Redmi Note 6 Pro pode prejudicar as vendas do Mi A2. Já em pré-reserva!

Primeiro foi o Pocophone. Agora há um novo Xiaomi a dominar as notícias. Responde pelo nome Redmi Note 6 Pro e veio substituir o Redmi Note 5 Pro. Será que vai estar à altura? Uma coisa é certa. Pode roubar o palco ao Mi 8 Youth uma vez que serão lançados na mesma altura.

Esta manhã chegaram imagens fresquinhas deste equipamento à Internet que revelaram ainda especificações. A propósito deste equipamento, o site Gizmochina afirma ter fontes internas que revelam que este equipamento já foi enviado para as lojas de modo a fazer-se stock. Pode ser aliás esta a explicação para as imagens terem chegado à Internet.

Vamos agora à parte mais interessante, ou seja, as especificações.

O Redmi Note 6 Pro vem com um ecrã de 6,26 polegadas. Disponibiliza uma proporção de 19:9, o que significa que tem uma monocelha. A folha de especificações revela que o ecrã possui uma resolução Full HD+.

À partida este telemóvel vai estar disponível em duas variantes – 3GB de RAM + 32GB de capacidade de armazenamento ou 4GB de RAM + 64GB.

A nova aposta da Xiaomi pode afetar as vendas do Mi A2

Importa salientar que se o Redmi Note 6 Pro vier com o mesmo chipset do Mi A2 / Mi 6X, isto pode afetar significativamente as vendas deste último visto que o Redmi Note 6 Pro tem uma bateria maior e uma saída de áudio de 3,5 mm.

Para além de ter um ecrã maior do que o antecessor, o Redmi Note 6 Pro também vem com câmeras duplas de ambos os lados – 12MP + 5MP na parte traseira e 20MP + 2MP na parte frontal e dentro da monocelha.

Mantém a mesma capacidade da bateria de 4000mAh e porta MicroUSB. Destaca-se ainda o slot híbrido dual SIM (apenas nano).

A folha de especificações também menciona que o telefone virá em dourado, preto, rosa dourado, vermelho e azul. No entanto, não se sabe se todas estas cores estarão disponíveis na altura do lançamento.

Entretanto este dispositivo já foi visto em pré-reserva numa loja chinesa por 199 dólares, algo como, 170 Euros.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário