PlayStation 5: As 8 novas funcionalidades já confirmadas

Como já deve saber, a atual geração de consolas, está prestes a dizer o seu adeus, dando espaço a uma nova PlayStation 5 e uma nova Xbox, que ainda não sabemos o nome… Scarlett, Anaconda, Xbox 2? Quem sabe!

Dito isto, a E3 2019 já esteve bem mais longe, a Microsoft já avisou que vai tens uns quantos anúncios bombásticos! Contudo, a Sony decidiu faltar ao maior evento de videojogos, porque não tinha nada para anunciar…

Ou será que está a guardar um grande anúncio para o fim do ano? Enquanto espera pela jogada da Microsoft na E3?

Dito isto, vamos concentrar-nos um pouco, naquilo que a Sony irá oferecer com a sua nova PlayStation 5.



Afinal de contas, graças a várias patentes já registadas, e vários ‘leaks’ vindos de fontes com provas dadas. Já é possível tirar algumas conclusões sobre aquilo que a gigante Japonesa está a desenvolver nos seus laboratórios.

1 – Inicialização mais rápida dos jogos

Há muitas luas atrás, apenas precisava de meter o cartucho na sua velhinha Sega Saturn ou SNES, e BOOM! O jogo já estava a bombar.

No entanto, as coisas mudaram bastante nos últimos anos, e os tempos de ‘loading’, são hoje uma irritante realidade. Muito graças ao tamanho dos jogos propriamente ditos, bem como de todos os extras que fazemos download.

Por isso, a Sony quer resolver, ou pelo menos mitigar este problema, diminuindo os tempos de ‘loading’, utilizando uma patente denominada de ‘Game Application Launch System and Method‘.

Que no fundo, é um sistema intensivo de carregamento de ficheiros na memória RAM. (Não é por acaso que a PlayStation 5 vai ter qualquer coisa como 20GB de memória!)

2 – Suporte a VR renovado

O VR é cada vez mais popular! No entanto, nas consolas ainda não chegou ao mesmo nível daquilo que podemos encontrar no PC.

Dito isto, o PlayStation VR até teve algum sucesso, vendendo cerca de 3 milhões de unidades. O que apesar de ter impressionado a Sony, é um número bastante baixo, comparando com os mais de 90 milhões de consolas PS4 vendidas.

Assim, a partir da PlayStation 5, o PSVR2 deverá fazer parte do hardware da consola. Pelo menos, o processamento deverá ser feito pela consola… Não acredito que a Sony ofereça o capacete!

3 – Vamos ter um leitor Blu-Ray! Não digam já adeus ao formato físico

Curiosamente, já na altura do lançamento da PS4 e Xbox One, vários especialistas diziam que o Blu-Ray estava morto, e que as vendas de jogos iriam ser feitas apenas Online.

Mas não contem já com isso, a Sony até já desenvolveu um disco Blu-Ray com muito mais capacidade, para conseguir arcar com o tamanho que os jogos irão ter nos próximos anos. (Vamos falar disto já a seguir)

4 – Os novos Blu-Ray vão ter um tamanho ‘XL’!

Sim, como dissemos em cima, os frágeis CDs Blu-Ray vão continuar a acompanhá-lo nas suas sessões de Gaming.

Mas desta vez, não vão ser os discos normais, mas sim o formato BDXL, com 4 camadas, em que cada uma será capaz de armazenar 128GB de informação.

5 – Uma nova e renovada PlayStation Network

Uma das maiores queixas acerca da PlayStation Network, é o facto do serviço ser estranho para o utilizador. Ficando bastante aquém daquilo que a Xbox oferece com o seu Live.

Por isso, a Sony está a preparar uma grande atualização para a sua plataforma online. (O primeiro passo foi a mudança do PSN ID)



6 – Vamos ter um APU AMD (CPU Ryzen + GPU Radeon Navi)

É inegável que os processadores AMD Ryzen, estão a ter um profundo sucesso no mercado de processadores. Aliás, em algumas lojas, estes processadores até estão a ter mais sucesso, que as ofertas da Intel.

E tendo em conta, que a atual geração de consolas, é baseada em tecnologia AMD, é por demais óbvio, que o mesmo irá acontecer com a nova PS5 e nova Xbox.

Especificações técnicas da PlayStation 5:

  • Nome de Código: Epsilon
  • CPU: x86-64 AMD “Zen 2” 8 núcleos/16 threads a 3.2GHz
  • GPU: AMD Radeon “Navi” capaz de 14TFLOPS
  • Memória: 20GB -> 16GB de memória GDDR6 capaz de 860GB/s + 4GB memória DDR4 para o Sistema Operativo
  • Armazenamento: 1TB/2TB HDD
  • Anúncio Oficial: Terceiro ou Quarto trimestre de 2019
  • Lançamento Oficial: Quarto Trimestre de 2020

7 – Suporte V-Sync

Para quem não sabe, a tecnologia V-Sync, permite ao processador gráfico, renderizar o jogo, tendo em conta a taxa de atualização do monitor ou TV, que irá mostrar a imagem.

Ou seja, se por acaso o GPU, estiver a trabalhar num ritmo mais elevado, do que aquilo que a sua TV consegue mostrar. Vamos acabar por encontrar casos, onde vamos ter várias partes de várias frames, na mesma imagem… Ou seja, ‘Screen Tearing’.

É no fundo, uma tecnologia que já existe no PC há muitos anos, e que vai finalmente fazer o mesmo caminho para a PlayStation 5. E ainda bem!

8 – Retro-Compatibilidade! A Sony PS5 vai suportar todos os jogos PlayStation!

Isto é algo que os fãs da consola da Sony, têm pedido há muitos anos! Aliás, se bem se lembra, a PlayStation 2 suportava jogos da primeira consola. E as primeiras PS3, também suportavam jogos das duas anteriores consolas.

Ainda mais curioso que tudo isto, a própria PSP, suportava jogos da PS1, graças a um emulador produzido pela própria Sony.

Mas tudo isto terminou, com o lançamento da PlayStation 4… Com a Sony a apostar no PlayStation Now, em vez de emulação local.



Contudo, a Microsoft fez o caminho inverso, apostando cada vez mais na Retro-Compatibilidade. O que por fim, fez com que a Sony também fosse obrigada a rever a sua estratégia!

Afinal de contas, numa outra patente registada pela Sony, denominada de ‘Remastering Games by Emulation”! Onde não só iremos ter a chance de jogar os jogos antigos, como iremos ter os gráficos e o áudio melhorados, graças a esta tecnologia.


E pronto, chegamos ao fim do artigo! Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo!