Precisamos mesmo de 6GB ou 8GB de RAM no smartphone?

Como na grande maioria das perguntas deste tipo, tudo dependerá do uso que cada pessoa dá ao seu smartphone. Afinal de contas, se for um utilizador como a minha mãe que apenas usa o smartphone para chamadas, (e cuscar o que se passa no Facebook), não precisa de grandes quantidades de memória.

No entanto, numa forma mais geral, enquanto em 2017 4GB de RAM era o ‘Sweet Spot’ para a grande maioria dos utilizadores, em 2020, esta quantidade já é o mínimo dos mínimos para qualquer smartphone aguentar um dia a dia mais ou menos exigente. Dito isto, ainda se vendem modelos ‘budget’ com 3GB de RAM, mas nestes casos é boa ideia considerar quanto tempo está a pensar ficar com essa máquina… Se a resposta for mais do que 1 ano, então talvez seja boa ideia optar pelo modelo a seguir com 4GB ou 6GB de RAM.

- Advertisement -

smarpthone

Mas isto levanta uma questão na cabeça dos utilizadores! Será que vale mesmo a pena ter 6GB, 8GB ou mais num simples smartphone? Afinal de contas, a Samsung já lançou uma versão do seu S20 Ultra com 16GB de memória RAM, a mesma exata quantidade de memória do meu PC Gaming que correr qualquer jogo do mercado no máximo. O que na verdade… Parece um abuso!

Será que faz mesmo sentido um smartphone ter tanta RAM? Sim e não!

S20, iPhone

Como deve saber, em termo de comparação, o iPhone 11 Pro conta com ‘apenas’ 4GB de memória RAM, conseguindo ser ainda assim um dos aparelhos mais rápidos do planeta.

Mas isto tem uma boa explicação, o Sistema Operativo da Apple é bastante diferente do Android da Google. Afinal de contas, o iOS é um Sistema Operativo desenvolvido apenas e só para o iPhone! Tendo qualquer coisa como duas grandes atualizações por geração (por ano). O que claro está, faz com que seja um software bastante mais aprimorado, por ser desenvolvido apenas e só para uma mão cheia de aparelhos, que até partilham vários componentes entre si.

Entretanto, o Android é um Sistema Operativo desenvolvido com a mentalidade de ter de se adaptar ao que aparece no mercado! Uma boa comparação é o Windows 10 da Microsoft, que também tem de se adaptar a virtualmente quantidades infinitas de configurações de hardware. Em suma, um sistema destes tem de funcionar em qualquer tipo de aparelho em que seja instalado, uma estratégia antiga, que resulta quase sempre num sistema mal otimizado.

Por isso, com o aumento das exigências das aplicações, é também necessário aumentar a quantidade de memória RAM dos aparelhos. Claro que 8GB, 12GB ou 16GB é um completo overkill neste momento, e provavelmente continuará a ser em 2021. Contudo, se está a pensar ficar com o seu smartphone durante ~3 anos, talvez seja boa ideia ter agora uma boa quantidade de memória, para que no futuro continue a ter uma máquina capaz de abrir e manter as aplicações em memória. Algo cada vez mais essencial nos dias que correm.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.