Samsung Galaxy Fold: Resistência aquém das expetativas?

Ora bem, quando falamos de smartphones dobráveis a primeira marca e equipamento que nos vem à cabeça é sem qualquer dúvida o Samsung Galaxy Fold. Tanto por razões positivas como por outras negativas.

Em boa verdade, muitos consumidores estavam extremamente ansiosos para poder por as mãos no inovador ‘Fold’. Afinal de contas, antes ser adiado por problemas técnicos, este dobrável era um dos equipamentos mais esperado para o ano de 2019.



Todavia, após os entusiastas aperceberem-se quão frágil o equipamento parece ser, muitos optaram por escolher um smartphone “normal”.

Samsung Galaxy Fold

Samsung Galaxy Fold foi relançado no passado mês de Setembro, para vários mercados. Mas o entusiasmo nunca mais foi o mesmo…

A Samsung teve de reforçar várias áreas do smartphone consideradas frágeis. Além disso, teve também de criar novos designs para os mecanismos dobráveis. Tudo isto, apesar de visualmente, o design permanecer igual ao primeiro modelo.

Assim, tal e qual como na primeira versão, a Samsung garante que o ecrã pode ser dobrado até pelo menos 200.000 vezes. Todavia num teste realizado pela CNET, um robô criado pela SquareTrade testou exatamente isto, revelando resultados bastante diferentes…

Veja o vídeo, aqui.

O Samsung Galaxy Fold aguentou cerca de 120.000 dobras, até apresentar danos!

Como pode observar, apesar de não aguentar o número que a Samsung garantia, também sabemos que o teste foi realizado durante 4 horas seguidas. O que poderá ter tido algum impacto nas peças, devido a alguns sobre-aquecimentos.

Ainda assim, ter falhado neste numero nem é assim tão mau! É que 120.000 é um número muito bom, especialmente quando falamos da primeira geração de um produto com esta tecnologia. Quem é que vai abrir e fechar este telemóvel 120.000 vezes? Com este resultado pode dobrar e desdobrar o seu ‘fold’ 328 vezes por dia… Se calhar até é um bocadinho demais.

Portanto, numas contas mais reais, teria de em 3 anos fechar e abrir o equipamento 110 vezes por dia, todos os dias!  (120.000 / 1095 = 110*)

Quanto a quedas a história é outra…

Aliás, o foco principal da resistência do Samsung Galaxy Fold é o seu ecrã e o seu mecanismo. Contudo, após uma queda ou até mesmo a entrada de detritos… A coisa vai ficar bem feia.

Entretanto, as mudanças que este modelo teve em relação ao anterior ajudaram imenso para alcançar este resultado. Não só, pela camada protetora do ecrã que agora não pode ser removida. Como também, pela adição de uma camada de borracha que protege o mecanismo mecânico de poeira.


Ademais, o que pensa sobre este assunto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário