Inicio Reviews Review BQ Aquaris U Plus, um utilitário com excelentes ideias

Review BQ Aquaris U Plus, um utilitário com excelentes ideias

Funcionais, estáveis e práticos: os BQ Aquarius são dos telemóveis mais funcionais do mercado, mas quando as séries E e M se baseiam já em tecnologia com dois anos, a renovação tem de ser arrojada e profunda.

É aqui que entra a nova gama Aquaris U. Da construção em metal ao processador, o BQ Aquaris U Plus é uma ruptura e uma continuidade ao mesmo tempo.

Continuidade porque mantém o espírito central da BQ na estabilidade e funcionalismo, mas ruptura porque ataca com um novo ethos estilístico. Será que funciona?

Características principais

BQ Aquaris U Plus
O BQ Aquaris U Plus é o mais barato BQ com leitor de impressões digitais.

O BQ Aquaris U Plus é o mais potente da nova gama Aquaris U, deixando o Aquaris U para servir de ponta de lança das funcionalidades básicas e ao Aquaris U Lite o papel de smartphone básico para os consumidores menos necessitados de equipamentos potentes.

No centro do BQ Aquaris U Plus encontra-se o processador Snapdragon 430, um octa-core de baixo rendimento que acaba de chegar ao mercado e traz consigo uma Adreno 505 de nova geração para melhorar o desempenho gráfico em dispositivos de especificações baixas. A frequência do processador vai até aos 1,4GHz, e conta com 2 ou 3GB de RAM, dependendo da opção pela versão com 16GB ou 32GB de armazenamento interno.

O armazenamento é expansível, o BQ Aquaris U Plus introduzindo uma ranhura mista que permite utilizar 2 cartões SIM ou um cartão SIM e um microSD aaté 256GB.

Do lado das câmaras temos uma unidade principal Samsung 3P3 com 16MP e capacidade para gravar ficheiros em formato RAW e uma frontal de 5MP, fabricada pela Omnivision.

Não podemos esquecer, obviamente, a chegada do leitor de impressões digitais e o Android Marshmallow a bordo. Apesar de parecer algo frugal, o BQ Aquaris U Plus inclui rádio, giroscópio e um modem LTE X6 que autoriza velocidades de download até 150Mbps.

Do lado das grandes omissões, a BQ optou por não incluir a tecnologia NFC, de difícil integração com o exterior em metal.

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 430 @1,4GHz
  • Gráfica: Adreno 505
  • Memória: 2/3GB de RAM e 16/32GB de armazenamento
  • Ecrã: LCD 5 polegadas HD
  • Câmara principal: 16MP, abertura f/2.0, foco por detecção de fases, flash LED, vídeo FHD
  • Câmara frontal: 5MP, abertura f/2.4, vídeo Full HD
  • Bateria: 3080mAh
  • Leitor de impressões digitais: sim
  • Memória expansível: sim
  • Dual SIM: sim
  • Rádio: sim

Na caixa

As embalagens da BQ continuam a ser das mais cativantes do mercado, com uma estética muito própria e iconografia reconhecível.

Mas não há grandes extras. Como a marca explica, os custos associados a incluir auscultadores ou carregadores podem ser melhor utilizados noutros aspectos práticos. Assim, esta é também a mais pequena embalagem da marca, que reforça o seu compromisso com o combate ao desperdício.

A BQ foi suficientemente atenciosa para incluir um cabo USB, embora gostássemos de ver algum investimento futuro em pacotes mais premium, por exemplo com um interessante par de auscultadores.

Design, construção e ergonomia

BQ Aquaris U Plus
O BQ Aquaris U Plus traz a BQ para as tendências de design mais modernas.

A grande mudança do Aquaris U Plus face aos seus antecessores é a construção inteiramente em metal, ou quase: dois recortes no topo e na base são visivelmente em plástico para acomodar as antenas do terminal. A nível tonal, estas peças distinguem-se talvez demasiado das porções em metal.

O resto é, apreciavelmente em metal, o que permite criar um dispositivo de linhas sensíveis e simples, relativamente compacto. De facto, o BQ Aquaris U Plus é marginalmente maior que dispositivos como o Huawei Nova, mas este último é um terminal excepcional do ponto de vista do design, e substancialmente mais oneroso.

A traseira é dominada pelo módulo fotográfico e pelo leitor de impressões digitais, enquanto à frente o ecrã de rebordos negros confere ao dispositivo um look mais expansivo. As margens, essas, são relativamente contidas para o segmento e um dos aspectos mais positivos do Aquaris U Plus.

O altifalante passou da base para a traseira onde um pequeno alto impede o som de abafar quando o dispositivo está pousado. Excelente atenção aos pormenores práticos, mais uma vez.

Um ponto interessante é que jack áudio e micro USB encontram-se ambos no topo do dispositivo. É uma opção anormal, mas que dá frutos quando precisamos utilizar o terminal ligado à corrente na cama ou no sofá.

A ergonomia do BQ Aquaris U Plus é bastante interessante, em boa parte ao metal predominante na construção e que confere uma boa aderência ao terminal, enquanto a curvatura dos limites acrescenta ao conforto.

Pela posição dos botões físicos e do leitor de impressões digitais, o BQ Aquaris U Plus é, ademais, fácil de utilizar, com rodas as opções ao alcance do polegar e indicador.

No todo, o BQ Aquaris U Plus tem uma estética moderna, que relembra algumas das criações da Xiaomi e UMi lançadas nos últimos meses. No mínimo, é um sinal claro que a BQ está em sintonia com as mais recentes tendências estéticas.

Software

BQ Aquaris U Plus
O ecrã ambiente para notificações é uma excelente ideia.

Neste ponto não há muito a desenvolver. Temos o Android Marshmallow praticamente de fábrica, com poucas mas excelentes alterações. Antes de passarmos a elas, há a reter que há já a promessa de update para o Nougat.

Portanto, tal como destacamos já nas primeiras impressões, a BQ conseguiu integrar uma espécie de always on, um ecrã com luz ambiente monocromática que se activa infalivelmente quando recebemos notificações ou agarramos o terminal. Nível de bateria e relógio também são mostrados neste ecrã.

O sistema funciona bem e permite poupar bateria e processador com as notificações, além de não ser tão intrusivo quanto um always on sempre ligado.

Também a destacar é a configuração da luz de notificações em cores diferentes para apps diferentes e a possibilidade de a desligarmos durante o carregamento. Afinal, durante a noite, a pequena luz pode tornar-se mais incomodativa que um farol. A opção é tão útil, que é praticamente imperdoável que outras marcas lhe passem completamente ao lado, não importa qual a gama de preço.

Mas a BQ soube ainda tirar grande partido das funcionalidades do Android Marshmallow, autorizando o reinicio programado do terminal, sempre útil quando temos um período específico em que não utilizaremos o dispositivo e pensemos em poupar bateria ou instalar actualizações.

Contamos igualmente com o bem-vindo toque duplo para acordar o dispositivo, mas pressionar demoradamente as definições rápidas não permite aceder às definições profundas, o que não deixa de ser peculiar.

Atendendo a quão recente o dispositivo é no mercado, parece vir com alguns bugs menores. Por exemplo, fotografado um HDR, por vezes o acesso à galeria a partir da câmara mostrava-o sempre sobre as outras, e nem sempre conseguimos mudar de app quando desbloqueamos o dispositivo.

Performance

Em virtude da UI quase de fábrica, o sistema é realmente rápido e fluído de um modo que era impensável para um dispositivo nesta gama de preço apenas pouco tempo atrás.

Com os 2GB de RAM, estamos à vontade para utilizar apps mais pesadas e apostar mesmo em jogos relativamente exigentes. O carregamento destes últimos pode ser particularmente longo e entediante, mas uma vez dentro dos níveis o framerate é bastante razoável, com apenas ligeiros indícios de soluços.

A fluidez da jogabilidade é penalizada, mas apenas os jogos que requerem controles mais refinados podem tornar-se menos cómodos.

O Snapdragon 430 está certamente em casa e a utilização casual do dispositivo é excelente. O leitor de impressões digitais revela-se uma excelente surpresa, com desbloqueio rápido do terminal e só falha quando temos os dedos algo húmidos.

Também não aceita leituras em qualquer posição, mas permite gravar até 5 impressões digitais. É uma pena mas, nesta gama de preço, o comportamento do sensor não é nada menos que fantástico.

Ecrã

O ecrã é um ponto onde a BQ poupou para manter o dispositivo económico, apesar da construção em metal, e se querem apostar em óculos VR, o BQ Aquaris M5 ainda é uma opção válida, graças ao seu ecrã FHD.

BQ Aquaris U Plus
Gostamos das teclas capacitativas que libertam o ecrã. Melhor, só se fossem iluminadas.

Mas voltemos ao Aquaris U Plus. Não obstante a carência em termos de resolução, as 5 polegadas de ecrã prestam-se bem a mostrar conteúdos com resolução mais do que suficiente para utilização quotidiana. O ecrã mostra boas cores e contrastes razoáveis, mas padece de negros muito pouco expressivos, com as porções supostamente pretas do ecrã a mostrarem uma luminescência bastante óbvia que se acentua apreciavelmente com a variação de ângulos de visão. Os ângulos a acima ou abaixo do ecrã transformam estas partes negras do ecrã em azuis médios que não farão maravilhas pela visualização de multimédia.

Quando o ecrã ambiente se activa com notificações, este brilho azul será ainda mais óbvio, mas como na maioria das vezes será activado durante o dia e com condições de grande luminosidade, não se torna incomodativo, certamente não o suficiente para tirar mérito ao ecrã ambiente.

No entanto, numa utilização normal as qualidades do ecrã foram mais do que suficientes para uma utilização muito confortável, ainda mais com a capacidade de emissão de 400 nits que se mostram suficientes para a utilização exterior sem incorrermos em dificuldades.

Som

O som do altifalante do BQ Aquaris U Plus é o seu ponto menos positivo. Apesar da boa ideia de lhe acrescentar a patilha para que não se abafe quando pousado, o altifalante produz um som perfeitamente indistinto, pouco claro e – acima de tudo – muito baixo. O volume simplesmente não está lá, e falta profundidade aos graves. A grande vantagem aqui será a possibilidade de ouvir rádio em alta voz

Via jack, o som é razoável. O Aquaris U Plus perdeu, infelizmente, a tecnologia Dolby de alguns dos seus antecessores.

Quanto à telefonia, nada de particular a apontar: as chamadas são claras e bem discerníveis.

Câmara fotográfica

BQ Aquaris U Plus
O modo HDR+ do Aquaris U Plus é extremamente eficaz.

A câmara fotográfica é dos pontos mais triunfantes do BQ Aquaris U Plus, graças a uma nova interface muito intuitiva e com modo manual fácil de utilizar, e um modo HDR+ com uma qualidade excepcional.

Não exageramos se dissermos que o HDR+ consegue lidar com cenas de elevado contraste de modo muito meritório, face à dispositivos bem mais onerosos. Geralmente os verdes ficam berrantes, ou as auréola são brutais, mas aqui notamos apenas margens extremamente agressivas nas arestas de grande contraste, problema transversal a outros dispositivos.

Voltando à interface, o deslize lateral sobre o ecrã autoriza a alternância entre modos de disparo e o modo manual permite inclusivamente a alteração do topo de fotometria para podermos medir a exposição em objectos específicos. É um pormenor muito raro de encontrar em smartphones, por isso ponto extra para a BQ.

Os sliders em si mesmos têm excelente resposta e área de sensibilidade, além de um ponto de fácil acesso para voltarmos ao automático de cada parâmetro.

A cereja no topo do bolo será mesmo a previsão em tempo real no ecrã. Excelente toque, embora por vezes pareça ir algo ao lado. No entanto, a interface permite uma grande fluidez das alterações em ecrã que se adapta com o movimento do slider.

Portanto, em HDR+ o BQ Aquaris U Plus deu dos melhores resultados que alguma vez obtivemos num smartphone, com excelentes contrastes, gama tonal e uma apreciável capacidade para nivelar as diversas exposições. O sistema funciona igualmente de modo rápido, o que minimiza o desfocado de movimento. Apenas será necessário ter cuidado com o surgimento de auras em torno dos objectos.

BQ Aquaris U Plus
A nova app fotográfica da BQ é eficaz e intuitiva.

Quanto às imagens normais, verificamos resultados equilibrados e bem detalhados, embora com arestas bastante pronunciadas nas zonas de maior contraste. Nos cantos, assistimos a desfoque pronunciado e distorção das formas, algo bastante comum em câmaras de telemóvel, com elevado ângulo de visão. Pormenores mais finos como ervas e folhagem tendem a perder-se numa amálgama pastosa, problema menos notório no caso dos ficheiros RAW que permitem correções pronunciadas à retenção de detalhes.

Com o decréscimo da luminosidade a qualidade decresce, mas não de modo tão acentuado quanto noutros terminais. Este não é o seu ponto forte e convém estarmos conscientes disso.

[carousel ids=”39920,39919,39897,39896,39921,39922″]

Bateria

Temos ao nosso dispor 3080mAh de bateria e, levando em conta o hardware do Aquaris U Plus, a capacidade de bateria pareceu-nos extremamente generosa desde o início. Não nos enganamos.

Em standby, o terminal manteve-se ligado dias a fio e, com utilização regular aguentou uma jornada de trabalho. A nossa utilização típica inclui rede Wi-Fi, 4G, uma ou duas horas em chamada telefónica, redes sociais, composição de artigos para a Leak e diversas horas de música durante o trabalho. O Aquaris mostrou, neste tampo, ser o tipo de telemóvel que nos acompanhará ao longo do dia na maioria das situações, justificando talvez a confiança na marca em apostar numa bateria algo mais potente, em detrimento do carregamento rápido.

Conclusão

O BQ Aquaris U Plus é um dispositivo que revela alguns compromissos para manter um preço atraente, mas acima de tudo surge como um dispositivo prático e utilitário que, apesar de algumas omissões maiores, possui todo o que é fundamental para uma utilização quotidiana.

Do ponto de vista do hardware puro em que muitos se concentrarão, o BQ Aquaris U Plus não se distingue particularmente de uma concorrência demasiado cerrada para deixar espaço de manobra a qualquer marca. Os consumidores mais astutos perceberão, no entanto, que a BQ utilizou os poucos graus de liberdade de que dispunha para acrescentar pormenores ao nível do software que não encontraremos em terminais substancialmente mais caros, e que justificam totalmente a sua presença.

Falamos de ideias excelentes como o ecrã ambiente ou a programação intuitiva da luz de notificações, ou ainda a impecável app fotográfica que gera das melhores experiências fotográficas que podemos encontrar nesta gama de preço. O hardware por baixo disto tudo, não sendo distinto, é pelo menos equilibrado e bastante capaz, surpreendendo pela positiva, mostrando-se capaz de aguentar com mérito uma utilização intensiva.

O grande argumento do BQ Aquaris U Plus é ser um dispositivo muito cuidado e com grande atenção aos pequenos detalhes, e este é um campeonato onde a BQ joga em casa. Poucas marcas poderão rivalizar com a sua capacidade de criar dispositivos de gama baixa tão bem pensados e focados nas pequenas necessidades dos utilizadores. O BQ Aquaris U Plus parece ter sido feito para nós e essa é uma sensação que não temos com qualquer dispositivo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Xiaomi prepara Mi 10T Lite e já sabemos a capacidade da bateria!

A Xiaomi deve apresentar em breve os smartphones Mi 10T e Mi 10T Pro. Aparentemente, o Xiaomi Mi 10T Lite deve-se juntar mais tarde....

iPhone 12 Pro: conheça as novas opções de cor!

Os smartphones vermelhos no mundo da Apple não são nada de novo. Já os vimos no iPhone XR, no iPhone 11 e até no...

AMD Ryzen 5900X: 12c/24t para meter a Intel no bolso?

Como dissemos nos últimos dias, tudo indica que a AMD irá apostar numa gama de novos processadores denominada de Ryzen 5000. Ou seja, a...

Intel ou AMD: Qual é o melhor CPU para as novas RTX 30?

Com a chegada das novas placas gráficas, temos muito boa gente a pensar fazer um upgrade sério ao seu PC, ou quem sabe, montar...

(Oops) A RTX 3090 de 1500€ é apenas 10% mais rápida!?

Ao que tudo indica, já temos os primeiros leaks acerca da performance no mundo real da nova topo de gama RTX 3090. E pelos...