Alerta Play Store: há apps que estão a levar o seu dinheiro!

Há todo o tipo de ameaças na Play Store. Algumas são vírus que com muito custo lá conseguem contornar os sistemas de proteção implementados. Outras pertencem a algo chamado fleeceware e que pode representar um rombo na sua carteira no final do mês. De facto, estão na Play Store e podem acabar por custar-lhe muito dinheiro. O propósito destas aplicações é levar os utilizadores a instalá-las para efeitos de teste. O problema é que depois disso começam a cobrar valores assombrosos! Só para terem uma ideia estas apps conseguiram milhões de Euros através dos utilizadores da Play Store e até da App Store, como refere a empresa de segurança Avast.

Play Store: muita atenção a estas apps que levam o seu dinheiro!

Estas apps representam um grande problema uma vez que as pessoas inicialmente nem se apercebem bem dos custos que vão ter. Descobrem uma app com imenso potencial na Play Store e que resolve o problema com que se estão a deparar. Não pensam duas vezes e instalam, até porque o teste é gratuito. O problema vem depois. Cobranças mensais ou até mesmo semanais e bem caras! Não estamos a falar de 20 cêntimos.

Play Store dinheiro

Seja como for nada disto é ilegal. Eles avisam que há pagamentos. Até porque para a cobrança ser feita, o utilizador tem de dar o ok.

As categorias mais perigosas da Play Store onde estão as apps que tentam deitar a mão ao seu dinheiro

Neste caso apenas digo que as áreas são perigosas, porque é nelas que se encontram a grande maioria das apps. Assim temos apps de leitura da mão, aplicações para dormir, editores de imagem, filtros de câmara, leitores de códigos QR e leitores de PDF. É verdade que todas estas apps cumprem o seu propósito mas como disse as pessoas nem se apercebem bem que vão pagar uma mensalidade.

Play Store dinheiro

Sejamos sinceros estas apps não oferecem nada de único ou especial. Estão listadas nas lojas com o único propósito de tirar muito dinheiro. Entretanto e a pensar nos utilizadores a Avast entregou os nomes destas apps à Play Store e App Store.

Aplicações que estão a ser muito publicitadas

Como estas aplicações não são ilegais elas estão a ser publicitadas ativamente em várias redes sociais como o Instagram, TikTok, Facebook, entre outras.

Play Store dinheiro

Desinstalar as aplicações não resolve não acaba com o acesso ao seu dinheiro

Um dos problemas é que apagar a aplicação não acaba com a obrigação do utilizador continuar a pagar a subscrição. Assim, ela tem de ser cancelada. O problema é que a maioria das pessoas se esquece disto.

De que valores estamos a falar?

Ora bem, há aplicações que cobram 60 Euros por semana! Leu bem! 60 Euros por semana. Ou seja, em 52 semanas são mais de 3000 Euros. No entanto a média são valores entre 4 a 12 Euros por semana. Ou seja, pode acabar por pagar entre 200 a 620 Euros por ano.

Como é que posso estar mais protegido

A forma mais simples é ler os comentários antes de instalar qualquer aplicação. Assim as críticas ajudam a perceber se há algo de errado. É que caso contrário é muito difícil conseguirmos descobrir se vamos cair nalguma situação mais complicada.

Play Store dinheiro

Sou avisado se tiver alguma subscrição em curso que leve o meu dinheiro através da Play Store? 

A Google tem um sistema de notificações que avisa as pessoas quando têm uma subscrição ativa. Já a Apple envia uma mensagem a perguntar à pessoa se quer manter a subscrição.

Play Store dinheiro

Entretanto este é um perigo real e tem de ter muito cuidado. Assim mais fácil é entrar. Sair é muito mais difícil e nos tempos em que estamos não pode mesmo deitar dinheiro à rua. Se tiver alguma dúvida utilize o nosso sistema de comentários que ajudamos.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também