(Primeiras Impressões) Huawei Nova 5T: Kirin 980, 6GB de RAM e Google


Por em

O Huawei Nova 5T chegou muito recentemente ao nosso mercado! No entanto, se acha que estamos a falar de um aparelho ‘novo’… Está muito enganado! Caso não saiba, o Nova 5T chegou ao mercado originalmente em Outubro de 2019, mas como a proibição dos Estados Unidos tem sido uma tremenda pedra no sapato da empresa, apenas agora é que estamos a ver a chegada do aparelho a vários mercado Europeus.



Dito isto, como o aparelho foi lançado antes da entrada em vigor da proibição, ainda podemos encontrar a totalidade dos serviços e aplicações Google no smartphone. O que por sua vez, fazem deste aparelho algo a ter em conta nos dias que correm. Visto que este é um esforço da Huawei para oferecer um aparelho rápido, bonito e cheio de funcionalidades a um preço de gama média.

(Primeiras Impressões) Huawei Nova 5T: Kirin 980, 6GB de RAM e Google!

Nova

Portanto, como disse em cima, o Nova 5T é inegavelmente um aparelho focado na gama média de mercado. Bem… Mais ou menos! Estamos a falar da gama mais alta da gama média, visto que o ‘5T’ é um telemóvel de ~450€.

Por isso, será que vale a pena?

Uma coisa é certa, temos aqui um pacote muito apetrechado por parte da Huawei. Contudo, infelizmente ainda tem algumas falhas. Mas vamos por partes!

Design e Ecrã

5T

Este 5T é sem dúvida um smartphone extremamente bonito, com o seu ecrã ‘infinito’ e orifício para a câmera frontal no canto superior esquerdo, bem como cor Crush Blue na traseira. Em boa verdade, é um telemóvel que nos faz lembrar muito o Galaxy S10e, visto não existir qualquer curvatura no ecrã, e claro… A ‘pinta na testa’ é exatamente igual apesar de estar no lado oposto.

Mas aqui tenho a primeira queixa, o ecrã é LCD em vez OLED! Sim… É verdade que as margens são mínimas, e que a qualidade de imagem é realmente muito boa graças ao painel IPS com a resolução 1080×2340. Mas por 449€, OLED deveria ser obrigatório.

Especificações e Performance

Neste departamento não temos grandes razões de queixa, visto que o Nova 5T conta com o mesmo SoC Kirin 980 que dá vida ao P30 Pro, bem como 6GB de RAM. Obviamente que não é a combinação mais letal para 2020, mas também não irá ficar mal servido.

Entretanto, a nível de armazenamento temos 128GB no modelo base, na minha opinião o ‘sweet spot’.

Câmeras

Na traseira podemos encontrar 3 câmeras numa configuração vertical (48MP f/1.8, 16MP f/2.2 2x telefoto, 2MP f/2.4 macro), bem como uma quarta lente de 2MP (f/2.4) pensada apenas e só para a profundidade.

Um sistema que irá sem sombras de dúvida oferecer uma excelente qualidade fotográfica, apesar de ficar muito aquém daqui que um Mate 20 Pro, Mate 30 Pro ou P30 Pro oferecem.

Além de tudo isto, temos ainda uma enorme lente de 32MP (f/2.0) para selfies implementada debaixo do ecrã na frente do aparelho.

Conclusão

O telemóvel assenta muito bem na mão sendo extremamente leve e fino (174g e 7.8mm). Além disto, o hardware apresenta níveis de performance simplesmente brutais, tal e qual como a Huawei nos tem habituado nos seus topos de gama.

O facto do ecrã ser plano em vez de curvo não me incomoda nada. Na verdade, até me faz pensar se a moda das ‘curvas’ em tudo o que é telemóvel não é apenas idiótica. Mas assumo que isto são gostos, e que por isso existem muitos utilizadores que gostam de uma boa curvatura no seu companheiro do dia a dia.

No entanto há coisas que eu gostaria de ver implementadas, e que sinceramente não percebo o porquê de não as conseguir encontrar no sistema operativo…

Ao fim ao cabo onde está o dark mode? Sim, eu sei que o ecrã não é OLED, mas não seria assim tão difícil trazer o mesmo modo escuro para este smartphone pois não? Similarmente, porque é que não temos acesso a gestos? Sim, eu sei que o ecrã não é curvo, mas é realmente difícil passar para um telemóvel com a clássica barra de navegação depois de estar habituado a fazer swipe por tudo o que é lado em tantos outros telemóveis.

Esquecendo estes pequenos defeitos que podem ser facilmente corrigidos com o EMUI 10, a bateria de 3750mAh não impressiona, mas deverá ser mais do que o suficiente para um dia de uso intenso.

Em suma, o Nova 5T não impressiona, mas é sem dúvida uma excelente alternativa aos atuais topo de gama. Só peca mesmo por chegar tarde ao mercado, tal e qual como o Mate 30 Pro que tinha tudo para dominar o mundo Android em 2019.

Entretanto fique atento à nossa análise detalhada, que deverá ser lançada em Fevereiro.


(Primeiras Impressões) Huawei Nova 5T: Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Saiba mais sobre o aparelho aqui.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured, Reviews

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Galaxy S20+ e S20 Ultra chegam com uma oferta muito especial!

Geekbench confirma: Android 10 já mexe no Xiaomi Redmi 8A!

Seguinte