Reparar o Galaxy S10: dor de cabeça ou mais fácil que no S9?

O Samsung Galaxy S10 tem feito o mercado mexer. De facto, as muitas características e também o design, têm vindo a conquistar rapidamente os utilizadores. Mas quando compramos um smartphone há mais questões a ter em conta para além dos fatores iniciais como o desempenho ou as câmaras. Se avariar ou cair ao chão, será que podemos reparar o Galaxy S10 em casa? Pelo menos para quem tem jeito para isso?

Será que é fácil reparar o Galaxy S10?

Quem pode responder a esta questão da melhor forma são os especialistas do site iFixit. Atenção porque a resposta pode não ser muito boa para quem gosta de arranjar os seus próprios equipamentos.

Se o S9 já era um pesadelo no que diz respeito a reparações, reparar o Galaxy S10 é ainda pior.

Mesmo que tenha todas as ferramentas e know-how técnico do mundo, o inovador leitor de impressões digitais ultra-sónico no ecrã não vai sair. Assim terá que mudar todo o ecrã.

Reparar o Galaxy S10

Dito de outro modo, reparar o sensor de impressões digitais do S10 vai ser extremamente caro.

Para além disso terá uma dificuldade adicional. É que o ecrã do S10 está tão bem preso que não vai ser fácil retirá-lo. O autocolante que o liga ao chassis é muito resistente.

Entretanto, esta não é a única grande fraqueza do Galaxy S10.

A porta USB-C no S10 e na versão de baixo custo não é tão facilmente substituível como acontecia nos topos-de-gama anteriores da Samsung.

Reparar o Galaxy S10

Igualmente difícil de substituir é a bateria. Isto diminui a pontuação no que diz respeito a reparar o Galaxy S10. 

Tudo somado, o Galaxy S10 e S10e receberam uma classificação de 3 pontos numa escala de reparabilidade de 10. Isto é um ponto abaixo do Galaxy S9 e três pontos atrás do iPhone XS e XS Max.

Reparar o Galaxy S10

No entanto, a reparabilidade vale o que vale.

É normal que um smartphone topo-de-gama seja difícil de reparar. Especialmente quando tem diversas tecnologias inovadoras.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Microsoft Surface Duo: o smartphone que não faz falta no mercado

A Microsoft anunciou o primeiro smartphone dobrável em Outubro de 2019. No entanto ele só chegou às lojas quase um ano depois. Não se...

YouTube: finalmente já é possível descarregar vídeos no PC!

No Android e no iOS, o YouTube Premium permite armazenar conteúdos para serem visualizados offline. Entretanto a possibilidade de descarregar vídeos do YouTube está...

Windows 11: Microsoft acaba de deixar os utilizadores em pânico!

Há coisas que são difíceis de compreender. Como referimos outro dia na Leak, a Microsoft lançou uma nova versão do PC Health Check Tool....

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!