Redmagic 7 Pro Review: Tudo do bom e do melhor (729€)

Red Magic 7 Pro Review : Quer um smartphone super topo de gama, mas não quer gastar mais de 1000€? Bem, nada melhor que olhar para o novíssimo smartphone da Nubia! Um smartphone que traz para cima da mesa muitas das características técnicas que deseja num aparelho topo de gama, a uma fração do preço. Ao fim ao cabo, a versão de 12GB de RAM começa nos 629€, enquanto a versão com 16GB está disponível por 729€.

Se pensarmos bem no assunto, a este preço, no lado da Xiaomi, que sempre foi uma fabricante focada na qualidade/preço, apenas vai conseguir meter as mãos num Xiaomi 12X, um aparelho baseado num SoC Snapdragon 870, e com apenas 8GB de memória RAM. Ou seja, um aparelho que é muito mais gama média, do que aquilo que é topo de gama.

Vamos por partes? Para perceber o que se ganha, e o que se perde, num smartphone topo de gama de 600€?

Redmagic 7 Pro: Tudo do bom e do melhor (Pode comprar aqui por 629€)

Redmagic 7 Pro

Portanto, não é novidade para ninguém, que nesta altura do campeonato, se quiser um smartphone topo de gama de uma das marcas mais conceituadas, como é o exemplo do Galaxy S22 Ultra, do Find X5 Pro, ou do Xiaomi 12 Pro, vai ter muito provavelmente de vender um rim no mercado negro, visto que todos eles estão disponíveis, no seu modelo base, acima dos 1000€.

Mas calma! Existem alternativas!

Ao fim ao cabo, o Redmagic 7 Pro vem equipado com um Snapdragon 8 Gen1, por sua vez acompanhado por um sistema de refrigeração super poderoso (a ventoinha física está de volta!).

Dito isto, mesmo apesar do preço amigável, ao mesmo tempo, temos uma qualidade de construção incrível, uma tecnologia de carregamento rápido brutal, e como se isto não fosse suficiente, temos aquilo que é um dos primeiros ecrãs realmente infinitos do mercado. Sim, a câmera frontal está escondida debaixo do ecrã! (Como pode ver na imagem em baixo).

Redmagic 7 Pro

Obviamente que estamos a falar de um smartphone mais focado nos jogos, com um design mais pensado para esse mesmo mercado.

No entanto, se realmente quiser um aparelho poderoso, com muita RAM, e muito armazenamento à mistura, não tem mesmo nada a perder em dar uma vista de olhos ao que temos aqui em mãos. Vale a pena?

Especificações técnicas

Redmagic 7 Pro

Antes de mais nada, é preciso salientar que existem duas versões do Redmagic 7, uma Pro e uma normal, ambas poderosas, mas com algumas diferenças entre si, onde a mais notória passa mesmo pelo ecrã.

Entretanto, como já deve ter percebido, nesta pequena review, vamos falar do modelo ‘Pro’, que ao contrário do modelo mais barato, traz um ecrã OLED realmente infinito, com a câmera frontal escondida. Mas as coisas boas não ficam por aqui.

  • Processador: Snapdragon 8 Gen1 (com ajuda do chip gaming Red Core 1)
  • Ecrã: FHD + AMOLED, 120Hz, 6.8”, 20:9, 1080×2400,  960Hz de resposta ao toque
  • Bateria: 5000mAh com suporte a carregamento rápido de 65W.
  • Dimensões: 166.27 x 77.1 x 9.98mm
  • Peso: 235g
  • Câmeras: 64MP + 8MP+ 2MP // Frontal (escondida debaixo do ecrã): 16MP
  • Memória e Armazenamento: 16GB RAM + 256GB / 16GB RAM + 512GB
  • Iluminação RGB

Review de 2 minutos

Assim que tiramos o Redmagic 7 Pro da caixa, ficamos imediatamente a pensar “Wow… Que besta!”. O aparelho transpira qualidade de construção, graças ao uso de alumínio e vidro. Sente-se também extremamente robusto, apesar de um pouco pesado na mão (235g).

Mas mais importante que tudo isto, ao contrário do passado, em que os smartphones focados nos jogos contavam com um ecrã com alguma margem, para evitar toques acidentais. O Redmagic 7 Pro chega ao mercado com um design de ecrã extremamente parecido ao que podemos encontrar nas gamas mais altas do mercado. Só falta mesmo a curvatura no ecrã OLED, o que claro está, num ambiente de gaming, seria um pouco contra produtivo.

Além disso, temos de falar muito sobre este ponto… É um aparelho que aposta numa tecnologia ainda rara no mundo dos smartphones! Ao fim ao cabo, temos aqui um dos únicos aparelhos em que a câmera frontal fica debaixo do ecrã OLED do aparelho.

Redmagic 7 Pro O que claro está, faz todo o sentido num smartphone ‘gamer’! Especialmente porque ao contrário do que tivemos a oportunidade de ver noutros aparelhos, como foi o caso do Z Fold 3, nesta implementação, ao olhar para o ecrã, é mesmo muito difícil perceber que existe ali um sensor.

Em suma, mesmo que isso signifique selfies de baixa qualidade… Quer, ou não quer, a totalidade do ecrã disponível, para matar uns quantos noobs no CoD Mobile?

Experiência de utilização

O modelo Pro vem equipado com uma bateria de 5000mAh, ou seja, mais 500mAh relativamente ao modelo dito normal. Além disto, temos um ecrã GaN de 65W incluído na caixa. (Sim, temos um carregador de grande qualidade na caixa, num aparelho que custa quase metade relativamente ao S22 Ultra da Samsung.)

5000mAh é pouco para um aparelho focado nos jogos? Na minha experiência, não! O aparelho não se esforço minimamente para executar até os jogos mais poderosos do mercado, o que claro está, muito se deve ao sistema de refrigeração implementado pela Nubia, com uma grande ajuda de uma ventoinha física, que se liga, assim que o smartphone entra em ‘Modo de Jogo’.

Entretanto, enquanto no modelo ‘normal’, temos um ecrã de 165Hz, no ‘Pro’, temos um painel ‘apenas’ capaz de chegar aos 120Hz. Isto é negativo? Sinceramente, na minha experiência, no mundo dos smartphones gaming, é extremamente difícil encontrar diferenças entre os 120Hz e os 165Hz.

Por isso, acho que a marca tomou a melhor decisão, ao preferir uma maior qualidade de imagem, e uma melhor resposta ao toque (960Hz), num ecrã também ele maior, de 6.8”.

Por falar no ecrã, temos um painel AMOLED com DC Dimming, capaz de oferecer 16 milhões de cores. A resolução fica pelo FHD+, mas verdade seja dita… Quer tenha um S22 Ultra, ou um Find X5 Pro, nunca irá usar a resolução QHD+.

Por isso… A resolução interessa assim tanto?

Já no campo do software, temos acesso à RedMagic OS 5.0, ou seja, uma Skin baseado no Android 12, que por sua vez traz o clássico RedMagic Game Space.

Um pequeno espaço, dentro do sistema operativo do aparelho, onde poderá controlar tudo e mais alguma coisa, quando o assunto é jogos. Assim, aqui pode ter acesso a dados como a temperatura, os FPS, etc… Ou ter acesso rápido a ferramentas de gravação de ecrã, para partilhar a sua skill com o mundo.

No entanto, como nem tudo pode ser bom, e é normal nos smartphones Redmagic, continuamos a ter problemas de traduções no menu, sendo também inegável que temos uma experiência Android muito crua.

Pessoalmente, não me importo de ter um Sistema Operativo mais básico, e mais focado na performance. Mas se por acaso está habituado às ROMs da Samsung, Oppo, Xiaomi, etc… É provável que fique com saudades de alguns detalhes mais ‘user friendly’.

Câmeras

Redmagic 7 Pro

Normalmente, é aqui que a porca torce o rabo. Obviamente que não vai ter a performance fotográfica de um tradicional topo de gama do mundo Android. Mas honestamente, também não vai ficar mal servido.

O único ponto negativo nesta categoria, é mesmo a câmera frontal. Sim, ter o sensor escondido debaixo do ecrã é brutal. Mas… Tirar uma foto, e parecer que besuntei a cara com manteiga, é obviamente menos brutal. É uma escolha!

Quer um ecrã infinito? De forma a aumentar a imersão em jogo? Então, vai ter de se contentar com uma câmera mais fraca.

Entretanto, deixo alguns exemplos da capacidade fotográfica do aparelho em baixo:

Conclusão

Para tirar uma conclusão, é preciso perceber o que é o Redmagic 7 Pro.

Pois bem, é um smartphone super topo de gama, com acesso a algumas das tecnologias mais impressionantes do mercado, a um preço relativamente mais baixo.

Se vale a pena? É uma pergunta simples, mas de resposta difícil. Pessoalmente, gosto muito do smartphone. Mas para o meu dia-a-dia, iria sempre escolher um aparelho mais tradicional, e mais leve, como é o caso do S22 Ultra, que tem sido o meu daily-driver em 2022. Mas lá está, a este preço, qual é o rival? O Xiaomi 12X? Um qualquer Poco desta vida? Hmm…

Dito tudo isto, na minha opinião, se valoriza a performance acima de tudo, e não se importa de andar com um aparelho mais grosso, um pouco mais pesado, e um pouco mais limitado nas fotos, especialmente nas selfies, então sim, tem aqui o aparelho indicado para si.

No entanto, se prefere os designs mais apelativos da Samsung, Oppo, Xiaomi, etc… e dá muito valor à performance fotográfica, talvez seja boa ideia optar por um outro aparelho mais tradicional.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.