MX Master 3

A Logitech é uma das marcas mais reputadas do mundo dos periféricos de PC, nomeadamente quando falamos de Ratos e Teclados. Especialmente quando falamos da gama MX Master, que conta com os ratos favoritos dos loucos pela produtividade! Ou seja, pelos utilizadores que querem ler, processar e produzir o máximo possível, sem perder preciosos segundos do seu dia a dia.



Mas pelos vistos, o ‘Mestre’ dos ratos ficou ainda melhor, com a chegada do novo Logitech MX Master 3

mx master 3

Então, como é que conseguimos melhorar algo que já é considerado o melhor rato do mercado neste segmento? Simples, a Logitech melhorou o design para aumentar o conforto, mudou a maneira como se personaliza os vários botões, e ainda equipou o periférico com um dos melhores sensores do mundo! Mas vamos tentar ser um pouco mais específicos.

O Scroll ficou mais rápido, com mais ‘feeling’ e ainda mais… Infinito!

Se acha que o MX Master 3 é uma grande evolução aos antigos ratos da mesma gama, está enganado. No fundo, o design é muito similar ao agora ‘velhinho’ MX Master 2S, ou seja, temos aqui um refinar de uma receita que por si só já era de sucesso.

Portanto, de lado temos 2 botões macro, uma segunda ‘scroll wheel’ e ainda um botão especial para gestos. Este último então, é o exemplo máximo daquilo que a Logitech quer alcançar com este novo rato. Com 4 gestos possíveis para 4 inputs à sua escolha. Ou seja, se carregar neste botão, pode movimentar o rato para cima, baixo, esquerda ou direita para ter uma funcionalidade escolhida por si.

Mas a grande melhoria nem sequer está aqui, é que a ‘scroll wheel’ de cima é agora magnético

Assim, em vez de adicionar resistência mecânica que muitas vezes pode parecer ‘falsa’ ao utilizador. A Logitech decidiu colocar um íman no meio da roda para mudar o ‘feeling’ consoante a velocidade e trabalho no momento. Ou seja, se por acaso estiver a fazer scroll num documento linha-a-linha, irá sentir a linha a passar por baixo da roda. (Quase como que se estivesse a atropelar as linhas ahah)

Dito isto, como mencionei em cima, a resistência do íman é dinâmica. Por isso, irá mudar consoante a velocidade do scroll. O que no meu caso demorou algum tempo até me conseguir habituar completamente, visto que por ser tão diferente, a resistência estava a ser muito estranha quando fazia scroll lentamente em páginas web ou ficheiros word.

Um conforto e sensor de mestre

Este rato não é o favorito para a produtividade apenas pela sua performance. O seu design e conforto é também imensamente elogiado pelos utilizadores. Por isso, acabou por não mudar muito em relação ao seu antecessor.

Ainda assim, estamos na presença de um rato um pouco mais alto mas mais pequeno a nível de comprimento e largura. Mas posso desde já dizer que o rato serviu que nem uma luva na minha mão.

Além disto, o sensor utilizado contínua a ser o Darkfield, que é capaz de identificar 4000 pontos por polegada (DPI). Conseguindo fazê-lo em cima de qualquer superfície, seja vidro, madeira, plástico… Este menino ‘papa’ tudo. Contudo, acaba por ser estranho não ver o sensor ‘Hero’ que é vastamente utilizado nos ratos gaming da marca, como é o caso do G502 Hero. É verdade que 4000 DPI chega e sobra para a grande maioria dos utilizadores, mas é no mínimo estranho.

Mestre da Autonomia

O MX Master 3 contínua a linhagem da bateria para dar e vender, aguentado até 70 dias de uso com uma única carga. Além disso, tem agora uma entrada USB-C para carregamento rápido, utilizando o mesmo cabo que utiliza para o seu smartphone ou portátil. (Pode ser usado ao mesmo tempo que carrega)

E como não poderia faltar… Mestre da Personalização!

O MX Master 3 vem com uma aplicação a acompanhar, a Logitech Options que lhe irá permitir mudar muita coisa acerca do rato, para ficar completamente ao seu gosto.

Curiosamente, é uma das poucas aplicações que é simples e sabe bem para o que serve. Sendo leve, fácil de perceber e rápida no seu ofício. Contudo, apesar de ser leve, a personalização é muito vasta. Assim, até já traz alguns perfis pré-definidos para os utilizadores mais molengas… Como eu 😀

Estes perfis trazem macros e botões pré-definidos para aplicações super populares que já tenha instalado no seu PC. Onde podemos incluir a Adobe Creative Suite, Microsoft Office e até browsers como o Google Chrome. (Estes perfis foram feitos com os dados retirados pela aplicação dos utilizadores do MX Master 2S.)

Flow

Na aplicação também irá ter acesso ao ‘Flow’ que é nada mais nada menos que uma ferramenta multi-plataforma. Ou seja, com esta funcionalidade poderá conectar vários aparelhos computacionais ao mesmo tempo, e levar o rato de um PC Windows para outro macOS sem qualquer problema. Até pode copiar um ficheiro num PC e colar noutro. (Suporte a Windows, macOS, Linux, iOS e Android)

Conclusão

O MX Master chega a uma linhagem super popular, e eleva-a a outro nível. É quase como se fosse um negócio que passa de pais para filhos. Contudo, enquanto esta prática falha muitas vezes no mundo real, a Logitech parece ter educado bem os seus ‘filhos’ para que tal não aconteça.

O preço de 115€ pode ser um pouco desmotivador, mas quando falamos de ratos deste nível, o preço vai sempre andar por estes valores. Especialmente quando falamos do melhor rato para produtividade do mundo. (Se estiver interessado no rato, pode comprar aqui.)


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.