Redes sociais cada vez mais utilizadas enquanto vemos TV

Os resultados do estudo anual do ConsumerLab da Ericsson apresentados no “TV & Video Consumer Trend Report 2012” (Relatório de Tendências de Consumo de Televisão & Vídeo 2012) revelam que a televisão social está a tornar-se num fenómeno de mercado.

62% dos consumidores utilizam as redes sociais enquanto vêem televisão semanalmente, um aumento de 18 pontos percentuais num ano. Em termos de género, 66% das mulheres têm este comportamento, em comparação com 58% dos homens. 25% dos consumidores utilizam as redes sociais para debater os programas de televisão que vêem e enquanto estão a vê-los.

Niklas Rönnblom, Ericsson ConsumerLab Senior Advisor, refere: “Os dispositivos móveis são uma parte importante na experiência de televisão, uma vez que 67% dos consumidores usam smartphones, tablets ou laptops para ver TV e vídeo. Além disso, 60% dos consumidores afirma utilizar serviços on-demand com regularidade semanal. Ver televisão em movimento é uma tendência que ganha cada vez mais popularidade, e 50% do tempo despendido a ver televisão e vídeo no smartphone é feito fora de casa, onde a conectividade através de banda larga móvel está a facilitar este aumento”.

Embora os comportamentos e a procura estejam a mudar, apenas 7% dos consumidores consideram reduzir as suas subscrições de TV no futuro. De facto, os consumidores não pensam em cortar custos e preferem pagar mais para ter uma experiência de visualização melhorada: 41% dos consumidores afirmam estar dispostos a pagar por conteúdos de TV e vídeo em HD.

Mais de metade dos consumidores quer ter a possibilidade de escolher os seus próprios conteúdos de TV e vídeo. Rönnblom explica: ”Com o aumento do número de ecrãs e de serviços, os consumidores esperam avidamente por um serviço agregado e de fácil utilização, que possa oferecer tudo junto. Um serviço que permita aos consumidores combinar TV linear e on-demand, incluindo conteúdos em directo, facilidade na descoberta de conteúdos, tirar proveito do valor da televisão social e possibilitar acesso contínuo através dos diferentes dispositivos”.

Os dados foram recolhidos no Brasil, Chile, China, Alemanha, Itália, México, Coreia do Sul, Espanha, Suécia, Taiwan, Reino Unido e Estados Unidos da América. Ao todo, foram realizadas 14 entrevistas qualitativas e 12.000 entrevistas quantitativas online, representando mais de 460 milhões de consumidores.

Pode aceder ao Relatório completo de Tendências de Consumo de Televisão & Vídeo 2012 em:

http://www.ericsson.com/res/docs/2012/consumerlab/tv_video_consumerlab_report.pdf

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também