Porque é que a grande maioria dos jogos de consola correm a 30FPS!?


Por em

Porque é que a grande maioria dos jogos de consola correm a 30FPS!? – Como deve saber, além da velhinha guerra PlayStation vs Xbox, existe uma outra bastante mais elitista, e não… Não estamos a falar da Nintendo que apesar de também estar no mercado das consolas, parece ter o seu próprio mercado. Estamos obviamente a falar da guerra Consolas vs PC! Onde o RGB é obrigatório, o OC é eterno e os FPS devem pelo menos chegar aos 144FPS para alimentar o clássico monitor #PCMasterRace.

Aliás, escusado será dizer que longe vão os dias em que vários especialistas vieram a público dizer que o PC Gaming estava morto, e que o futuro pertencia às consolas! Aliás, se for ver bem os componentes das atuais e futuras consolas da Microsoft e Sony, vai perceber que estamos a lidar com hardware muito parecido ao que podemos encontrar no mundo dos PCs.



Consolas: Porque é que os jogos de consola andam quase sempre nos 30FPS ‘Locked’?

Consolas

Portanto, ao contrário de um computador, as consolas são lançadas como um pedaço de hardware que nunca poderá trocar componentes como o CPU ou a placa gráfica. Ou seja, como a consola chega ao mercado, é como irá ficar até ao fim da sua vida.

Por isso, o ‘lock’ que muitas vezes vemos nos FPS de um jogo, é devido à consistência necessária para manter o título agradável aos olhos do utilizador! Em suma, as consolas não têm o poder gráfico ou computacional para manter uns consistentes 60 FPS (ou mais) em qualidade HDTV.



Assim, os 30 FPS ‘locked’, ou seja, um framerate que nunca cai abaixo deste número, irá oferecer uma experiência de jogo muito melhor em relação a um jogo que pode chegar aos 45 FPS num cenário, mas logo a seguir desce para uns míseros 20 FPS, devido à qualidade gráfica ou inimigos no ecrã.

screen tearing
Exemplo de “Screen Tearing”

Isto já para não falar do ‘Screen Tearing’, que no fundo é uma imagem que resulta de vários pedaços de frame a aparecer no mesmo ecrã. Tudo graças ao atraso computacional existente dentro da própria consola. Aliás, por vezes até poderá dar a sensação de ‘revista rasgada’, o que para muitos utilizadores é horrível…

Por isso, é preferível para um jogo de consola ficar pelos 30 FPS estáveis. Do que ter de lidar com todos os problemas da queda de frames.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Samsung prepara projetor holográfico para smartphones e não só

Windows 10: Próxima atualização traz mais performance… Para a AMD!

Seguinte