Rocket League vai remover as famosas “Loot Boxes” até ao final do ano!


Por em

Ainda em Maio deste ano, o Rocket League foi adquirido pela gigante Epic Games. Deste então não paramos de ter novidades acerca do jogo. Isto porque, as ideias para implementar são imensas e como desta vez não poderia ser diferente, temos novidades.

Assim, segundo a mais recente revelação, parece que a Psyonix tem um plano para remover todas as “Loot Boxes” até ao final do ano. Mas será esta uma boa ou má noticia para os jogadores?

Afinal de contas, porque razão irão ser removidas as Loot Boxes do Rocket League?

Através de um post no seu Blog, a Psyonix informou os jogadores que em breve, todas as “Loot Boxes” irão ser substituídas por um novo sistema. Que mostrará antecipadamente todos os itens que o jogador irá comprar.

Isto para de certa forma fazer o mesmo que aconteceu no Fortnite. Em que os V-Buck Llamas mostrarão agora todo o conteúdo antes do jogador realizar a compra.

Para além disso, a Psyonix afirma que todas estas mudanças têm também por base a sua dedicação para com o jogo. Criando assim a melhor experiência possível para todos os jogadores.


A Sony já avisou… A Guerra comercial vai afetar o preço da PS5!


Quando será implementado este novo sistema?

Rocket

Ainda não existe uma confirmação oficial de quando será implementado este novo sistema. No entanto, temos a informação de que será ainda este ano. Isto porque, apesar das “Loot Boxes” deixarem de existir, os jogadores poderão ainda comprar o Rocket Pass Premium, as novas DLC´s e ainda aceder à Esports Shop a partir do jogo.

Isto acontece numa altura em que a EA também retirou os FIFA Points do seu jogo. Assim como as Loot Boxes foram retiradas de outros títulos como Overwatch, Star Wars e Battlefront II.

Gostou do que leu? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo. 

Fonte

 

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Categorias Featured
Anterior

Samsung aposta nos SSDs com memória V-NAND de 6ª geração

LG K20 aterra na Europa com Android Go e por 100 Euros

Seguinte