Snapdragon X55: chegou o tão aguardado modem 5G

Hoje, a Qualcomm revelou seu mais recente modem 5G, o Qualcomm Snapdragon X55. Na prática, este é o modem 5G de segunda geração da empresa e sucessor do Snapdragon X50 que foi anunciado em 2017. As principais características dão conta do multi-modo 4G e 5G num único chip, velocidade de 7Gbps e suporte para futuras especificações 5G.

As novidades da Qualcomm no campo da conectividade 5G

Para além de um novo modem, a  Qualcomm também anunciou a sua antena de segunda geração. Assim, com o nome de código QTM525, este módulo é um pouco mais fino que o design anterior e pode ser incorporado em smartphones com menos de 8 mm de espessura. O novo modelo cobre o espectro de mmWave de 26, 28 e 39 GHz. A propósito disto a Qualcomm continua a referir que serão necessários três ou quatro deles por telefone 5G.

Mas vamos olhar de forma mais minuciosa para o novo Snapdragon X55

Entretanto, começando pelo 5G, o chip suporta tanto o espectro mmWave quanto o espectro sub-6GHz, assim como acontecia com o antecessor. As velocidades de pico teóricas passam dos 5Gbps para os 7Gbps no caso do download. Já o upload é de 3Gbps. No entanto, claro que serão necessárias determinadas condições para se atingir estas velocidades.

Mais importante é a introdução do suporte 5G FDD. Isso será crucial na Europa e noutros países que procuram libertar o espectro de baixa frequência (600 a 900MHz) para o 5G. O Snapdragon X55 também apresenta a partilha de espectro 4G/5G e garante uma melhor gestão de energia. Importa ainda salientar o ajuste de antena na região sub-6GHz.

Snapdragon X55

Entretanto, um aspeto muito importante do novo modem é que o X55 também suporta a especificação 5G Standalone (SA). Lembramos que as redes e dispositivos 5G de primeira geração são baseados na especificação não-Standalone (NSA).

No que diz respeito ao 4G, o Snapdragon X55 suporta o padrão LTE de Categoria 22. Isto permite uma taxa de transferência máxima de 2,5 Gbps, tornando-o na solução 4G mais poderosa da Qualcomm até hoje. O Snapdragon X55 também apresenta o Full Dimensional MIMO (FD-MIMO) para LTE.

Quando é que o Snapdragon X55 chega aos smartphones? 

Não é esperado que o Snapdragon X55 apareça nos dispositivos até o final de 2019. Dito isto, a primeira vaga de smartphones 5G será desenvolvida com um modem X50 externo em conjunto com o chipset Snapdragon 855, que fornece o modem 4G LTE. Claro que esta solução está longe de ser ideal. Ocupa mais espaço e consome mais energia.

Num cenário ideal o modem 5G deverá estar integrado no chipset do smartphone, como acontece com os modems 4G da atualidade.

Snapdragon X55: desenvolvido com um processo de 7nm

De facto o novo modem aposta num novo processo de fabrico. Isto é sem dúvida uma mais valia, uma vez que escapa aos 10nm com que é produzido o X50. Melhora a integração e consome menos energia.

Para terminar, o facto deste chip ser compatível com 4G e 5G significa que vai funcionar em todos os mercados.

Utilização para além dos smartphones

Apesar do Snapdragon X50 estar mais focado nos smartphones, este não está. Em suma, é mais abrangente. Assim, o X55 está preparado para novas integrações. Assim e de forma autónoma, o modem pode ser utilizado em pontos de acesso fixos sem fio, portáteis, tablets e outros dispositivos da Internet das coisas. Nos smartphones, o X55, vai substituir  X50 em 2020 e poderá entrar em um SoC integrado até o final do ano.

Fonte | Via

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário