Primeiras impressões Coolpad Max, o dragão dourado da Coolpad


Por em

O Coolpad A8 Max foi anunciado em Junho e é, por isso, um dos mais recentes dispositivos da marca a chegar a Portugal. Mas é também um senhor telemóvel com alguns pontos que não podem deixar de impressionar.

O Coolpad A8 Max reúne o conhecimento e a experiência da marca na concepção não fabrico de telemóveis, apresentando um chassis premium, aliado a soluções de software como uma barra de acesso rápido e o Dual Space seguro, que tem sido uma ponta de lança da Coolpad.

Sem esquecer, claro, os 4GB de RAM a darem bastante sumo ao Snapdragon 617. São predicados muito difíceis de encontrar por estes valores.

Um design de excepção

O Coolpad tem uma construção sólida, elegante e de excelentes acabamentos.
O Coolpad tem uma construção sólida, elegante e de excelentes acabamentos.

O Coolpad A8 Max é uma clara incursão no segmento premium. O exterior combina um ecrã Gorilla Glass 4 2.5D com uma concha inteiramente metálica unibody, em alumínio anodizado com acabamento fosco. O dourado – ou Ouro Real – é algo café, e a textura suave não só garante grande adesão como se mostra bastante resistente às usuais dedadas.

Na traseira, o sensor de impressões digitais está logo abaixo da câmara que prima por um diâmetro inusitadamente pequeno numa era de monóculo de fazer corar Eça de Queirós. Ambos se encontram adornados com anéis em metal dourado, acentuando o feeling premium.

A porta micro USB encontra-se no local usual na baste, rodeada dos orifícios simétricos do altifalante e do microfone para anulamento de ruido.

Só andamos com o Max há alguns dias, mas o mais notório nisto tudo é como o dispositivo tem um toque excepcional na mão. É um jogo entre a textura e as linhas compactas para um smartphone de 5.5 polegadas, com clara rigidez e solidez do dispositivo. Isto percebe-se de imediato: o Coolpad Max respira valor acrescentado na construção e desenho.

Ecrã interessante e muito capaz

O ecrã de 5.5 polegadas FHD mostra uma performance muito interessante.
O ecrã de 5.5 polegadas FHD mostra uma performance muito interessante.

O ecrã de 5.5 polegadas FHD do Coolpad Max tem surpreendido pela positiva. Hoje em dia, é francamente mundano um smartphone neste segmento trazer ecrã FHD, mas tudo o resto – incluindo tons, luminosidade, etc. – varia de modo selvagem.

No caso do Max, as cores parecem bem saturadas, com bons níveis de contraste, mas o real ponto positivo é como o dispositivo se comporta muito bem no exterior, mesmo com luz directa do sol. Será dos melhores que já experimentamos em qualquer segmento neste aspecto.

As margens, essas, são algo maiores do que seria de esperar actualmente, mas na globalidade o Max parece ter dimensões razoavelmente compactas para o tamanho de ecrã que traz, com topo e base relativamente estreitas para o que costumamos encontrar no mercado actual.

Hardware de gama média com características de topo

É muito cedo para dizer quão bem o Coolpad Max desempenha as tarefas mais pesadas. O desempenho frequentemente ultrapassa o mero hardware e é em muito melhorado ou prejudicado pelo software.

O Coolpad Max tem memória expansível, mas com 64GB a bordo, será necessária?
O Coolpad Max tem memória expansível, mas com 64GB a bordo, será necessária?

No entanto, o Coolpad Max vem com galopantes 4GB de RAM num Snapdragon 617, um octa-core com oito núcleos Cortex A53. Trata-se de um processador bem colocado na gama média, com capacidades para LTE categoria 7, mas sem capacidade para vídeo 4K, por exemplo. A memória é do tipo DDR3, mas pode ir até aos 933MHz e existe suporte para eMMC 5.1.

O maior problema deverá ser o aquecimento à medida que puxamos pelo dispositivo cujas linhas esbeltas são geralmente sinónimo de pouco espaço para dissipação do calor. E não obstante, o Coolpad Max deverá oferecer uma performance muito interessante nesta gama de preço. Pelo menos tem conseguido aguentar o que lhe atiramos à cara com muito poucos queixumes, abrindo as portas a tornar-se um telemóvel sem grandes limitações para quem quer mais do que um dispositivo para ir ao Facebook ou WhatsApp.

O Office 365 funciona muito bem, e jogos como War Wings, que se podem tornar bastante intensos com tudo a acontecer dentro e fora do ecrã parecem ser muito bem aguentados.

O funcionamento geral é muito fluido, como o hardware talvez deixe adivinhar e, com 64GB de memória interna, há possibilidade de expandir a memória disponível, mas dificilmente constituirá uma necessidade. Vamos puxar bem mais pelo Max, e diremos aos nossos leitores quão bem se sai este pequeno dragão do oriente.

Software com soluções únicas

Cada marca tem a sua abordagem à interface Android, e a da Coolpad é bastante abrangente. Além do Dual Space de que falaremos a seguir, o Cool Butler é um concentrador de informações de segurança e privacidade a partir do qual podemos gerir as definições de permissões e fazer muito mais.

A barra de acesso rápida é útil, mas outras apps do Coolpad Max são ainda melhores.
A barra de acesso rápida é útil, mas outras apps do Coolpad Max são ainda melhores.

De raiz num telemóvel, é talvez a opção mais completa que já vimos, pois permite-nos não só limpar a memória do dispositivo, ou gerir a bateria, como vem equipado com um bloqueio de anúncios que analisa as apps à procura das que que incluem anúncios. A maioria são óbvias, mas nem todas nos interessam que tenham anúncios e podemos simplesmente bloqueá-los. Com os plugins de publicidade inactivos, as apps continuam a funcionar, embora algumas fiquem com avisos algo inestéticos de que falta um ficheiro onde costumavam estar os reclames.

Jogos sem publicidade irritante? Com o Coolpad Cool Butler é possível.

O Cool Butler revela-se ainda mais completo ao percebermos que permite passar aplicações para o cartão SD, gerir as apps que abrem com o arranque do dispositivo ou eliminar pacotes de instalação, algo que frequentemente fica esquecido na memória do dispositivo. Recentemente dissemos muito bem da app DTEK da BlackBerry, mas para já a Cool Butler parece francamente mais completa e pelo menos igualmente eficaz.

Pouco usual é uma app específica para a gestão de impressões digitais que também encontramos no Coolpad Torino.  A app facilita a selecção das funções do leitor de impressões digitais, onde podemos configurar impressões digitais para acções específicas, não só desbloqueando o ecrã, mas mudando para o espaço privado, entrar no modo de poupança de energia ou apagar rapidamente as apps abertas e dados na memória.

Outra app que temos usado desde o primeiro dia é a barra de acesso rápido plenamente configurável que podemos encontrar do lado direito ou esquerdo do ecrã, conforme nos apeteça. Aí podemos condensar as aplicações às quais necessitamos de acesso mais imediato, para não enchermos o ecrã principal com elas.

O software da Coolpad não é de todo perfeito. O seu maior defeito são demasiadas expressões em Português do Brasil, o que dificulta por vezes uma compreensão clara das nossas opções. Não é uma questão estilística ou ortográfica, mas mesmo uma da mecânica pura da linguagem e da semântica diferir amplamente entre os dois países.

As opções interessantes do software da Coolpad não se esgotam aqui, no entanto, e iremos debruçar-nos sobre elas em breve.

Câmara ISOCELL funcional e completa

Ponto positivo do dispositivo, a câmara ISOCELL é rápida e com qualidades de destaque.
Ponto positivo do dispositivo, a câmara ISOCELL é rápida e com qualidades de destaque.

A câmara principal do Coolpad Max tem no seu interior um sensor Samsung ISOCELL de 13MP. A tecnologia ISOCELL da Samsung procura isolar melhor os pixéis individuais, de modo a impedir a transferência de fotões entre fotões adjacentes. À medida que os pixéis diminuem de tamanho, menor é a sua capacidade para suster os fotões que os atingem, atingindo facilmente um ponto de saturação onde o canal “queima” e transfere fotões para outros pixéis.

Como cada pixel está coberto de um filtro de cor diferente (verde, vermelho ou azul e inclusivamente branco), a transferência de fotões de um pixel para outro significa falsear a cor real numa dada área da fotografia. Por outro lado, significa que se perdem contrastes quando fotões das áreas mais iluminadas migram para as zonas negras e as transformam em sombras desagradáveis.

A tecnologia ISOCELL tem evoluído a olhos vistos e isto deixa-nos com boas indicações para a performance do Coolpad Max.

A app, por outro lado, é dos melhores aspectos do Coolpad em termos de software. Bastante completa, permite-nos alternar muito facilmente entre modos e inclui mesmo um modo manual bastante completo que nos permite controlar desde o tempo de exposição até ao foco manual, cujo modo macro parece muito interessante. Para tirar a foto, podemos utilizar o toque no ecrã, mas o leitor de impressões digitais também serve de obturador.

As imagens até agora aprecem-nos bem equilibradas, com pouca tendência para queimar as altas luzes, e com boa representação de cor. Não é de todo a imagem que poderíamos esperar há pouco tempo num smartphone fora do segmento topo de gama.

Áudio surpreendente

O áudio é, idealmente, algo que deixamos para o fim, até porque o Coolpad Max não tem aqui pretensões de topo de gama. Apesar dos atraentes orifícios na base do ecrã, só os da esquerda são efectivamente altifalantes, pelo que o som em alta voz é estritamente monaural.

Mas é certamente elevado. Na maioria dos telemóveis, quando tapamos estes orifícios vamos simplesmente abafar por completo o som, algo que não acontece com o Coolpad Max. Vamos explorar este aspecto bem mais a fundo no futuro e diremos tudo aos nossos leitores.

Um pacote de características completo

O mais surpreendente para o Coolpad A8 Max é o amplo conjunto de características e funcionalidades que chegam incluídas no dispositivo.

O sensor de impressões digitais tem amplas possibilidades de configuração e lê impressões em qualquer ângulo.
O sensor de impressões digitais tem amplas possibilidades de configuração e lê impressões em qualquer ângulo.

A embalagem é a primeira a mostrar o grande apelo premium do dispositivo, com um acabamento aveludado em negro e dourado. Toda uma afirmação de estilo. Dentro, encontramos auriculares com excelente design (embora sejam dos nossos menos favoritos por não possuírem borrachas que isolem melhor o som) e um carregador. Uma das características mais únicas e raras do Coolpad Max é mesmo que o cabo de carregamento, achatado, tem na extremidade duas pequenas luzes LED azuis que podem ser ligadas com interruptor para mais facilmente ligarmos o smartphone à corrente durante a noite. E esta?

A bordo vem também o Espaço Dual Seguro, que nos permite configurar um smartphone dentro do smartphone, isolado perfeitamente, e do qual já falamos neste tutorial. Poderemos utilizá-lo, quer para separar a vida profissional da vida privada, quer para simplesmente aí armazenarmos os nossos dados pessoais mais sensíveis sem que estes sejam afectados por um hack ou vírus. É realmente das melhores opções de segurança disponíveis atualmente no mercado.

Outro aspecto a salientar é o sensor de impressões digitais do Coolpad Max. Não só parece ser extremamente rápido, como faz algo impensável há menos de um ano: lê as impressões digitais em qualquer direcção, pelo que podemos desbloquear o telemóvel, não importa como seguremos nele.

Conclusão

A incursão da Coolpad ao mercado premium com o Coolpad Max causa uma excelente primeira impressão. O pacote global impressiona por quão completo é (traz bons auriculares, quando poucos o fazem neste preço, o carregador é algo muito interessante, e o software extremamente diversificado), e quão bem conseguido é o dispositivo do ponto de vista da qualidade impressionante de fabrico.

O hardware com um octa-core com boas capacidades e ampla memória junta-se a uma construção de excelência que – pelo menos neste segmento de gama – incorporam perfeitamente a definição de “affordable flagship”, aquele smartphone de gama média que combina muito bem apontamentos de elevada qualidade, com características contidas. Assim como está, o Coolpad Max tem argumentos sólidos para ser um smartphone para quem o estilo faz a diferença, mas não quer comprometer em funcionalidade.

 

Leia também

Ou veja mais notícias de Reviews

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Sporting Clube de Portugal eSports anuncia Torneios de CS:GO em Parceria com a ChallengeMe.GG

Zerodium oferece 1,5 milhões de dólares a quem “quebrar” o iOS 10

Seguinte