Samsung acusada de roubo de tecnologia de carregamento sem fios


Por em

Uma startup americana chamada NuCurrent, acusa a gigante Samsung de suposto roubo de propriedade intelectual relacionado com a tecnologia de carregamento sem fios, que a empresa utliza nos seus dispositivos.

Samsung é constantemente acusada

Já não é a primeira vez que a gigante coreana é acusada de roubo de patentes ou de utilizar tecnologias sem permissão de outras empresas. Os casos mais mediáticos são normalmente conta outras grandes empresas como a Apple. Mas na verdade a maioria destes são conta empresas mais pequenas ou mesmo startups.

Em 2014 a empresa foi acusada pela PARTEQ e pela parceira Queens ‘University, de roubo de uma tecnologia implementada na altura no S4 chamada de “Smart Pause”. Tecnologia esta, que permitia o smartphone fazer pausa num vídeo quando o utilizador desviava o olhar. O problema é que tinha sido apresentado à Samsung, algo semelhante por estas empresas, muito antes do S4.

Mas não fica por aqui, outro exemplo aconteceu em 2016, quando a Samsung continuou a usar patentes de uma empresa chamada Tessera, mesmo depois destas expirarem. E fez de tudo para que esta não conseguisse renovar as mesmas licenças, algo que acabou por ir para tribunal.

Samsung tecnologia carregamento sem fios

NuCurrent e a sua tecnologia de carregamento sem fios

Esta startup tem como principal objectivo desenvolver novas tecnologias de carregamento sem fios. A startup afirma que desenvolveu uma nova tecnologia que oferecia velocidades de carregamento sem fio muito rápidas e eficientes. Como um processo normal, encontrou-se com a Samsung, para saber o seu interesse em licenciar a tecnologia.

Depois de vários dias de negociação e de estudo entre as duas empresas, sobre como a Sul Coreana poderia utilizar a nova tecnologia, concluiu-se que a Samsung poderia e tinha todo o interesse em usar esta inovação na gama Galaxy S e Note. Na verdade a principal marca de smartphones do mundo, chegou mesmo a implementar nos seus dispositivos, caso do s7 e s8, esta tecnologia de carregamento sem fios.

O grande problema é que nunca chegou a nenhum acordo de licenciamento com a empresa americana. O que torna esta suposta implementação ilegal.

A Samsung ainda não se prenunciou oficialmente sobre este caso. Mas não há duvida que a gigante tecnológica não deverá ter problemas em contratar os melhores advogados para contornar este caso contra a pequena startup NuCurrent.

Pode interessar:

Já é possível descarregar o Oreo para o Samsung Galaxy Note 8

Samsung Galaxy S9 em forte competição contra o S8 e o A8

Samsung Movie Maker acaba com a chegada do Android P

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Android

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Total War: Arena – Vale realmente a pena?

Huawei Enjoy 8: Saiba tudo sobre esta aposta da Huawei

Seguinte