Quer mais autonomia no portátil? Use o novo Microsoft Edge!

Os browsers são muito esfomeados. De facto a memória sofre muito quando visitamos vários sites e sobretudo quando temos muitos separadores abertos. O processador vai pelo mesmo caminho, uma vez que está numa carga alta. Num portátil isto pode ter um impacto significativo na bateria e isso são más notícias. No entanto, o próximo update do Edge vai resolver esse problema. Dito de outra forma, quem usar o novo Microsoft Edge e navegar muito tem mais autonomia no portátil.

Quer mais autonomia no portátil? Use o novo Microsoft Edge!

A Microsoft está a trabalhar numa nova funcionalidade chamada Slepping Tabs para o Microsoft Edge. Na prática permite congelar os separadores que não estão a ser utilizados.

Isto pode não ser algo original, mas funciona melhor.

novo Microsoft Edge

No ano passado a Google lançou uma funcionalidade semelhante chamada “freeze tabs” como uma forma de reduzir a quantidade de RAM usada pelo browser. Em oposição à funcionalidade do Chrome, a do Edge funciona melhor. É mais avançada. Para além disso ajuda realmente a diminuir a memória utilizada no Windows 10. O mesmo acontece também no macOS e isto é uma excelente notícia!

A novidade do Edge não fecha os separadores. Em vez disso, apenas as suspende. De acordo com um modo experimental no Edge Canary, isto coloca os separadores que não estão a ser usados em pausa, tudo para poupar recursos.

Se como eu também tem o hábito de manter muitos separadores abertos, esta funcionalidade vai certamente garantir mais desempenho. Especialmente em hardware mais fraco. É que os browsers, como referi, são verdadeiros vampiros de recursos.

novo Microsoft Edge

A Microsoft diz que entretanto nem todos os separadores serão suspensos. Imagine que está a ouvir música através de um separador e quer continuar a ouvir, mesmo que esteja a fazer uma coisa noutro. Aí ele não será congelado.

Entretanto há mais uma novidade. É que os utilizadores poderão definir um parâmetro que permite escolher ao fim de quanto tempo os separadores ficam inativos.

Por exemplo, pode optar entre 15 ou 30 minutos, uma hora, 2 horas, 3 ou 6.

Outra característica é que poderá colocar alguns sites na whitelist, como o Twitter, para que nunca sejam suspensos.

Fonte

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Bomba! Sex Education na Netflix nunca mais será a mesma!

Apesar do imenso sucesso que os vários projetos fazem na Netflix. A verdade é que com o passar dos anos, e sucessivo lançamento de...

Diga o que disser vai chorar com este documentário da Netflix!

Existem filmes e filmes na Netflix! Sendo que uns nos apresentam histórias de ação brutais, comédias de começar a rir e não parar e...

Huawei tem uma grande surpresa preparada para Outubro!

Tudo corria de feição para a Huawei, mas o problema com os Estados Unidos deu cabo da vida a este fabricante. De facto, de...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!