Connect with us

Especiais

Samsung não sabe o que fazer ao seu stock de ecrãs OLED

Nuno Miguel Oliveira

Publicado a

Apesar de ser um concorrente directo no mercado de smartphones, a Apple é o maior cliente da Samsung na venda de ecrãs OLED, mas agora que as vendas do iPhone X parecem estar a cair, e rumores a apontar para que a deste produção seja cortada, deixando a Samsung “agarrada”.

O Apple iPhone X, o primeiro smartphone da empresa com ecrã OLED(Organic Light-Emitting Diode) tem tido uma vida interessante, antes do seu lançamento existiram imensos rumores que de que iria ser adiado devido ao baixo stock de painéis OLED, por isso para garantir que isto não seria um problema, a Samsung aumentou a produção para dar resposta à grande procura da Apple.

No entanto, as vendas do iPhone X acabaram por não ser aquilo que a Apple esperava, resultando num corte da sua produção, deixando a Samsung com um stock completamente exagerado de painéis nas mãos.

A empresa Sul Coreana esperava que esta tecnologia ganhasse popularidade mais cedo, com mais fabricantes de smartphones a entrar na corrida, mas devido aos custos e problemas inerentes, estes não têm tido muita vontade de investir, preferindo produzir aparelhos mais baratos.

Samsung OLED

Actualmente, cada painel OLED da Samsung custa cerca de 100 dólares, o que é aproximadamente o dobro do preço de um painel LCD, a tecnologia mais comum usada no mercado.

  • Se acham o preço do Apple iPhone X exagerado, fiquem a saber que o preço do ecrã produzido pela Samsung não ajudou.

A Samsung afirma que está a vender cada mais painéis OLED a clientes fora da empresa, isto num esforço para manter a sua posição de domínio no mercado, afastando os rivais chineses. No entanto, ao usar este tipo de tecnologia, é difícil competir com os rivais no preço dos aparelhos, daí até a própria empresa apenas os aplicar nos seus modelos topo de gama e de média/alta gama.

 

Outras notícias de hoje:

Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro computador aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

2 Comentários

2 Comments

  1. V.T.

    19 Fevereiro, 2018 at 17:30

    Em primeiro lugar duvido bastante que a Samsung tenha produzido ecrãs à toa, arriscaria a numero 1 mundial produzir um artigo caro sem ter garantias da Apple de que não ficaria com a produção ou parte dela. Simplesmente não me parece.
    Em segundo lugar a Samsung não deixa os ecrãs OLED só para os seus topo de gama, pois mesmo a gama baixa da marca Sul Coreana utiliza ecrãs OLED (Série J).

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement Banner ESET

Hardware

Entretenimento

Advertisement

Auto

Jogos