Tenha muita atenção se utiliza protetor solar em spray!

Quando se trata de passar algum tempo ao sol, um pouco de protetor solar é algo realmente essencial. No entanto, nem todas as formas são eficazes e por vezes aquilo que parece mais conveniente pode na realidade dar origem a alguns problemas. A propósito disto as declarações de uma dermatologista estão a merecer alguma atenção uma vez que revelou que utilizar protetor solar em spray pode ser um grande erro!

Tenha muita atenção se utiliza protetor solar em spray!

A Dra. Cristina Psomadakis, uma dermatologista britânica, revelou que os produtos em spray podem dar origem a problemas. Tudo porque pode ser difícil saber a quantidade de protetor solar que está realmente a colocar.

Todos os protetores solares, incluindo os sprays, têm de ser submetidos a testes. Isto para validar a quantidade de proteção solar que proporcionam, a fim de obterem a classificação FPS. O problema com os sprays é que as pessoas muitas vezes não sabem se estão a usar a quantidade necessária para atingir a classificação FPS no frasco. Isto porque não se tem uma boa perceção da quantidade que está a ser usada.

O FPS – ou fator de proteção solar – indica o grau de proteção de um produto contra as queimaduras solares. Já o número que se segue diz-lhe quanto tempo demorara a radiação UV do sol a queimar a pele quando se utiliza o produto exatamente como indicado. Isto em comparação com a ausência de utilização.

Por exemplo, estima-se que, se normalmente começa a arder após dez minutos ao sol, uma loção com SP15 irá protegê-lo durante 15 vezes mais tempo do que isso, ou seja, até 150 minutos.

Esta proteção só dura se reaplicar o protetor solar de duas em duas horas. Também se aplicar uma camada espessa e uniforme.

Para isso, deve aplicar dois miligramas de protetor solar por centímetro quadrado de pele exposta.

A forma mais simples é seguir a “regra dos dois dedos” para o conseguir: “Para uma área do corpo, por exemplo, o seu pescoço, aplique protetor solar suficiente para cobrir dois dedos na área a ser protegida.”

Pode ser difícil saber se está a aplicar a quantidade necessária

Para além disso há estudos que o comprovam.

Um estudo realizado pela Universidade do Colorado em 2019 concluiu que, quando as pessoas aplicam um SPF em spray no antebraço, a maioria aplicava apenas cerca de 60% da quantidade necessária para obter a proteção impressa no frasco.

Também é muito possível que esteja a desperdiçar um produto precioso quando o pulveriza na sua pele em vez de o esfregar.

De facto, um estudo realizado pela Universidade Griffith, na Austrália, em 2021, concluiu que pode estar a desperdiçar até 93% da sua proteção solar. Isto se aplicar um spray em condições de vento.

Além disso, pulverizar o creme solar na sua mão provavelmente não lhe dará a proteção de que necessita, porque o creme se dilui com propulsor para o retirar do frasco.

Normalmente, o propulsor constitui cerca de metade do líquido que sai, pelo que terá de utilizar o dobro do produto que pensa.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.