Inicio Reviews Primeiras impressões LG Nexus 5X - nexo de equilíbrio

Primeiras impressões LG Nexus 5X – nexo de equilíbrio

Os smartphones Nexus simbolizam desde o seu nascimento o Android em estado puro, directamente saído das forjas da Google, envolto por um smartphone de prestações superiores, por um preço muito apetecível. Traduzido por miúdos, um Nexus significa tradicionalmente um smartphone algo mais económico que o equivalente com uma marca estampada.

A isto sempre se acresceu o apoio directo da Google, significando actualizações mais rápidas, ou simplesmente actualizações, face às práticas de lançar e esquecer de que alguns fabricantes podem ser acusados.

Mas o mercado mudou profundamente. A emergência dos fabricantes sino asiáticos colocou no mercado produtos de gama média e entrada de gama muito atraentes, com preços apetecíveis. Nestes dois segmentos, a Google ficou algo para trás e começa agora a acordar.

No caso da entrada de gama, a Google estabeleceu as parcerias Android One, de que é exemplo o BQ Aquaris A4.5, porventura um dos mais completos dispositivos na sua gama de preço.

Todavia continuava a faltar um Nexus intermédio que aproveitasse todas as potencialidades do Marshmallow, e adoptasse as novas tecnologias de biometria e pagamentos wireless. Para a Huawei ficaram a maioria das luzes da ribalta, com um Nexus 6P de especificações soberbas, mas para a LG ficou um desafio potencialmente maior: o do equilíbrio.

Nexus 5X, a LG cria o equilíbrio

Fora a própria Google, poucos sabem tão bem como fabricar um Nexus quanto a LG. Em tempos recentes, a marca coreana tem cimentado um nome no campo da inovação e experimentação. Talvez nenhum dispositivo encarne tão bem o state-of-the-art quanto o fabuloso LG V10, que tivemos a oportunidade de analisar recentemente.

O LG Nexus 5X não está no mesmo campeonato do seu luxuoso irmão, mas herda deste várias tecnologias e imagens de marca LG. A começar pelo processador.
A LG equipou a sua visão do Nexus com o mesmo Snapdragon 808 dos LG V10 e G4 e, se bem que tenha retirado alguma RAM, para se ficar pelos 2GB, nas situações quotidianas é de esperar que a performance dos três dispositivos seja muito idêntica. O Nexus 5X, no entanto, tem um preço substancialmente inferior. A Adreno 418 também deverá sentir-se mais à vontade com o ecrã de 5.5 polegadas FHD, que com os 2K dos outros dois modelos.

As semelhanças mais óbvias acabam aqui. Os 12.2MP da câmara principal são modestos, mas há que destacar o foco laser e o flash duplo. No entanto, este sensor Sony, que é o mesmo encontrado no Nexus 6P, tem alguns segredos a levar em conta. Desde logo, é um sensor de ½.3 polegadas, e traz pixéis de 1,55 mícrones, vocacionado portanto para condições com pouca luz.

Nexus 5x
A câmara do LG Nexus 5X é mais interessante do que deixam adivinhar os seus 12 MP.

Não se trata de um sensor de poupança. Pelo contrário, é a mais recente tendência em termos de sensores móveis, tanto que, do Samsung S7 ao iPhone SE, passando pelo brevemente revelado P9, os sensores de 12 MP com melhor qualidade de imagem em baixa luz são a ordem do dia. Aqui, portanto, os mais recentes Nexus podem afirmar-se como pioneiros.

De facto, a capacidade de resolução desta câmara acaba por ser sensivelmente idêntica a um sensor de 16MP. Isto acontece porque sensores como os encontrados no LG V10 têm um formato 16:9 enquanto o do Nexus tem formato 4:3. A perda em pixéis resulta efectivamente de um sensor mais estreito mas sensivelmente da mesma altura, portanto com densidade de pixéis sensivelmente idêntica. Claro que os fãs de 16:9 acabarão por perder algo mais, mas não nos parece que vá haver por onde criticar muito a performance do Nexus 5X.

Característica menos visível, mas igualmente interessante é o sensor hub. Efectivamente um coprocessador, o sensor hub mantém o dispositivo num estado de baixa latência, que permite mostrar notificações e reconhecer que o telemóvel está em movimento. Basta pegar no Nexus 5X e as notificações aparecem numa apresentação monocromática de baixo consumo energético. O sistema é bastante útil e interessante. Permite grande poupança na bateria, ao monitorizar os sensores do dispositivo, e assim não só desativa funções desnecessárias em standby, como detecta o movimento quando pegamos no dispositivo, autorizado acesso a notificações sem solicitar o processador principal.

Nexus 5x
Resultados como os desta imagem indiciam que os 12MP do Nexus 5X têm muito que oferecer.

No exterior, o Nexus 5X é a simplicidade encarnada. Os botões são na lateral, ao contrário do que tem sido a regra na LG, deixando na traseira o sensor de impressões digitais, e o módulo fotográfico. Este é apreciavelmente saliente, apesar de não temos estabilização de imagem. O material é plástico, de textura aveludada, que fica excelente ao toque e permite boa aderência.

Se há algo que podemos dizer do dispositivo, é que é bem mais agradável esteticamente ao vivo que simplesmente em fotografias. Na lateral direita tempos a ranhura para o cartão nano SIM e, surpreendentemente, não há espaço para um cartão de memória. Tendo em conta que a versão básica do Nexus 5X conta com apenas 16GB de armazenamento, este parece-nos um factor extremamente limitante.

É mais do que certo que, no mundo actual, os serviços na nuvem permitem contornar muitas carências de armazenamento. Por método, o autor manda para a nuvem os seus ficheiros de trabalho, mas trabalhar com multimédia nestes termos obriga a tarifários generosos que nem todos possuem. Não é no entanto uma impossibilidade, e veremos se podemos viver hoje em dia com armazenamento local destas dimensões.

As características chave:

  • Ecrã IPS LCS de 5.2 polegadas, FHD, Gorilla Glass 3
  • Qualcomm Snapdragon 808, quad-core 1.44 GHz Cortex-A53 e dual-core 1.82 GHz Cortex-A57
  • GPU Adreno 418
  • 2GB RAM/16GB ROM
  • Câmaras: traseira de 12MP, f/2.0, flash duplo, foco por laser, vídeo até 2160p@60fps
    Frontal de 5MP, f/2.0
  • Bateria 2700mAh
  • Outros: sensor de impressões digitais, GPS, NFC, 4G LTE

Expectativas

Todos os detalhes somados, o LG Nexus 5X é dos Nexus mais equilibrados de sempre, pelo menos no papel. Se não parece ter hardware potente por comparação contextual a alguns dos seus antecessores, chega-nos claramente capaz de combater a obsolescência em tudo menos na memória interna, uma opção algo questionável.
Mas, enquanto falamos, temos já o Nexus 5X em pleno funcionamento com o Android N, e esta é uma possibilidade que assiste a somente uma mancheia de dispositivos. Escassos meses após o lançamento, o Nexus 5X já encontra novas funcionalidades numa altura em que a maioria esmagadora dos dispositivos Android ainda nem ao Marshmallow chegou ou sabemos quando chegarão. E isto, para muitos, faz toda a diferença.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

2 COMENTÁRIOS

Leia também

Amazfit Band 5: um super-wearable por apenas 45 Euros!

Quando os primeiros wearables apareceram não tiveram uma grande aceitação no mercado. As pessoas ainda não estavam preparadas para os smartwatches, nem para as...

Galaxy S30 com Exynos já não vai levar pancada da Qualcomm

Apesar da situação que envolve o desempenho das versões Europeia e Americana do Galaxy S20 e também do Note, a Samsung vai voltar a...

Quer mais autonomia no portátil? Use o novo Microsoft Edge!

Os browsers são muito esfomeados. De facto a memória sofre muito quando visitamos vários sites e sobretudo quando temos muitos separadores abertos. O processador...

Google PlayStore: sete jogos grátis este fim-de-semana!

É sexta-feira e isto por si só é sempre uma excelente notícia. Agora que o fim de semana está a chegar, é tempo de...

Gboard: preparado para uma grande atualização no design?

A Google tem estado a trabalhar num novo design do Gboard há dois meses. Agora parece que esta novidade já está a chegar aos...