além disso a implementação ainda vai levar algum tempo.

Samsung já começou a investigar e a desenvolver as redes 6G

Segundo o jornal coreano Herald, a Samsung expandiu a equipa de investigação do departamento de telecomunicações. Dito isto, está a trabalhar no 6G no seu novo Centro de Pesquisa de Comunicações Avançadas, que pertence à empresa Samsung Research, em Seul. A propósito disto um funcionário da Samsung afirmou que a equipa atual foi expandida com o objetivo de começar a liderar as investigações na rede 6G.

6G

Juntamente com o desenvolvimento da nova rede de telecomunicações, a equipa da Samsung Research também se vai concentrar no desenvolvimento da inteligência artificial e da robótica. Na prática serão responsáveis ​​por tornar os produtos da Samsung mais inteligentes do que até aqui.

Claro que ainda é muito cedo para se falar das redes 6G. É que ainda vai levar algum tempo até que as redes 5G estejam implementadas em todos os mercados. No entanto, é sem dúvida uma boa iniciativa.

Ainda neste campo, a Huawei afirma que o 6G não será uma realidade até 2030.

Entretanto e já que falámos no 5G saiba que esta rede de nova geração pode salvar o mundo dos smartphones.

Os dispositivos 5G é uma categoria que deve conquistar uma participação de 0,5% no mercado. A Samsung, OnePlus, LG e Xiaomi já têm algumas ofertas iniciais. No entanto, muitas outras estão a caminho, incluindo as variantes 5G do Galaxy Note 10 e Note 10 Pro e os dispositivos 5G da Huawei.

Olhando para o futuro, a IDC prevê que o mercado na China vai estar em breve no caminho da recuperação.

Entretanto o impulso dos smartphones 5G também vai continuar a beneficiar o mercado de smartphones numa escala global e, até 2023, acredita-se que esta categoria de produtos será responsável por 26,3% de todos os smartphones.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário