O mundo dos smartphones já conheceu várias modas. Já tivemos a moda do quanto mais pequeno melhor. Depois veio a moda dos equipamentos de grandes dimensões que persiste até agora. Outra das tendências que também estiveram sempre presentes no mercado foi a da espessura. Normalmente os smartphones querem-se finos e a Samsung e a Apple fizeram disto um mote.

A espessura nos smartphones tem vindo a aumentar

No entanto, desde 2015, a espessura tem vindo a aumentar nos smartphones para acomodar mais componentes. Para além disso, estes equipamentos têm necessidade de integrar sempre baterias maiores.

No entanto, com a série Galaxy S10, a Samsung pode avançar para um design mais fino.

Conforme revelado pelo leakster Steve Hemmerstoffer, o Samsung Galaxy S10+ será o topo de gama mais fino da Samsung em anos.

Mais especificamente, o dispositivo terá apenas 7,79 mm de espessura, tornando-o o dispositivo mais fino da empresa desde 2016.

Vamos então olhar para os últimos equipamentos deste fabricante.

Apenas cinco topos-de-gama eram mais finos que o S10+

Na prática, a Samsung produziu apenas cinco dispositivos emblemáticos que são mais finos do que o futuro Galaxy S10+. Estes são o Galaxy S6 (6,8 mm), o S6 Edge + (6,9 mm), o S6 Edge (7 mm), o Galaxy Note 5 (7,6 mm) e o Galaxy S7 Edge (7,7 mm).

Hoje em dia é muito mais difícil ser fino

Mas esta fineza torna-se mais interessante no Galaxy S10+. É que estamos perante um equipamento com tecnologias muito avançadas. Para além disso, vamos ter uma grande bateria de 4000 mAh (no caso do S10+) e várias câmaras na traseira. É que vendo bem, nenhuma destas caraterísticas estava presente nos topos de gama anteriores da Samsung.

De facto, todos os modelos mencionados anteriormente incluíam apenas uma câmera traseira e baterias significativamente menores.

Entretanto há mais novidades. No caso do Galaxy S10 normal e do seu irmão mais pequeno, o Galaxy S10E, parece que a Samsung também optou por ultrapassar aquilo que nos tinha habituado com espessuras de 7,85 mm e 7,94 mm respectivamente.

Resta-nos agora esperar pelos lançamentos da nova gama S10 para deitarmos a mão (e experimentar-mos) todas estas funcionalidades.