Ligue-se a nós

Reviews

Review ao Lenovo Yoga 910 – Um 2 em 1 elegante mas poderoso

Rodolfo Januário

Publicado a

Se procuram um portátil elegante, fácil de transportar, com uma boa qualidade de construção mas que ao mesmo tempo seja poderoso para todas as necessidades do dia a dia, então este Lenovo Yoga 910 pode muito bem ser o que procuram.

No mundo dos portáteis a escolha é imensa, o que torna a decisão muito complicada para quem procura um. Se a escolha cair no macOS da Apple, as opções são poucas, mas no mundo Windows o caso é o contrário. Uma das funcionalidades do Windows 10 é a possibilidade de um portátil oferecer um ecrã touch. Como sou utilizador Mac, no início não achei esta funcionalidade muito interessante, mas no final a minha opinião mudou. Esta é uma das razões que torna este 2 em 1, num portátil muito completo.

Lenovo Yoga 910

Foco da review

Fiz esta review a pensar em todos os estudantes e trabalhadores que precisam de um portátil leve, para que se possa levar para qualquer lado sem ter de andar com uma mochila e que no final do dia não fiquem a doer as costas. Mas não serve de nada ser bonito e fácil de transportar se no final não faz o que queremos. E tem de fazer rápido e bem.

O que quero dizer é que se pretendem um portátil para longas horas de jogos, este não é o indicado. Nem foi o meu foco.

Lenovo Yoga 910

Design

Este aspeto foi um dos quais eu me foquei mais. Não pensem que só me preocupei com o design, mas é neste campo que muitos portáteis se destacam.

Aqui podemos encontrar um portátil todo ele em aluminium, que lhe dá um visual premium. Com os seus 14.3 mm de espessura e 1.38 kg, este 2 em 1 é fácil de levar para qualquer lado. As suas dobradiças bem trabalhadas e muito funcionais saltam à vista. Não vão ter problemas em dobrar este portátil em 360º, e consegues-se manter em qualquer posição. Devo dizer que esta característica do Yoga 910, tornou-se muito útil. Dei mesmo por mim a ver as séries da Netflix ou mesmo navegar no Youtube com o teclado para trás e apenas o ecrã virado para mim.

Ecrã

Aqui tive uma surpresa, apesar deste ser de 13.9 polegadas, a sua pequena moldura faz com que pareça um de 13 polegadas. A moldura é muito reduza em cima e nos lados, o que pode ser estranho, pois em baixo é onde está colocada a câmara, o que faz desta zona um espaço muito maior em comparação às outras três laterais. Ter o portátil no modo “normal”, teclado e ecrã como conhecemos, faz a câmara estar num lugar um pouco estranho. Mas se virarmos o ecrã, e usarmos o teclado como “suporte”, a posição da câmara já faz sentido.

Ainda de salientar que estamos perante um ecrã 4k sensível ao toque. Isto quer dizer que tanto podemos usar o teclado e o touchpad, como simplesmente os dedos. Claro que como todos os ecrãs quando está desligado nota-se todas as dedadas.

Teclado e touchpad

Destes dois componentes podemos dizer que simplesmente fazem o seu trabalho. Não me deu uma sensação de conforto e resposta como o MacBook Pro me dá. Mas fazem o seu papel com eficácia. O teclado é retro-iluminado e tem todos os atalhos importante que se podem encontrar num portátil de topo. O touchpad é generoso e bastante sensível.

Mesmo sendo um 2 em 1 não abdica da impressão digital situada do lado direito do touchpad. Assim para entrarem no sistema basta pousarem o dedo, e devo dizer que este sensor é bastante preciso e rápido.

Áudio

Este portátil está pronto para se quiserem ver um filme ou ouvir uma musica com uma boa qualidade. Integra 2 colunas JBL com Dolby Audio Premium, que produzem um som bastante alto e envolvente. Foi mesmo uma das características que fiquei impressionado.

Interface (portas)

Neste aspecto podemos contar com uma porta USB 3.0 Type-C com saída de video, uma porta USB 2.0 Type-C para carregamento (apenas esta posta carrega o portátil), uma porta USB 3.0 com tecnologia Always-on Charging, esta tecnologia dá-nos a possibilidade de carregar outro dispositivo mesmo que o portátil esteja desligado, e ainda uma entrada de áudio Jack 3.5 mm.

Senti alguma falta de uma entrada HDMI ou de uma entrada para cartões (esta menos importante). Pois apesar de ser um 2 em 1 virado para a portabilidade, uma entrada HDMI pode dar jeito numa viagem de negócios para fazer uma apresentação. Mas nada que um adaptador não resolva, e até percebo não terem colocado mais portas.

Bateria

Sendo um portátil a pensar em portabilidade, a sua autonomia é muito importante. E podem ficar descansados que a bateria desempenha razoavelmente bem o seu papel. Apesar da Lenovo anunciar umas 10.5 horas em UHD e 15.5 horas em FHD. Eu penas consegui uma autonomia de 6 a 7 horas em UHD, com brilho pouco mais que meio, navegação no Chrome e alguns videos. O que faz dele um dispositivo capaz de aguentar um dia de trabalho regular. Mas o melhor é mesmo não abusarem, e se possível andarem com o carregador.

Não precisam de estar preocupados com a temperatura deste Lenovo. Pode aquecer um pouco quando ficamos a ver videos durante algum tempo (30 a 40 minutos), mas nada que seja desconfortável. Normalmente a sua temperatura anda nos 35º-40º, podendo chegar aos 67º em esforços mais complicados.

Não posso deixar passar um aspecto que não gostei. As ventoinhas fazem algum “ruído”, nada que não se suporte, mas vinha do silêncio do Mac. Isto passado poucos minutos de navegação na web.

Performance

Por último, mas não menos importante, vamos falar do desempenho deste poderoso Lenovo Yoga 910. Numa palavra podemos dizer que este 2 em 1 é competente no que faz.

No meu uso normal não tive nenhuma queixa em relação ao desempenho deste portátil. Foi sempre rápido e fluido a abrir e a fechar “aplicações”. Também nunca senti nenhum problema a navegar na web. Costumo ter uns 10 separadores abertos e a sua transição foi conseguida na perfeição. Mesmo quando se vira o ecrã e passamos para o “modo tablet”, a transição é feita com fluidez. Não posso dizer que é a máquina mais rápida que já vi, mas para o uso normal chega e sobra.

E porque uma pessoa também precisa de descontrair, ao jogar um pouco de league of legends não notei qualquer quebra. Mas atenção, nota-se que o dispositivo fica em esforço.

As especificações estão todas numa tabela mais abaixo.

portátil

Conclusão

Este é claramente um portátil a ter em conta para quem dá primazia à portabilidade. A meu ver podia ter algumas melhorias, para ficar mais completo. Mas a fluidez e a versatilidade deste 2 em 1 faz dele um ótimo companheiro de trabalho e lazer. Apesar de preferir outro sistema operativo, acho que o Yoga 910 com Windows 10 Home combinam perfeitamente. A possibilidade de o usarmos tanto como portátil como tablet aumenta muito as possibilidades de internação. Resta saber se estão dispostos a desembolsar cerca de 2000€ neste portátil.

2 em 1

Pros

  • Ecrã 4k de grande qualidade
  • Muito bem construido
  • Versátil, ou não fosse um 2 em 1
  • Autonomia razoável em UHD
  • Leve e fácil de transportar
  • Bom desempenho

Contras

  • Preço elevado
  • Ruído das ventoinhas
  • Moldura inferior demasiado grande
  • Posição da câmara
  • Podia ter uma entrada HDMI
  • A autonomia é boa, mas podia ser melhor

 

Lenovo Yoga 910

Performance
Processador2.7 GHz Intel Core i7 7500U
Memória RAM16 GB DDR4 2133MHz
ArmazenamentoSSD 512 PCIe
Sistema OperativoWindows 10 Home
Placa GráficaIntel HD Graphics 620
Câmara720p com microfone
Design
Ecrã13.9 polegadas UHD (3840 x 2160) IPS
Dimensões323 x 224 x 14.3 (mm)
Peso1.38 kg
Conectividade
WLANWi-Fi 802.11 ac
BluetoothBluetooth 4.1
Portas1 x USB 3.0 Type-C com saída de video
1 x USB 2.0 Type-C para carregamento
1 x USB 3.0 com tecnologia Always-on Charging
 Preço1899€ na Worten

 

Bem cedo comecei a interessar-me por computadores e telemóveis, pelas possibilidades que nos davam. Desde então gosto de toda a tecnologia e fico sempre curioso com a sua utilidade e de como funcionam.

1 Comentário

1 Comentário

  1. V.T.

    22 Fevereiro, 2018 at 15:09

    Cá está, para quem tem os produtos da Apple, pensa que tem tudo o que precisa e que tem o melhor do mercado, mas depois experimentam o que a concorrência tem para oferecer e começam a pensar duas vezes se a Apple valerá a pena. Eu já larguei a Apple há algum tempo e só posso dizer, porque não o fiz mais cedo?

Partilhe a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Publicidade

Mobile

Hardware

Publicidade

Entretenimento

Jogos

Auto


Copyright © 2018 Leak.pt Todos os direitos reservados