Querem Selfies Perfeitas? Conheçam os Selfie Sticks

Se são fãs das Selfies saibam que já chegaram ao mercado os selfie sticks desenvolvidos por uma empresa do mesmo nome, ou seja, a SELFIE STICK PORTUGAL.  O Selfie Stick é leve e fácil de transportar. Pode optar por modelos simples, com cabo ou com Bluetooth, consoante a preferência, e são adaptáveis a qualquer dispositivo móvel, seja iPhone, Samsung ou até mesmo uma GoPro.

Todos os selfies sticks estão disponíveis na loja online http://selfiestickportugal.com/. Especialmente para este Natal de 2014 os produtos da marca SELFIE STICK PORTUGAL estão à venda numa spot shop no Amoreiras Shopping Centre, debaixo das escadas rolantes, em frente ao balcão de informações do piso térreo.

Eis as principais propostas deste fabricante:

SELFIE STICK COM BLUETOOTH

Vantagem: fácil conexão. Não necessita instalar app.

Desvantagem: Necessário carregamento da bateria, o que pode ser uma desvantagem em viagem.

Material: aço inoxidável, ABS

Peso:178 gramas

Extensão: 24 cm-100,5 cm

Stand by- 100 horas

Para telemóveis iOS 4.0+ ou Android 3.0 +

SELFIE STICK CABO 3,5 MM

Vantagem: o mais simples e fácil utilização do mercado. Ligar e funcionar! Sem necessidade de carregamento de bateria!

Desvantagem: não há. Se não houver conexão, fazer app de camera 360 ou timercam e já está!

Material: aço inoxidável, ABS

Peso: 160gr

Extensão: 25-110cm

Compatível com sistemas Android e IOS (caso não dê app camera 360)

Económico e muito fácil utilização

SELFIE STICK SIMPLES

Vantagem: o mais económico! Necessita app tipo Timercam (grátis)

Desvantagem: O disparo é controlado pelo temporizador

Material: aço inoxidável, ABS

Peso: 130gr

Extensão: 22-130cm

Portátil, leve e funcional

Mais informações sobre os vários modelos podem ser encontrados em http://selfiestickportugal.com/.

Que selfie stick escolher?

De facto há tantas qualidades, modelos e preços, que é preciso saber escolher.

Cabo – há ligas metálicas que cedo enferrujam e outros em aço inoxidável que é mais pesado mas mais resistente do que o alumínio, que é também um excelente material, mais leve mas com a desvantagem de ser por vezes mais caro.

Punho e suporte do telefone – A qualidade do “plástico” usado no punho e como suporte do telefone tem também de ser tida em consideração.

Há Selfie Sticks fabricados com ABS original, outros com produtos de reciclagem, e ainda outros com material de desperdício. Estes têm uma qualidade inferior, partindo-se mais facilmente e libertando mau cheiro no Verão.

Laço de segurança – Uns são mais resistentes e grossos, outros mais finos.

Um selfie stick de má qualidade pode fazer com que o telefone caia e se parta.

Por isso é importante verificar se o cabo de extensão está seguro ao suporte da máquina, com estabilidade. Na prática verificamos a existência de “selagem” do cabo ou não.

Este fabricante deixa ainda alguns conselhos para quem quer tirar as melhores selfies:

Habitualmente a qualidade da câmara da frente é inferior à da câmara de trás. Logo para melhores fotos utilize a câmara de trás. Mas a câmara de trás não “pré-visualiza”, em situações em que não pode correr o risco de repetir a foto é preferível usar a câmara da frente.

Narizes alargados, testas gigantes e ombros tortos são evitáveis se afastar a câmara e não colocar a imagem de baixo para cima.

Sempre que possa utilize o Selfie Stick na sua maior extensão. Ao aproximar muito o telemóvel da cara distorce a imagem.

Ao utilizar o flash tenha em atenção a distância, para não criar uma coloração amarela da foto, distorcer a sua expressão ou incandescer os olhos. E quando estiver à frente de uma luminosidade intensa convém afastar mais o Selfie Stick, para a cara não aparecer escura e o fundo esbranquiçado.

Finalmente, para não se ver o sitck na foto coloque sempre a mão abaixo do nível da cintura e eleve o stick até ao nível dos olhos ou acima.

A história da selfie

Os selfies sticks tiveram a sua origem na Ásia e ultimamente o mercado tem estado em ascensão. A selfie é uma simples foto de uma pessoa, tirada por essa mesma pessoa, como um auto-retrato.

O primeiro registo de um auto-retrato é de 1839, pelo químico e pioneiro em fotografia Robert Cornelius. Essa imagem está na Livraria do Congresso dos Estados Unidos. Cornelius preparou a sua máquina e saiu a correr para entrar para a história. Embora desde sempre se tenham feito auto-retratos, alguns famosos na nossa história, o aparecimento das redes sociais, tornou a selfie parte da nossa vida diária.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Patricia Fonseca
Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Leia também

pub