Testámos o Samsung Galaxy A5 2017: Edição Exclusiva Phone House

270226
4
Share:

A série A da Samsung é sem dúvida muito interessante, uma vez que consegue oferecer aos utilizadores o melhor de dois mundos, ou seja, um equipamento com caraterísticas que normalmente apenas estão presentes em topos de gama e ao mesmo tempo um preço mais acessível. Será que o Samsung Galaxy A5 2017 mantém a mesma tradição a que a versão anterior nos habitou? Nas próximas linhas contamos-lhe tudo acerca do exclusivo Phone  House que testámos e abordamos as principais diferenças em relação à versão anterior.

Samsung A5 2017 vs 2016

O Design

Quando experimentámos a versão 2016, ficámos muito agradados até porque apresentava algumas semelhanças ao nível do design com um dos equipamentos mais atrativos lançados no ano passado, o S7. A versão 2017 não fica atrás e apresenta a nossa ver as dimensões ideais, o que contribui para que ele assente na mão como uma luva.

Samsung A5 2017

Nas restantes caraterísticas estéticas não existem assim tantas diferenças em relação ao antecessor, a não ser em pequenos detalhes. Na parte inferior do telefone a ficha dos auscultadores passou para o lado esquerdo e a anterior ficha microUSB, passou agora a USB Tipo C.

Samsung A5 2017

Nos lados continuam a estar os botões de volume e ligar e desligar o dispositivo.  Importa salientar que a coluna que estava na parte inferior passou para a superior.

Samsung A5 2017

Se alguns dos elementos não são assim tão distintos, num o 2017 distingue-se completamente do anterior. É que ao contrário da versão 2016, o novo modelo é resistente a água e poeiras, o que significa de imediato uma proteção acrescida para o seu smartphone.

A versão exclusiva da Phone House que testámos é talvez uma das mais bonitas deste equipamento graças aos tons azuis que utiliza. Na realidade é um equipamento tão bonito que pode ser quase visto como um acessório de moda e que certamente não vai passar despercebido na sua mão.

Samsung Galaxy A5 2017

O Ecrã

O ecrã de 5.2 polegadas é exatamente o mesmo que podíamos encontrar na versão de 2016 com tudo de bom o que isso implica. Tem uma resolução 1080p e é AMOLED o que resulta em cores vivas e brilhantes. Na realidade tudo é perfeito neste ecrã, do brilho ao contraste.

 

Para além da construção do próprio ecrã existem elementos ao nível do software que importa destacar. É possível ajustar o equilíbrio de cores manualmente e ainda ativar o Filtro de Luz Azul que é ideal se precisa de utilizar o equipamento antes de ir para a cama. A apelidada de Luz Azul pode interferir com o seu sono e como tal é agradável vermos a introdução desta funcionalidade, já presente também no iOS.

O desempenho

O Samsung Galaxy A5 2017 vem um processador de oito núcleos Exynos 7880 que é fabricado com tecnologia de 14nm e é mais rápido do que o Snapdragon que estava presente na versão 2016.

Após utilizarmos este equipamento durante alguns dias verificámos que tudo funciona com rapidez, desde os jogos às habituais apps que nos dão acesso à redes sociais. Porém, se quer sempre tudo a correr sobre rodas, lembre-se de fechar com alguma frequência as aplicações que não está a utilizar.

O A5 2017 vem com 3GB de memória, o que é certamente uma mais valia comparativamente à versão 2016 que disponibilizava 2 GB. Para além disso, a inclusão desta capacidade de memória assegura uma maior longevidade deste equipamento. E já que falamos em GB, queremos destacar que o Galaxy A5 2017 vem com 32GB de capacidade de armazenamento, expansível através de cartões microSD.

Para observarmos as principais diferenças em termos de desempenho do 2017 em relação ao A5 2016, recorremos à habitual ferramenta AnTuTu para termos uma ideia mais técnica das principais diferenças ao nível do desempenho. Com a versão 2016 obtivemos uma pontuação de 43436 pontos. Já com a mais recente versão, a pontuação obtida foi largamente superior situando-se nos 60186 pontos. A pontuação superior significa que irá conseguir um claro desempenho em tudo o que fizer com este equipamento que se situa na mesma região de pontos obtidos com Asus ZenFone 3.

Áudio

Ao nível das chamadas obtivemos uma elevada qualidade de conversação, tanto ao usar o auscultador normal como em alta-voz.

Software

O Samsung Galaxy A5 2017 dá de imediato a ideia de vir com o novo sistema operativo Android 7.0 Nougat, uma vez que apresenta algumas diferenças consideráveis ao nível da interface. Porém, não é o Nougat o responsável por estes diferenças, uma vez que este equipamento vem com a versão 6, ou seja, o Android Marshmallow. Dito isto, a diferença reside na integração do novo Grace UI.

A nova interface da Samsung não só é mais bonita, como também é mais fácil de utilizar. Tudo foi polido e está mais rápido, inclusivamente as aplicações proprietárias da Samsung que acompanham esta interface.

A janela das notificações também sofreu alterações e está ainda mais cuidada e com um maior número de opções. Para além disso, tudo no geral está mais limpo e mais bem arrumado.

A câmara

Normalmente as câmaras que encontramos em dispositivos de gama média não nos deixam muito felizes, especialmente não nível da qualidade final da captura. O Galaxy A5 2017 não tem esse problema. A câmara principal de 16 megapixéis captura imagens detalhadas e com um excelente equilíbrio de cores. A própria focagem é muito rápida e funciona com precisão, tornando a captura de imagens com qualidade numa tarefa muito simples.

Em paralelo, a abertura f/1.9 não só contribui para a obtenção de excelentes imagens com efeito bokeh, como é ainda extremamente útil para a capturas de fotografias em ambientes escuros. A câmara frontal tem de base as mesmas especificações que a traseira, porém sem as funcionalidades extra, como a focagem automática.

Autonomia

Este equipamento merece também destaque ao nível da bateria que nos impressionou pela sua autonomia. Se numa utilização normal foi suficiente para o equipamento operar durante dois dias, numa utilização mais intensiva dá para cerca de 11 horas. Em termos práticos e comparando-o com o Galaxy S7 garante autonomia para pelo menos mais 5 ou 6 horas de utilização. Comparando-o com o antecessor, o Galaxy A5 2016 tinha uma autonomia a situar-se nas 9 horas e 30 minutos.

Outras especificações

Quase a finalizarmos esta análise falta-nos afirmar que estamos perante um útil equipamento dual-sim e que disponibiliza as características de segurança que normalmente encontramos nos equipamentos de topo, como por exemplo, o sensor de impressões digitais que funcionou muito bem nos nossos testes.

Conclusão

Gostámos muito deste equipamento e é sem qualquer hesitação que afirmamos que o Samsung Galaxy A5 2017 (edição exclusiva em azul da Phone House) superou as nossas expectativas. Tem um excelente desempenho para o qual contribuem, em muito, os 3GB de memória, uma câmara que vai permitir a obtenção de imagens com elevada qualidade, mesmo em ambientes mais escuros e uma interface muito intuitiva e com diversos truques na manga. Por 429 Euros na Phone House este equipamento é certamente um must-have.

Preço: 429 Euros (Comprar) (Mais informações)

Ecrã9.5
Desempenho9
Design10
Autonomia10
Câmara9
Relação Qualidade / Preço8.5
Gostámos muito deste equipamento e é sem qualquer hesitação que afirmamos que o Samsung Galaxy A5 2017 (edição exclusiva em azul da PhoneHouse) superou as nossas expectativas. Tem um excelente desempenho para o qual contribuem, em muito, os 3GB de memória, uma câmara que vai permitir a obtenção de imagens com elevada qualidade, mesmo em ambientes mais escuros e uma interface muito intuitiva e com diversos truques na manga. Por 429 Euros na PhoneHouse este equipamento é certamente um must-have.
9.3
Share:
Patricia Fonseca

Dê a sua opinião