Samsonite: se cair neste esquema fica sem dinheiro!

Existem vários esquemas na Internet. Uns mais bem feitos e outros nem tanto. Aqueles que são mais cuidados, como não é de estranhar, conseguem lesar mais pessoas. É exatamente isto que se passa com um esquema a envolver a marca da Samsonite. No entanto, não tem nada a ver com este fabricante que ainda não parou de denunciar a situação no Facebook e de alertar para o mesmo na sua página oficial. Dito isto não caia mesmo neste esquema que já lesou centenas de pessoas.

Samsonite: se cair neste esquema fica sem dinheiro!

Existem várias páginas que parecem multiplicar-se no Facebook sempre com a mesma mensagem ou algo semelhante. Assim revelam que devido ao fim de alguma parceria da Samsonite com alguns países, as malas estão a ser despachadas a preço de saldo. De facto, é possível comprar malas que são realmente boas, dado a marca a que pertencem, por apenas 1.99 Euros. Ou seja, algo que na loja custaria cerca de 400 Euros. Mas será mesmo assim? Claro que não! É apenas um esquema para conseguirem as informações do seu cartão de crédito.

Mas afinal como é que este esquema funciona?

Bem em primeiro lugar surge-nos uma publicidade no Facebook, dado que a publicação se encontra a ser patrocinada. Fala da mala e que nós também a podemos comprar por um super valor Para além disso o post está cheio de comentários de pessoas que teoricamente compraram e receberam. Entretanto a publicação tem um botão para comprar que podemos usar.

Samsonite esquema

Assim que seguimos a ligação vamos ter a uma página que nos coloca algumas questões. Isto é apenas para criar mais entrosamento com o utilizador e ganhar a nossa confiança.

Basicamente ao longo de três ecrãs diferentes teremos de responder a algumas questões relativas à promoção.

Alguns sinais de alerta são logo o facto de umas coisas estarem em português e outras em inglês, algo que dificilmente aconteceria numa página da Samsonite.

Samsonite esquema

Depois no final é nos perguntado que cor de mala preferimos.

Samsonite esquema

A seguir surge uma página a dizer que as nossas respostas estão a ser verificadas.

Logo a seguir temos de participar numa espécie de passatempo para percebermos se teremos direito à mala.

Claro que no final vamos acabar sempre por ganhar. Nem que seja um roubo ao nosso cartão. 

Depois disso somos sempre convidados a introduzir os nossos dados. Lembram-se da imagem onde a mala custava supostamente 459 Euros? Nesta imagem e para termos ainda mais vontade de aderir a promoção já custa 1784 Euros! Para além disso tem também um contador para não nos distrairmos e preenchermos rapidamente tudo. Afinal de contas quem criou este esquema também sabe que a pressa é inimiga da perfeição.

Depois chegamos à parte do pagamento onde temos de introduzir os dados do nosso cartão de crédito. Não faça nada aqui. Aliás há vários relatos na página oficial da Samsonite de pessoas que ficaram sem dinheiro devido a isto. É que se preenchermos os utilizadores mal intencionados vão poder ter acesso ao nosso cartão de crédito.

Mas porque motivo nos pedem o cartão de crédito?

Nada se esqueceu e até isso está explicado nesta página. Dizem que pedem essas informações para uma avaliação do programa do parceiro. Ou seja não se percebe nada. Mas há uma coisa que se percebe e que até está dito na página. Na realidade não ganhámos nada. Tecnicamente haverá um vencedor a cada 10 mil participações. Ou seja, vamos perder dinheiro e mala nada.

Entretanto como se pode verificar na página oficial da Samsonite há vários relatos de pessoas enganadas por este esquema.

É por este motivo que todo o cuidado é pouco. Entretanto a Samsonite já fez um comunicado na página. “Estamos a tomar medidas com a Meta (Facebook) para remover e bloquear essas páginas fraudulentas, mas aconselhamos que fique atento ao local onde compra online.”

Entretanto as malas verdadeiras podem ser encontradas aqui e como se percebe não custam 2 euros.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Siga-nos ou clique no símbolo da estrela no canto superior direito.
mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Receba a nossa Newsletter

Outros artigos

Conta da Luz: esta é a energia que gasta a PS5!

A classificação de potência oficial de uma consola PlayStation...

Air Fryer: vale a pena comprar uma fritadeira sem óleo?

As fritadeiras de ar quente que também são conhecidas...

Dezembro + Netflix = Novos projetos brutais! Vai adorar!

Depois de já termos mencionado alguns dos projetos que...