Quem vai vencer a meia final? A Qlik dá-lhe a resposta.


Por em

A Qlik utilizou novamente a aplicação Qlik European Championships http://webapps.qlik.com/Euro2016/Euro2016.html para descobrir o vencedor da meia final que se disputa hoje entre Portugal e o País de Gales. A resposta é simples: Portugal vai ganhar! Os números favorecem a Seleção Nacional para o jogo de hoje, apresentando maior número de vitórias, mais golos marcados e mais experiência em Campeonatos Europeus, quando comparada à Seleção do País de Gales que se estreia nesta competição e vai jogar sem dois dos seus melhores atletas.

A Qlik European Championships App (http://bit.ly/qlikeuro2016) reúne e disponibiliza dados sobre todos os Campeonatos Europeus de Futebol desde 1960, permitindo analisar e comparar seleções e jogadores, assim como avaliar as hipóteses de cada equipa ganhar, transformando qualquer fã num verdadeiro especialista.

Portugal versus País de Gales

  • É a primeira vez que o País de Gales está num Campeonato Europeu, enquanto Portugal é apurado pela sétima vez.
  • A Seleção Galesa conta com 10 golos em 5 jogos (uma média de 2 golos por encontro), e 4 vitórias.
  • A Seleção Nacional soma já 46 golos marcados em Europeus e 16 jogos ganhos.
  • O País de Gales tem mais cartões amarelos atribuídos do que Portugal (8 versus 5). Dois dos seus melhores jogadores têm 2 cartões amarelos cada (Aaron Ramsey e Ben Davies), o que os impede de jogar contra Portugal, que conta com todos os seus jogadores disponíveis.
  • Caso Portugal chegue à final deverá jogar contra a Alemanha ou a França, num jogo que se prevê ser um grande desafio para Portugal, já que a história dá mais hipóteses às equipas adversárias; frente à Alemanha temos 42,9% de hipóteses de ganhar e com a França 28,6%.

 Golos

Nos Campeonatos Europeus em que Portugal já participou, foi em 2000 e 2008 que apresentou uma maior taxa de golos por jogo, 2,0 e 1,8 respetivamente; em 2016 está, até ao momento, com uma média de 1,2.

  • Na história de Portugal nos Campeonatos Europeus, a Seleção Nacional foi mais eficaz na marcação de golos na segunda parte dos encontros. Os golos entraram mais vezes entre os 50-60 minutos (8) e nos descontos da segunda parte de jogo (4).
  • A Seleção Galesa tem mostrado ser mais eficaz no início e no final dos jogos, com mais golos marcados entre os 10-15 minutos (2) e nos últimos 15 minutos de jogo (3).
  • Já Portugal, em 2016, apresenta uma maior eficácia de golos entre os 30-35 minutos de encontro (2).
  • O melhor marcador do País de Gales, Gareth Bale, com 3 golos neste Europeu, tem um dos golos mais rápidos do Campeonato, aos 9 minutos.

Penáltis

Em 2016 Portugal aumentou a sua taxa de eficácia na decisão do jogo nas grandes penalidades para 81%, melhorada em grande medida no último jogo frente à Polónia.

  • Nos Europeus em que participou, e quando o encontro se decidiu por penáltis, a Seleção Nacional aguentou a pressão e saiu vitoriosa na maior parte das vezes.
  • Também na marcação por grandes penalidades, Portugal apresenta uma vantagem face à Seleção Galesa, que ainda não passou por esta experiência.
Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Asus anuncia nova placa Wi-Fi com super captação de rede

Julho com muitas novidades na Netflix

Seguinte