Reparar o Galaxy S21 pode ser uma surpresa! Adivinha porquê?

Se está ansioso por deitar a mão ao Galaxy S21 há algumas coisas que tem de saber. Por exemplo, se é fácil de reparar. É que os acidentes acontecem e quando menos esperamos lá vai o nosso smartphone ao chão. Ora a equipa do iFixit resolveu abrir este equipamento para tentar responder a esta questão. Será que o novo Galaxy S21 é fácil de reparar? À partida parece que sim, mas…

Reparar o Galaxy S21 pode ser uma surpresa! Adivinha porquê?

Tendo em conta que o painel traseiro do Galaxy S21 é de plástico, seria de pensar que pelo menos é mais fácil abrir. O vidro é complicado porque normalmente parte-se. Mas afinal o plástico não ajuda muito!

Na verdade, não é difícil abrir o Galaxy S21. No interior, tudo é mantido pelos parafusos normais. Entretanto os componentes estão ligados uns aos outros de forma a que podem ser facilmente desligados. Uma placa pequena com uma saída USB-C e uma ranhura de cartão SIM têm direito a honras especiais. Se a porta estiver danificada, pode ser facilmente substituída. Para além disso torna-se mais barato.

A bateria está bem colada, por isso tem de trabalhar arduamente para a remover. Mas o ecrã é pior – é frágil. Especificamente, no caso do iFixit, o ecrã partiu durante a extração. Portanto, o resultado final é de apenas 4 pontos para a manutenção. Os especialistas explicam isto pelo facto de a bateria e o ecrã serem os componentes mais frequentemente substituídos de um smartphone, e neste caso, não será fácil com nenhum dos dois.

Já que falamos da nova gama Galaxy, na maioria das vezes apontámos o dedo às versões europeias dos topos-de-gama da Samsung. Isto porque vinham com processadores Exynos que eram claramente inferiores aos chipsets da Qualcomm que podiam ser encontradas nas versões americanas. No entanto, desta vez tudo mudou. Assim, comprar a versão europeia do Galaxy S21 Ultra é realmente uma boa ideia. Tudo porque o Exynos 2100 que tem no interior foi capaz de bater a versão Qualcomm em termos de autonomia da bateria. E todos sabemos como isto é um fator importante na compra de um smartphone.

Pode ler mais sobre isto aqui.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

pub