Portátil a ferver neste tempo quente? Veja agora como resolver!



Portátil a ferver neste tempo quente? Saiba como resolver – Apesar de no mundo atual a mobilidade ser cada vez mais importante… A verdade é que também é inimiga de máquinas frescas e rápidas. Afinal de contas, estes pequenos e compactos computadores têm pouco espaço no seu interior, e por isso, facilmente se tornam em máquinas lentas e pouco eficientes devido ao calor excessivo.

Assim, se o seu portátil já tem alguns anos, e é um belo de um aquecedor portátil… Não entre em desespero, temos algumas dicas para melhorar a sua qualidade de vida.

Portátil quente

1º – Coloque o seu equipamento numa base!

Gosta de utilizar o portátil em cima da cama? É um erro! Os lençóis da cama, mantas, etc… Irão criar dificuldades ao sistema de refrigeração da sua máquina. Aliás, utilizar o portátil em cima de uma mesa, secretária, etc… Também poderá causar dificuldades, por isso, é sempre boa ideia ter alguma espécie de base para afastar o corpo do portátil de alguma superfície que dificulte a ‘respiração’.



Portátil quente

2.º Arrefecimento externo

Se por acaso gostou da proposta da base, é boa ideia procurar por um destes produtos que já ofereça algum tipo de refrigeração extra.

Contudo, atenção! Não gaste já o seu dinheiro numa base ativa muito cara. Isto porque é necessário ter a noção que maioria dos portáteis aproveita muito pouco deste ar extra. Se está com dificuldades extremas com o sobre-aquecimento, olhe para a solução de baixo.

3º Mudança da pasta térmica e limpeza

Portátil quente

Como deve imaginar, com o passar do tempo, é normal existir uma acumulação de sujidade e poeira no interior do seu portátil. Afinal de contas, até um computador Desktop necessita de ser limpo de tempos a tempos.

Se a limpeza não chegar, podemos ir mais além!

Mesmo num modelo novo, a mudança da pasta térmica de fábrica (medíocre por natureza) para uma pasta de alta qualidade vai sem qualquer dúvida ajudar. Mas… Tenha em conta que isto poderá anular a garantia do fabricante.

Ainda assim, se o seu portátil já tem alguns anos e está fora da garantia, então não terá nada a perder com este processo relativamente simples. Especialmente, porque ao mesmo tempo que muda a pasta poderá também dar uma limpeza no pó acumulado em todo o equipamento.



Portátil quente

4.º Ter a noção do equipamento que tem à sua frente

Apesar de todos os avanços tecnológicos, a verdade é que um portátil continua a ser uma máquina ‘quente’ por natureza. Afinal de contas, o espaço é pequeno para meter tanto componente, especialmente quando os utilizadores querem máquinas finas e ‘sexys’, mas não querem compromissos na performance.

Ou seja,  se optou por um equipamento superfino e especificações brutais, a tendência será ter uma máquina bem quente nas suas mãos.

Até porque, se procurar por um modelo focado em jogos verá que os mesmos têm a tendência em ser volumosos. De forma a suportar um sistema de arrefecimento significativamente superior.

Dica extra!

Se já tem o seu portátil há algum tempo, o ideal deverá mesmo ser dar um limpeza na parte do software, idealmente formatar o sistema para fazer uma limpeza séria. E claro, se possível, trocar o disco HDD por um SSD e meter mais memória RAM. Facilmente notará mais estabilidade e fluidez em todo o seu sistema com este upgrade.

Portátil quente

Ademais, o que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo. Dicas para resolver o problema de um portátil demasiado quente!



mm
Silvio José
Sempre gostei de tecnologia, e em tenra idade já sonhava em construir a minha Dream Machine. Alcançado esse sonho agora o objetivo é aprender mais e mais. A minha paixão em todo o tipo de tecnologia faz-me estar sempre alerta a todas as novidades.

Em destaque

Leia também