Inicio Reviews Review Coolpad Torino: quão completo pode ser um smartphone budget

Review Coolpad Torino: quão completo pode ser um smartphone budget

Anos atrás, a diferença entre um telemóvel topo de gama e um barato seria tão abismal que relegaria este último para o amadorismo e o mais básico das necessidades. As diferenças têm-se esbatido apreciavelmente, num mercado concorrencial, onde cada vez mais marcas transcendem os limites estabelecidos entre gamas de preço.

Mas poucos dispositivos conseguem fazê-lo de modo tão completo e sem compromissos sérios quanto o Coolpad Torino. Inquestionavelmente um dos smartphones mais agressivos no mercado actual, o elegante Torino tem poucas omissões importantes.

Principais características

O Coolpad Torino é um smartphone budget com um corpo predominantemente em plástico, dominado pelo ecrã HD de 5.5 polegadas, com vidro 2.5D.

O processamento fica a cargo de um Snapdragon 617 com oito núcleos Cortex-A53, a 1.0GHz e 1.36GHz, com 3GB de RAM e 16GB de memória interna expansível via microSD. A gráfica é uma Adreno 405.

Do lado das câmaras, temos uma combinação de 13MP na câmara principal, com foco por detecção de fases, flash LED duplo e abertura f/2.2, e uma câmara principal de 5MP com abertura f/2.2.

Encontramos ainda um sensor de impressões digitais na traseira e teclas capacitativas na frente. A bateria apresenta 2500mAh.

Design

O design do Coolpad Torino faz-se de bons pormenores como os apontamentos dourados em torno de câmara e leitor de impressões digitais.

Um dos pontos positivos do Coolpad Torino é mesmo o seu design de linhas fluídas, repletas de curvaturas sem quebras.

O seu look rotundo é definitivamente uma marca das suas aspirações orçamentais. Os segmentos mais caros, onde a miniaturização dos componentes se paga bem, podem dar-se ao luxo de linhas bem mais compactas. O Torino, por seu turno, é mais prático e, portanto, mais rechonchudo.

A fluidez das linhas das laterais, em tom dourado por contraste ao branco da traseira, resulta elegante, algo acentuado por pormenores como os frisos em torno do sensor de impressões digitais e câmara. Esta última encontra-se na linha central do dispositivo, a nossa favorita por ser menos propensa a ficar com dedos à sua frente.

Do lado do ecrã 2.5D, a Coolpad optou por teclas capacitativas fora do ecrã, libertando este para a interface propriamente dita. Mais uma boa opção, visto que as margens continuariam a lá estar e deste modo a Coolpad liberta espaço útil no ecrã.

A traseira é claramente de plástico, com as laterais a darem o toque extra com o metal dourado. Inquestionavelmente um design atraente, embora a combinação branco/dourado fuja um pouco à estética ocidental.

Este design funciona bem, e o dispositivo adapta-se muito bem à mão, embora seja algo grande para o tamanho de ecrã que possui. A superfície escorregadia e polida do Torino não permite muito desleixe na hora de segurarmos o telemóvel, por isso não convém facilitar, mas os botões acabam por estar todos ao alcance dos dedos e são fáceis de encontrar. A ergonomia, sem ser soberba, é bastante positiva. Preferiríamos que as teclas capacitativas tivessem luz de fundo, o que tornaria a sua utilização muito mais útil, mas é um compromisso aceitável.

Ecrã

O ecrã do Coolpad Torino é uma interessante unidade de 5.5 polegadas que peca pela sua resolução meramente HD, resolução que com estas dimensões pode começar a parecer limitada. No entanto, só os adeptos de multimédia em alta resolução poderão começar a apreciar onde o ecrã do Torino se torna insuficiente.

Numa utilização quotidiana, o ecrã tem excelentes cores e contrastes, e não verificamos realmente limitações quanto à resolução, com gráficos e letras com nitidez muito razoável. É o tipo de ecrã que vale cada tostão e ficaremos muito felizes se o tivermos ao nosso dispor.

Os ângulos de visualização mantêm-se com grande mérito, ainda que os brancos partam para o azulado com poucos graus de inclinação e os pretos não sejam tão profundos quanto os que encontraríamos num smartphone de gama superior. Mas a palavra-chave é mesmo “superior”. Dentro deste preço e categoria, o ecrã do Torino é dos melhores disponíveis no mercado, com uma qualidade difícil de imaginar por este preço há apenas pouco tempo.

No exterior, a luminosidade é suficiente para uma utilização confortável. É talvez o aspecto mais interessante de todo este capítulo, porque já experimentamos smartphones mais caros que não conseguiram aguentar tão bem o brilho do sol.

Software

A entrada no espaço privado acabado de criar.
A entrada no espaço privado acabado de criar.

Como dissemos, um problema com o Coolpad Torino é uma tradução nem sempre bem conseguida das apps e funções.

No entanto, na frente do software, o Torino traz uma CoolUI baseada no Android Lollipop 5.1.1 que impressiona a vários níveis.

Desde logo, temos o premiado Dual Space ou Espaço Privado. Trata-se de uma implementação de segurança que permite criar dois perfis isolados dentro do telemóvel e, como vimos no nosso tutorial, este espaço pode ficar verdadeiramente escondido de olhos curiosos. O isolamento significa que não só podemos separar trabalho e vida privada, como podemos armazenar dados sensíveis e protegê-los de infecções com vírus que comprometam o espaço principal.

Mas significa igualmente que podemos ter duas contas Facebook (ou outras) simultaneamente no telemóvel, activas ao mesmo tempo, bastando alternar entre espaços para rapidamente aceder a qualquer uma delas. A alternância entre os espaços demora apenas alguns segundos e vale bem a pena.

Outra app extremamente útil é o Cool Butler, um gestor de dispositivo muito completo que faz muito mais do que a usual gestão de apps e permissões. Podemos por exemplo gerir a bateria com permissões personalizadas que possibilitam a criação de uma performance intermédia entre a normal e a mais restritiva poupança.

O Coolpad Manager/Butler é das melhores apps que já vimos. O bloqueio de anúncios é muito eficaz.
O Coolpad Manager/Butler é das melhores apps que já vimos. O bloqueio de anúncios é muito eficaz.

O bloqueio de anúncios é, inquestionavelmente, um dos pontos mais interessantes do Cool Butler. O mais normal nas apps quotidianas são os anúncios, por vezes francamente intrusivos. O Cool Butler permite precisamente fazer um scan às apps instaladas, escolhendo aquelas onde queremos bloquear anúncios. É certo que muitos dos jogos poderão manter o local da banner no ecrã com um aviso de erro, mas não seremos incomodados com o que não queremos ver. Dificilmente encontraremos uma solução mais prática e eficaz.

Outras funcionalidades do Cool Butler incluem a optimização do telemóvel, ou a cópia de aplicações para o cartão SD, opção útil e interessante, tendo em conta que os 16GB de armazenamento interno podem tornar-se curtos em pouco tempo.

Uma app intitulada “limpar” faz precisamente isso: limpa num ápice as aplicações na memória. Ficam avisados, caso queiram preservar dados nas apps abertas.

Também não falta um gestor de ficheiros muito bem conseguido e completo, além de apps multimédia onde se destaca o leitor de vídeo com suporte para legendas.

Finalmente, há a destacar o gestor de impressões digitais. O Coolpad Torino é membro de um pequeno grupo de smartphones que possui uma app separada específica para gerir as impressões digitais. A ideia é excelente e permite-nos configurar diferentes impressões digitais para executar diferentes tarefas, desde o desbloqueio do ecrã, à alternância entre espaços, mas passando por exemplo pelo lançamento rápido de uma aplicação. Basta configurar uma impressão para abrir o Outlook e voilá: aberto num ápice.

Portanto, este capítulo é realmente um onde o Coolpad Torino se distingue da concorrência, mais habituada a uma experiência stock do Android, ou com poucas opções de valor acrescentado. A Coolpad merece aqui ter o seu mérito reconhecido por incluir apps como o Dual Space e o Cool Butler que, na nossa experiência, são aplicações de classe mundial e de grande eficácia. O modo como nos facilitam a vida e adequam o dispositivo às nossas necessidades é realmente louvável, e uma experiência usualmente reservada apenas aos melhores e mais caros smartphones no mercado.

Ponto menos positivo que a Coolpad tem procurado corrigir é a qualidade do Português. Fora os resquícios do Português do Brasil que não é um pecado, há realmente algumas traduções mal conseguidas que tiram alguns pontos da nossa experiência. Em determinados momentos foi mais fácil ler algumas das instruções em Inglês.

Performance

Numa palavra: excelente.

Para este preço, evidentemente. A verdade é que o Snapdragon 617 é um processador bastante sólido, mesmo que limitado a 1,36GHz. O segredo aqui é mesmo a disponibilidade de 3GB de RAM e da Adreno 405, a par com o ecrã 720p.

Jogos intensos e de gráficos evoluídos? O Coolpad Torino aguenta-os bem com apenas alguns travanços.
Jogos intensos e de gráficos evoluídos? O Coolpad Torino aguenta-os bem com apenas alguns travanços.

São especificações que se traduzem numa capacidade muito meritória para encaixar jogos pesados como N.O.V.A. ou World of Tanks. A jogabilidade é relativamente fluída, mas com soluços e solavancos óbvios quando muitos objectos entram no ecrã ao mesmo tempo nestes jogos mais exigentes. Apenas os gamers realmente aficionados poderão levar estas questões a mal, mas, para os utilizadores quotidianos, a jogabilidade é muito interessante e a capacidade para encaixar praticamente qualquer jogo que lhe atiremos à face é igualmente reconfortante.

Notório é que o dispositivo pode aquecer a sério durante sessões de jogos prolongadas, um sinal de que o Snapdragon está a ser mantido no rendimento máximo.

Quando passamos para o universo das apps “normais”, como Facebook, Twitter, calendários, email ou Word, as virtudes de termos oito núcleos com 3GB de RAM fazem-se notar. O sistema responde bem, e a RAM é suficiente para mantermos várias apps abertas sem perdas de dados. No geral, a performance é boa, com apenas algum atraso na alternância entre janelas, ou para iniciar uma aplicação. Francamente, é o tipo de questões que teremos mesmo de pagar várias dezenas de Euros extras para deixar de notar.

Pelo contrário, neste segmento de preço há que considerar a prestação do Torino como um sinal de quão bons os telemóveis abaixo de 300€ se tornaram. E esta performance é particularmente importante no Dual Space.

Como este espaço encripta o smartphone e todos os dados aí contidos, seria de esperar que consumisse mais recursos, o que deixaria smartphones menos capazes mais lentos. Trabalhar com as mesmas apps do espaço principal é, no entanto, fácil e eficaz, uma surpresa muito boa.

A capacidade do Coolpad Torino para trabalhar com este tipo de performance torna o dispositivo bastante interessante para utilizadores avançados que procuram puxar algo mais pelos dispositivos, tanto em termos de lazer, quanto em produtividade profissional, sem se sentirem frustrados por lentidão de resposta. Os 3GB de RAM são, sem dúvida, uma bênção.

A prestação positiva continua com o sensor de impressões digitais que liga o ecrã numa fracção de segundos e, embora possua lacunas claras quando os dedos estão húmidos, tem a inquestionável virtude de aceitar a inserção a impressão digital em qualquer ângulo.

Câmara

A app fotográfica do Coolpad Torino é agradavelmente completa para a sua gama.

O Coolpad Torino apresenta uma câmara de 13MP sem pontos de real destaque como estabilização óptica de imagem, mas possui, todavia, características muito sólidas, como o foco por detecção de fases.

Mais importante, a Coolpad foi bastante diligente na hora de dar a uma câmara algo banal uma excelente app fotográfica. Sim, os utilizadores são cada vez mais exigentes no capítulo das funcionalidades das câmaras móveis e nem sempre são ouvidos pelas marcas.

Mas uma das forças da Coolpad está mesmo no software e a app ao nosso dispor possui um modo manual bastante completo e relativamente fácil de utilizar.

É fundamentalmente fácil ajustar rapidamente a exposição, a saturação ou o equilíbrio dos -brancos, com as áreas sensíveis ao toque razoavelmente amplas para permitirem uma utilização confortável. Com isto, conseguimos realmente dominar a câmara para tirar fotografias com maior controlo criativo.

Se quisermos ir pelo caminho fácil, a Coolpad ainda oferece alguns modos de disparo pré-definidos, acessíveis a partir do menu de três pontos, como a capacidade para refocar a imagem ou o Pick Zoom.

Em termos de resolução, os 13MP saem-se bem, embora possam fraquejar perante olhos mais exigentes, principalmente tendo em conta a capacidade da câmara para focar a apenas alguns centímetros, onde mais 3MP teriam bastado para uma captura genial de detalhes.

As cores são fiéis e, embora com menos contraste do que alguns utilizadores poderão desejar, não têm vícios como tonalidades espúrias ou fringing notável. De facto, estamos perante uma das melhores câmaras que se pode encontrar num smartphone por este valor, entre a performance razoável e a amplitude das funcionalidades.

[carousel ids=”39033,39032,39031,39030,39029,39028,39027″]

Áudio

Não há muito a dizer neste campo. Temos apenas uma saída de altifalante na traseira, que se deixa abafar facilmente quando o dispositivo é pousado, e a qualidade mono é razoável para o preço, mas francamente baixa, o que se torna notável durante a visualização multimédia. O Torino parece fundamentalmente afónico, pelo que não esperem por os amigos a dançar com a música aos berros.

Nada a apontar à qualidade das chamadas que se revela bastante aceitável, sem ruído demasiado intrusivo ou dificuldade em percebermos a pessoa do outro lado ou sermos percebidos por ela.

Bateria

Com 2500mAh, a bateria do Coolpad Torino é relativamente generosa, uma vez que o processador não é o mais sedento do mercado. Bem utilizado, o Torino aguenta um dia, desde que mantenhamos o acesso à rede de dados relativamente controlado, mas se formos utilizadores intensivos, podemos dar por nós com a energia a acabar-se a seguir ao almoço.

A ajudar a prestação da bateria, o gestor da Coolpad incluído no Cool Buttler parece-nos bastante eficaz. Ele inclui um modo Ultra que desliga tudo menos o fundamental, e nos ganha várias horas de utilização no que é mais importante, mas a possibilidade de criarmos perfis específicos de utilização da bateria é ainda mais interessante.

Através desta opção podemos escolher quais as funcionalidades que desejamos cortar quando a bateria passa um determinado nível, e quais queremos preservar a qualquer custo. Por exemplo, podemos cortar a luminosidade ou o tempo que o ecrã permanece activo, mas forçar o acesso à rede de dados para estarmos disponíveis, caso chegue um email importante, ou uma mensagem.

Conclusão

Diga-se o que se disser dos concursos internacionais, o prémio de melhor smartphone budget para o júri dos prémios EISA parece-nos, neste momento, totalmente justificado: o Coolpad Torino reúne características que esperaríamos encontrar em smartphones substancialmente mais caros há apenas meio ano atrás e absolutamente raras ainda hoje em dia.

Por um lado, temos hardware bastante generoso, onde os 3GB de RAM se destacam bastante nesta gama de preço. Por outro temos um pacote de software bastante mais completo do que é a regra neste segmento. Se bem que as traduções continuem a deixar-nos com reservas, a quantidade de opções úteis ao nosso dispor através do Cool Buttler e do Dual Space é apanágio dos smartphones topo de gama de outras marcas. Neste segmento, praticamente ninguém oferece tanto em termos de aplicações úteis e funcionais quanto o Coolpad Torino.

O design elegante peca certamente um pouco pela escolha de materiais e cores, mas não há nada que possamos apontar ao Torino como falha importante. O dispositivo é tão completo que inclui mesmo um excelente leitor de impressões digitais, peça fundamental para quem presa a segurança e que torna o Dual Space praticamente inviolável: nenhum outro smartphone oferece este nível de segurança abaixo dos €400.

Existem faixas de preço onde não podemos exigir tudo, mas se nos contentarmos com quase tudo, o Coolpad Torino é um prodígio que consegue encontrar espaço em si para dar sempre algo mais do que aquilo que esperávamos.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

1 COMENTÁRIO

Leia também

Netflix! Operação de Resgate 2 já está oficializado! Quando chega?

Pelo que já sabemos, o filme terá o nome de Tayler Take: Operação de Resgate 2 cá em Portugal. Sendo que teremos uma vez...

Mais um jogo grátis na Epic Games Store! Desta vez é MudRunner!

Mais um dia e mais um jogo grátis disponível para todos os assinantes da Epic Games Store. Afinal de contas, depois de todos os...

Nokia 9.3 PureView afinal não vai chegar este ano!

A Nokia tem vindo a lançar novos smartphones. No entanto, o equipamento topo de gama que tanto esperávamos nunca chegou. É verdade que está...

Abram alas para as promoções Chinocas! (Banggood e GearBest)

Abram alas para as promoções Chinocas! - As lojas Chinesas online são cada vez mais parte da nossa vida, afinal, é possível meter a...

POCO M3: Abram alas para o rei da gama média a 122€!

A POCO revolucionou o mundo dos smartphones em 2018 com o lançamento do Pocophone F1. Afinal, na altura foi lançado com o Snapdragon 845...